348 – O Congresso atrás das grades

Para o Saci, é preciso proteger a importante Casa Legislativa brasileira dos ladrões, larápios, pilantras, vigaristas, truões, biltres, trombadinhas, gatunos, ratos, e amigos do alheio, enfim. Na atual insegurança em que vive o Estado brasileiro, o país é refém de saidinhas bancárias, explosões em caixas eletrônicos, arrastões em bares, praias, condomínios e o escambau. Na Bahia de Wagner, diferente da propaganda, uma cidade inteira foi assaltada! - Como é que pode, né? - pergunta ele atônito (clique na arte para visualizá-la melhor).

Anúncios

Uma resposta to “348 – O Congresso atrás das grades”

  1. Menandro Ramos Says:

    Um amigo me enviou uma frase, atribuída ao bem humorado José Simão:

    “Se gradear vira zoológico, se murar vira presídio, se cobrir com lona vira circo”[… ]

    A frase não pára por aí, mas preferi não completá-la para não suceptibilizar os mais pudicos, pois ela é uma tanto “forte”. Pois bem, a pergunta que se faz é: por que os excelentíssimos parlamentare não fazem nada para apagar essa nódoa que pesa na importante Casa Legislativa? Para o Saci, o humorista brasileiro é o menos criativo do mundo, pois já encontra tudo pronto. É só relatar o que rola pelas bandas de Brasília, que a piada já pode ser contada com sucesso garantido nas rodas de bate-papo..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: