435 – Botas no Campus

O Saci não teve palavras. Indignoooou-se geral…

Recadinho...

3 Respostas to “435 – Botas no Campus”

  1. osaciperere Says:

    Circulou na “faced-l”:
    ———————————-

    Pessoal,

    O dia foi tumultuado, passei 4 horas de engarrafamento até decidir voltar para casa, graças às informações que Antonio me deu. Depois, que retornei, passei outra hora para tomar a estrada. Peço perdão aos que programei para ver na Acta, mas…não deu.

    Tumulto viveu a USP esta madrugada, assisti uma policial que contava orgulhosa que eles entraram na calada noite, com um sorriso noticiava o sucesso da operação. Polícia tomando de assalto a universidade, um abuso,vi pela tv a instituição perder seu último princípio: a liberdade.

    Para mim, isto significa uma tendência inaugurada que criminaliza os movimentos sociais. “Ocupar é uma forma de provocar a negociação, a única opção deixada por eles”, disse o estudante da USP.

    Os estudantes da USP estão presos em ônibus, tendo que pagar fiança para sair. Pense em seu filho lá, pedindo para que a polícia não entre no campus, para preservar a autonomia e liberdade da instituição que sucumbe à solução policialesca contra pessoas absolutamente do bem. Os estudantes gritavam: “polícia para quem precisa”… pensava eu a ver tudo aquilo indignada … polícia não entra para debelar gangs de corruptos, como na UNB e outras tantas.

    Os dirigentes da USP tomaram a decisão de fazer convênio para permitir a polícia entrar, diante de uma tragédia. Não procuraram outra solução, deu polícia no campus. Antes de dialogar, eles disseram que não haveria o que fazer, afirmavam os entrevistados na matéria.A assembléia geral para a desocupação seria realizada amanhã.

    As prisões de pessoas de dois segmentos da universidade, não é qualquer coisa, o professor em Rondônia e os estudantes na USP, presos em onibus, estão defendendo o futuro da instituição, a sua liberdade.

    Meu texto seria mais longo, mas vou poupá-los para pedir: Indignem-se. Vamos minimamente, fazer e assinar uma moção de apoio aos estudantes na USP e de Rondônia (UNIR) e ao professor, que lá foi preso, covardemente.

    Saudações Universitárias.

    Maria Inês Marques

  2. osaciperere Says:

    Pois é, Professores!

    O Magnífico que não consegue impedir a força policial de entrar nos campi para molestar estudantes e servidores públicos, não passa de “mignífico” e jamais deveria ter sido eleito pela comunidade universitária para exercer cargo de tanta relevância!

  3. altino bomfim Says:

    OLÁ!!
    Parabéns pela divulgação e pela iniciativa da MOÇÃO.
    Os crescentes casos que se avolumam, coincidentemente, no governo Dilma está a exigir a criação de instrumento organizativo combativo dos professores da UFBA que ombreie com os movimentos sociais e entidades cujos sujeitos têm sido submetidos a elaborada política de criminalização desde o governo Lula.
    Nos casos recentes o mesmo processo: porrada e depois indiciamento. Se liguem: o mesmo tipo de ação ocorreu não só em universidades mas também no Congresso ontem durante a votação do código antiflorestal quando estudantes foram espancados e indiciados. Sem contar os inumeros que vêm ocorrendo pelo país.
    Elaborou-se e coloca-se em prática política de repressão aos trabalhadores através da força para reprimir a livre manifestação e complementa-se o processo com a prisão, exigência de fiança complementada por indiciamento, a ficha suja, o que penaliza os que se insubordinaram com pagamento de advogados etc.
    Esse é o governo democrático cantado em prosa e verso? Para além da indignação virtual tem-se que reunir, organizar e avançar na defesa dos direitos fundamentais.
    Imaginem que tende a acontecer quando “a crise do capital chegar” e os trabalhadores daqui tiverem de defender direitos.
    Energia tem de ser gasta em ações de conscientização e organização social, URGENTE!!!
    Saudações,
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: