245 – Mil máscaras para o Baile da APUB

Apesar de ser permanente censurado pela diretoria da APUB, o Saci, sempre que pode, que dar sua contribuição enquanto "designer" do riso que pretende ser. A essa coleção de PERSONAS que criou com exclusividade para o Baile de Máscaras da APUB, inspirou-se em personalidades que de uma maneira ou de outra estimularam o "liberou geral" que a seçãi sindical vem adotando.

Para o Saci, neste ano, a nova diretoria da APUB não poderia ter tido uma ideia melhor, do que a de realizar um baile de máscaras num clube inglês. Enquanto isso, a mão invisível neoliberal vai direcionando os docentes para a pista de dança, o locus da concepção sindical pós-moderna... (Clique na arte para visualizá-la melhor)

 

Personas

Máscaras, “personas”, personagens é tudo o que um Baile de Carnaval precisa para bombar. E foi pensando nisso que o Saci buscou inspiração no mote econômico “liberal”, ou melhor, “neoliberal”, para criar mais de mil máscaras, com o propósito de abrilhantar o evento momesco que a APUB este ano realiza no British Club.

Em primeiríssima mão, este Blog expõe uma pequena mostra da laboriosa Galeria ou plêiades do “liberou geral”, concebido pelo escrachado artista de gorro vermelho e pito. A aludida expo está bem sintonizada com o espírito do tempo atual, com o qual a seção sindical, sob nova direção, vem tirando umas linhas ou “ficando”, como de diz nos dias de hoje. A Galeria tem de tudo: do majestoso ao “miseravão”; do concupiscente ao pateta; do tinhoso dissimulado ao “carcará sanguinolento” assumido. Ou não!

Menandro Ramos

———————————

Leia também, neste Blog, “Que nome dar à Nova Diretoria da APUB?

Anúncios

Uma resposta to “245 – Mil máscaras para o Baile da APUB”

  1. osaciperere Says:

    Comentário de um leitor esperto e antenado com as coisas do mundo:
    ——————————————————————————-

    – Sua Magestade, que não é nada boba, apesar da idade provecta, preferiu proteger-se com uma máscara do vizinho de baixo, o garanhão Berlusconi…

    Aqui pra nós, Leitor, ela – The Quenn – certíssima. Quem teve a lábia de inventar uma neta do faraó Mubarak, para se livrar dos rigores da dura lex

    Seguro morreu de velho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: