317 – O governador da Bahia não rasga dinheiro…

Inspirando-se na carta do professor Irenilson Barbosa, da UFRB, o meu amigo Saci também resolveu escrever a sua. Só que enigmática, e, ainda por cima, incompleta. Para o pilantrinha, o restante da mensagem o eleitor poderá completar... ( clique na arte para visualizá-la melhor)

Recebi, via e-mail, a carta de um professor indignado diante da incomensurável insensibilidade do governador da Bahia frente as questões educacionais. Fico tentando adivinhar que diabo tem o Palácio de Ondina que não consegue acertar o passo com o povo baiano. Não tenho dúvida da capacidade de seu atual inquilino de se comunicar bem. No início do ano, fiquei surpreso com uma entrevista que deu no programa Roda Viva, da TVE. Talvez seja o caso dos professores e pesquisadores da área de Letras, fazerem um exaustivo estudo de Análise de Discurso ou mesmo de Retórica tradicional. No final do programa, ficou claro para o público que o governador Jaques Wagner agradou 100%. Os entrevistadores saíram satisfeitos com as resposta dadas pelo ex-barba branca.

Jaques Wagner, de sandálias de couro, calças folgadas, cabelos encaracolados e discurso pró trabalhador…
Bons tempos os do sindicalista… (Fonte: NET)

Conclui-se, então, que o governador da Bahia é uma pessoa lúcida em alguns momentos e não rasga dinheiro. Pelo menos em alguns momentos… O meu amigo Saci até aventou a possibilidade de a oposição ter-lhe ministrado alguma beberagem forte, com alto poder alucinatória e perda de noção momentânea da realidade. Pensou até num whisky de marca turbinado com raspa de unha de bêbado, colhida em noite de lua cheia. Dizem os mais antigos, que o cristão (ou judeu, ou alguém de qualquer outro credo) fica cuspindo ácido sulfúrico. Ainda mais o atual governador da Bahia que foi diretor do Sindiquímica… O fato é que, entra dia, sai dia, e a ficha não cai para o governador.

Abaixo, o texto mencionado.

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

————————————————

Indignação

Irenilson de Jesus Barbosa
Professor Assistente

Centro de Formação de Professores – CFP
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB

Prezados,

Mais como cidadão que como docente da área de políticas públicas e educação, quero fazer algumas considerações ao momento que vivemos na educação baiana, em face do exposto na missiva:

Afora a aparente saudade do carlismo manifesta em partes do texto, o relato encaminhado exprime verdades deprimentes e indefensáveis da atual política educacional na Bahia. Estamos diante de um governo cujos atores principais passaram a vida discursando sobre mudanças qualitativas na educação, mas que além de não apresentarem nenhum projeto político transformador da realidade recebida dos DEMos ainda ensaiam deixá-la pior do que encontraram. Até para chamar e empossar professores e coordenadores concursados esse governo precisa de mandado judicial, para pagar professores idem… e a lista caótica é interminável!

Todos que militam ou já militaram com a SEC nos últimos anos sabemos que o quadro de comissionados que lá estão é composto (com poucas, justas, honrosas e necessárias exceções) de gente que pouco está ligando pra educação de qualidade na Bahia e isso não diz respeito apenas aos citados. Estive várias vezes na SEC para tratar de projetos de formação de professores e melhoria da qualidade da educação básica no estado quando servidor do IAT de 2007 a 2009 e testemunhei muito da empáfia improdutiva dessa gente!

A maioria desfila nos labirintos do prédio a sua pompa adornada em inépcia, destituída de criatividade para resolver os problemas e se locupletam em disputas mesquinhas de poder e pequenos espaços dentro da carcomida estrutura, enquanto desdenham da inteligência de professores laboriosos, os quais, a duras penas, ainda impedem que essa nau naufrague de vez. Estamos no limite da tolerância com essa apropriação do bem público para deleite de gente incompetente. E isso não de agora não, os carlistas fizeram escola e ainda mantiveram vários prepostos no poder. E se os professores das estaduais estivessem ganhando o mesmo que os da UFBA, qual seria o problema? Alguém já se deu conta de que professores de nível superior já tiveram salários compatíveis com os de desembargador?

Eles deveriam ter vergonha de tais comparações!

Mas quero destacar que responsabilizar apenas o secretário – que é péssimo! – e sua equipe por esse caos educacional na Bahia não faz justiça à verdade. O governador Wagner (ex-sindicalista, em quem votei para eleição e reeleição por absoluta crença no improvável, falta de alternativa decente e na esperança de uma guinada na percepção política elitista e tacanha demonstrada  no primeiro mandato e,  ainda mais, por temor à volta da Idade das Trevas na Bahia), seus silenciosos aliados e o próprio PT, que se entregou ao fisiologismo das alianças e ao próprio umbigo, são ainda mais responsáveis. Isso porque toda essa política cínica que diz priorizar a educação é obra do mandatário e de seus sequazes. Ele recebeu a incumbência de cuidar do bem-estar da população, sob juramento solene tomou posse e esqueceu que não está lá pra fazer barba e bigode por alguns trocados. Fizesse ele o que tem que fazer como governante e não teria que dar vexames como este.

Eu estou indignado com tanta incompetência… vou parar por aqui em respeito aos leitores, mas me solidarizo com os que  se puseram em greve e no enfrentamento essa desastrosa máquina que atenta contra a moral e os bons costumes nas políticas públicas.

Anúncios

2 Respostas to “317 – O governador da Bahia não rasga dinheiro…”

  1. osaciperere Says:

    Bons tempos os do sindicalista Jaques Wagner, de sandálias de couro, calças folgadas, cabelos encaracolados e discurso pró trabalhador… (Fonte: NET)

  2. Altino Says:

    LEGALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!
    tá esquentando o debate…ampliam-se as manifestações, caem os muros e as sombras….desvelam-se!!! quem se equivocou no voto… está no tempo de reflexões!!…
    Intensifica……saci!!!
    abraços,
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: