392 – Jaques Wagner e o Planserv mínimo

Através da sua arte, o Saci quer lembrar aos eleitores de Sua Alteza D. Wagner que algumas coisas jamais deverão ser esquecidas... Mormente agora em que o inquilino do Palácio de Ondina só tem os olhos voltados para as mordomias da Granja do Torto, ainda que seja obrigado a abrir mão do luxo da Mansão Leonor Calmon e de sua maravilhosa vista da Bahia de Todos os Santos... (clique na arte para visualizá-la melhor).

Anúncios

Uma resposta to “392 – Jaques Wagner e o Planserv mínimo”

  1. osaciperere Says:

    Aliás, como diria Elegance se vivo fosse, a realeza não troca uma Mansão por uma Granja apenas por sentimentos ecológicos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: