1206 – Nevou em São Lázaro

.

GELO-SÃO-LÁZARO

Segundo as redes sociais, o congelamento da direção da FFCH foi tão rigoroso quanto à última nevasca que caiu nos States…

.

P.

.

rezado Saci

Pode botar no seu blog que a nevasca que São Lázaro está enfrentando há longos dois anos, só se compara com o gelo rigoroso dos States.

Como você não anda muito por essas bandas, quero lhe informar o que se segue:

1) O último diretor, atual reitor, cumpriu 2 mandatos.

3) Ao concluir o mandato (não sei se final do ano passado ou início desse), não tinha nenhum candidato e então colocou-se a DECANA para assumir o cargo até o presente;

4) Alguém me contou que ao chegar em FFCH soube que ia haver eleições para diretor.

5) Procurou se informar, e a maioria que consultou informou que nada sabia. Detalhe: os que foram interpelados eram chefes de departamentos ou pessoas academicamente mais envolvidas.

6) O informe oficial é que a CONGREGAÇÃO se reuniu e definiu um processo com um debate dia 1/12 e eleições 2 e 3/12.

7) PASME:

– O candidato é, salvo engano, um dos representantes da direita…

– Quem está à frente do processo é ex-diretora da APUB e do grupo Proifes.

8) alertaram que:

– é mais um para assegura a “governabilidade” no Consuni.

Veja a Manifestação dos Estudantes – estudantes denunciam que não conhecem projeto/planos do candidato e que o atropelo do processo impede que se discuta melhor…

– Fala-se que a proposta que rolou hoje em São Lázaro foi “voto nulo” para tentar conseguir 50% e anular o pleito.

Atenciosamente,

XXX

Um leitor que considera o blog do saci o último bastião de resistência da Ufba (sic).

Sobre o processo eleitoral na FFCH
Está em curso – pasme! – o processo eleitoral para a direção da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Há quase dois anos nossa comunidade acadêmica vive em silêncio político eloqüente, com dificuldade, inclusive, para que alguém disponha-se à assumir a difícil tarefa de dirigir uma das principais faculdades de nossa Universidade. Parece que estamos em infindável estado pro tempore.
.
O processo de consulta em outubro oficialmente iniciado não tem cumprido papel mobilizador e reflexivo fundamental sobre nossa faculdade. Deveria a eleição tirar as pessoas de seus nichos para que, coletivamente, repensemos quem somos e apontemos em conjunto um norte para nossa faculdade. Houve pouca vontade política em tornar o processo amplo, democrático e participativo. Democracia na FFCH: simulacro ou arremedo?
 .
O atropelo eleitoral mostrou-se visível no “debate” ocorrido no dia 01 de dezembro. Para ser otimista, haviam no máximo quinze pessoas participando, e total desconhecimento do evento em curso pela imensa maioria de nossa comunidade. Como poderemos pensar uma FFCH democrática e reflexiva se nem o processo eleitoral deu-se dessa forma? A existência de uma única chapa por si só não é sinônimo de pouca mobilização. Há vários exemplos demonstrando o contrário na UFBA, como a Escola de Enfermagem e o Instituto de Física.
 .
Sendo assim, é inorpotuna e pouco democrático que a consulta ocorra nesta terça e quarta-feira. É de fundamental importância que a comissão eleitoral reformule o calendário, promova debate intenso em nossa instituição e assim promova a consulta.
 .
Centro Acadêmico de Ciências Sociais
Gestão Linha de Frente
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: