184 – A Primavera de Israel (II)

O Saci é todo dúvidas: ao mesmo tempo que propõe uma poética imagética intitulada "A Primavera de Israel", indaga, para si próprio, se não seria "O Outono"... (Clique na arte para ampliá-la)

Anúncios

2 Respostas to “184 – A Primavera de Israel (II)”

  1. Menandro Ramos Says:

    Os últimos grãos de areia da ampulheta do tempo quantificam e qualificam de infinito o longo período de espera… UFA!

    A hora do balanço final se aproxima: quem fez, fez; quem não fez, não faz mal! Inexoravelmente.

    Como não poderia deixar de ser, o meu amigo Saci se manifesta numa poética imagética mix: a sucessão conceitual do ponto transmuta-se em sinuosas linhas, que por sua vez se amancebam com a ilusória volumetria tridimensional.

    – Fiat ars!

    VIVA O PONTO! VIVA O TRAÇO! VIVA O PLANO! VIVA O VOLUME! VIVA A COR E O P&B!

    Só a arte liberta!!!

  2. osaciperere Says:

    Circulou na Debates-l:
    ————————–

    Parabéns Prof. Menandro! e Viva o Saci!

    Prof Jorge Eurico Ribeiro Matos
    DEA-Escola Politécnica-UFBA

    ——————————

    —–Mensagem original—–
    De: matosj@ufba.br
    [mailto:matosj@ufba.br]
    Enviada em: quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 13:06
    Para: menandro@ufba.br
    Assunto: Re: [Debates-l]
    Presidente da APUB avalia mandato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: