473 – A gratidão de Eike Batista

Para o Saci, amigo é coisa pra se gravar, discretamente, o nome no meio da gargantilha…

.

ue o empresário Eike Batista tem tino para multiplicar dinheiro e patrimônio, isso ninguém duvida. E muito mais do que Palocci. Pelo visto, nem se compara… Não foi à-toa que a Rede Globo de Televisão, que tem forte atração por gente endinheirada e de prestígio, o convidou para falar de sua fortuna, principalmente turbinada de forma estratosférica no governo Lula da Silva, e ensinar como se acumula uma boa bufunfa de forma segura. Por coincidência, ele foi o mais generoso financiador da campanha do ex-metalúrgico e ex-presidente.

– Que o homem nasceu com a testa virada pra a Lua, chefia, isso ninguém duvida, mas que o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, lhe deu uma mãozinha, ah! isso deu!

E no afã de pesquisar um rico material para melhor retratá-lo no seu Blog, já que o empresário é assunto em todos o botequins do mundo, o Saci descobriu que não é de hoje que o dito cujo arranca admiração e se envolve com políticos:

.

O negócio das commodities e uma burguesia dependente do Estado e do imperialismo

Eike Batista era um empresário conhecido nos anos 90 não por seus negócios mas antes por sua esposa (Luma de Oliveira e seu desfile com uma coleira no carnaval escrita Eike). Detentor de numerosos negócios na área de mineração, de conexões e de informação privilegiada passada por seu pai Eliezer Batista, ministro de Minas e Energia no governo Jango, ex-presidente da Vale e conselheiro de assuntos estratégicos no governo Collor, veio a prosperar a partir de 2003 com a valorização do preço das commodities, principalmente o ferro, e com a crescente presença e ligação da economia nacional com o capital estrangeiro.

Depois de vasculhar a fundo (nos limites do que a res pública impõe!) a vida do Midas brasileiro bilionário, e forte candidato a ser o primeiro do mundo em fortuna, o Saci concluíu que não havia outra maneira de retratá-lo a não ser imitando o gesto de outrora da sua ex-amada. Nesse caso, substituindo o amor por gratidão canina…

Deu na Revista IstoÉ Gente: Fevereiro de 1998 Luma homenageia o marido no Carnaval usando uma coleira com o nome dele, o que irritou as feministas

Leia mais AQUI.
Leia também a fonte da IstoÉ Gente.

Anúncios

Uma resposta to “473 – A gratidão de Eike Batista”

  1. osaciperere Says:

    O HOMEM MAIS RICO DO BRASIL

    O texto acima citado é de Leandro Ventura, e tem por título “Eike Batista, a concentração da riqueza, a associação com o Estado e o capital imperialista“.

    Caso o leitor não queira lê-lo integralmente – o que é uma pena! -, que leia pelo menos o primeiro parágrafo do mesmo:

    ——————————————————————————–

    Eike Batista, o homem mais rico do Brasil, é detentor de uma fortuna de mais de US$ 7,5 bilhões, isto após perder mais de 10 bilhões de dólares na desvalorização da bolsa nestes primeiros impactos da crise económica mundial. Mecenas da candidatura do Rio de Janeiro às Olimpíadas de 2016 é importante ser conhecido não somente por sua fortuna, ou por seu extravagante sonho de ser o homem mais rico do mundo, ou ainda por querer concretizar seu assassino sonho de infância de ser Francisco Pizarro, o conquistador espanhol do Peru que pilhou salas inteiras de ouro. Eike Batista é tudo isto além de um dos grandes empresários associados ao PAC e um organizador de catástrofes ambientais como a usina termelétrica a carvão em Pécem no Ceará. Mas acima de tudo, ele é um retrato dos grandes conglomerados brasileiros que puderam surfar na valorização das commodities, receber generosos empréstimos do BNDES e associar-se ao grande capital imperialista na Bovespa. Eike é dos principais empresários lulistas e também um retrato das relações entre grandes empresários, o Estado brasileiro, os fundos de pensão e a burocracia sindical governista.
    Fonte: ( http://www.ler-qi.org/spip.php?article2029 )

    ——————————————————————————–

    A pergunta que alguns farão é:

    Como é que alguém fica tão rico assim? É só trabalhando duro, de sol a sol?

    Outros não perguntarão nada. Simplesmente atribuirão tamanha riqueza à Fada Madrinha ou à Boa(?) Estrela!…

    E você, Leitor(a), o que pensa?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: