1218 – “Memes” da posse pela TV

Pátria.

hg.

.

ouve até quem ficasse emocionado com a posse versão 2.0 (dois ponto zero) da presidente Dilma. O teleprompter fez o seu papel e a empossada fez o dela. Fluência no discurso é um troço que impressiona. Da mesma forma que impressionou o slogan: “Brasil, Pátria Educadora”. Para o meu amigo de gorro vermelho e pito, o negócio agora é deixar o Planeta girar e dar um tempo para que o anunciado seja cumprido. Ou não.

.teleprompter


A.

.

grande vantagem de um TELEPROMPTER para o uso nos discursos políticos é que um marketeiro ou um gost writer prepara a falação e o político simplesmente lê o que foi previamente escrito. E o público, encantado, depois comenta sobre a fluência de quem tem segurança do que está falando. Milhões de brasileiros jamais saberão desse inocente truque, que é tão comum hoje em dia…

Para quem desconhece a geringonça, TELEPROMPTER é um dispositivo muito usado nos telejornais, que permite alguém ler uma notícia, sem que o público perceba que a referida notícia esteja sendo lida. William Bonner, por exemplo, usa sempre o TELEPROMPTER. O resultado disso é que o público imagina na fluência de quem o usa uma suposta competência. Nos últimos tempos os políticos vêm fazendo largo uso do TELEPROMPTER, a exemplo de Barack Obama, na Casa Branca. Segundo consta, depois de muitos tropeços e treinamentos intensivos, a presidente Dilma passou a usá-lo como o faz um profissional de telejornal. O seu discurso de posse atesta isso. Leia mais AQUI.


 

Bola-no-pé.

sustentáculos


VAI QUE…

Vai que sejam infundadas as denúncias de improbidade administrativa, na 5ª Vara Federal do Pará, contra o Ministro da Pesca, acusado de irregularidades na aplicação de recursos destinados à saúde.

Vai que não proceda a denúncia contra o Ministro de Minas e Energia pela sua própria comadre, Dona Renata Barros, de participação de fraudes em licitações e superfaturamento do preço de combustíveis fornecidos a órgãos públicos, e que tenha sido motivada por pura inveja da fulana.

Vai que a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento não seja representante do agronegócio e do ruralismo, e que seja até amiga dos índios e dos trabalhadores sem-terra, como também seja uma defensora contumaz do meio ambiente. Sobretudo, que ela não responda, de fato, a um inquérito por falsificação de selo público.

Vai que sejam caluniosas as insinuações contra o Ministro da Educação, de que ele tenha favorecido a própria família com recursos públicos, inclusive a sogra, e que ele não nutra nenhuma bronca contra os professores do país.

Vai que o enriquecimento do Ministro da Cidade não tenha sido ilícito e que seja falsa a notícia de que a juíza Maria Gabriella Soares, da 11ª Vara da Fazenda Pública, tenha determinado a quebra do seu sigilo bancário em 2004.

Vai que tenha sido um equívoco da Polícia Federal quando acusou o Ministro da Aviação Civil – e ex-Ministro do Transporte de FHC -, de ter se envolvido em crimes nas licitações para construir barragens e desvios de recursos para merenda escolar.

Vai que não tenha sido do Ministro dos Esportes o dinheiro apreendido em caixotes no Aeroporto da Pampulha pela Polícia Federal.

Vai que o Ministro da Fazenda não seja o agente do mercado financeiro como estão dizendo.

Vai que não sejam tão histriônicos assim os projetos de autoria do agora empossado Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), e até, por causa dele, o Brasil fature o seu primeiro prêmio Nobel de Física ou Química…

Como é que ficam os críticos dos atuais ministros empossados da presidente Dilma Roussef?

——————————

Fonte: AQUI

 

 

Anúncios

Uma resposta to “1218 – “Memes” da posse pela TV”

  1. altino Says:

    MINISTROS E GOVERNO
    A questão em si não são os ministros mas o fato de eles expressarem o que é de fato o Governo; expressarem a contradição entre o discurso teleprompter e o que realmente se pensa e é; expressarem a manutenção de alianças moral, etica e politicamente questionáveis; indicarem o norte\direção que se quer imprimir nas diversas pastas e obviamente ao conjunto das políticas do Governo. As medidas antitrabalhadores já começaram a ser anunciadas.
    Precisa-se convocar advinhos para saber o futuro, que vai acontecer?
    Desarticulados, divididos, sem sindicato os professores da UFBA tendem a sofrerem poquito más!
    saludos em inicio de 2015.
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: