591 – Teria o dedo de Tio San no Paraguai?

Para o Saci, alguns líquidos vêm despertando grande cobiça, seja petróleo, seja simplesmente água. Segundo ele, quando Tio San aponta o dedo para a vítima e diz “I want you!”, pode sair de baixo!…

.

Menandro Ramos
FACED/UFBA

.

ma leitora escreveu para o Saci, dizendo-se preocupada com a situação do Paraguai, ao ver Arnaldo Jabor, no Jornal da Globo, defendendo, em outras palavras, o processo sumaríssmo que destituiu o presidente do Paraguai. Pensou logo: “aí tem coisa!”.

Infelizmente, o Saci não pode se manifestar hoje sobre o assunto, pois saiu por aí para desfrutar da gandaia junina, tomando todas que tem direito, pois ninguém é de ferro segundo ele. Não sei o que o traquinas pensa da situação, mas meses atrás, ainda me lembro que ele cantou  pedra, quando comentou comigo que o presidente Lugo não duraria muito, pois seus pés na Teologia da Libertação o fazia persona non grata para caminhar nos meios direitistas conservadores do seu país, principalmente se a orquestra da oposição parlamentar estivesse sendo regida pela batuta influente do “Tio San in concert“…

Na época, ele ainda falou da estranha mania do famoso maestro espalhar suas bases militares pelo mundo afora e do gosto que o velhinho mauzinho ainda tem por alguns líquidos, em especial pelas água alheias  e pelo petróleo…

Assim, creio que posso dizer que pela ótica sacizesca, esse “processo sumário” que alguns também estão chamando de golpe, já havia sido anunciado há um tempão. Quanto à bronca que Jabor e a Globo nutrem pelo fantasma da “reforma agrária”, eu não saberia dizer nada. Só eles mesmos podem explicar.

Anúncios

4 Respostas to “591 – Teria o dedo de Tio San no Paraguai?”

  1. Francisco Santana Says:

    Menandro

    Dessa vez o Saci se enganou.

    Se existe algum representante da CIA no Paraguay, esse alguém é o ex-presidente Lugo que fez vistas grossas às bases americanas instaladas lá.

    Quem os EUA não querem lá é a ala democrática e anti-imperialista do partido colorado, que nao deixaria as bases americanas lá.

    Houve sim um golpe no Paraguay e foi dado pelo SNI brasileiro representando a CIA lá. Foi contra Raúl Cubas em 1999.

    A instauração dos procedimentos de impeachment contra Lugo realizou-se com base no artigo 225 da Constituição do Paraguai[5], que trata do impedimento do presidente por mau desempenho; o artigo diz que:

    “El Presidente de la República, el Vicepresidente, los ministros del Poder Ejecutivo, los ministros de la Corte Suprema de Justicia, el Fiscal General del Estado, el Defensor del Pueblo, el Contralor General de la República, el Subcontralor y los integrantes del Tribunal Superior de Justicia Electoral, sólo podrán ser sometidos a juicio político por mal desempeño de sus funciones, por delitos cometidos en el ejercicio de sus cargos o por delitos comunes. La acusación será formulada por la Cámara de Diputados, por mayoría de dos tercios. Corresponderá a la Cámara de Senadores, por mayoría absoluta de dos tercios, juzgar en juicio público a los acusados por la Cámara de Diputados y, en caso, declararlos culpables, al sólo efecto de separarlos de sus cargos, En los casos de supuesta comisión de delitos, se pasarán los antecedentes a la justicia ordinaria.”

    O processo foi absolutamente legítimo e constitucional e nenhum outro país tem o direito de questionar a constituição de lá.

    Ele foi afastado do cargo por mal desempenho. se existem crimes imputados a ele, o julgamento será posterior pela justiça comum.

    Os resultados das votaçoes não deixam nehuma dúvida. 73 a 1 na câmara e 42 a 3 no senado. Não há o que discutir. É uma afronta ao Paraguay questionar o seu poder legislativo.

    Uma boa resenha sobre o assunto está no link:

    http://londrina.odiario.com/blogs/bahr-baridades/2012/06/24/rito-sumario-no-paraguai/

    Note na foto dele paramentado de bispo assediando a garotinha que ele engravidou. Ele era mau caráter mesmo. Assediava paroquianas adolescentes e inesperientes. Só reconheceu até agora 2 dos quatro filhos que teve com as paroquianas. Pior do que Lula.

    Há uma coisa que a GLOBO banalizou no Brasil com a novela o Reido GAdo, com Patrícia Pilar no papel de sem terra. O Brasil vive uma guerra civil no campo com a cumplicidade dos governos tanto de FHC como de Lula e Dilma. Nem se assenta os semterra o que é muito fácil pois a geografia do Brasil é generosa e nem mantém a ordem no campo. Em nenhum país sério isso é permitido. Em qualquer país sério, o que Lugo fez seria punido com julagamento de traição à pátria.

  2. Francisco Santana Says:

    Por essa declaração do Fernando Lugo, vê-se quem era o agente da CIA:

    “O que existe, sim, é parte do exército norte-americano que faz ações humanitárias, e também exercícios militares, mas nós, paraguaios, negamos que haja uma base militar que possa operar a partir do Paraguai e agir nos países vizinhos do continente”,

    Fernando Lugo, depois de eleito em2008

    Antes das eleições o povo esperava dele que retirase as bases americanas do Paraguay.

    Daí porque o povo não foi defendê-lo. Não tinha nem 5.000 manifestantes diante do Congresso.

    Também talvez o povo paraguaio não tenha assistido a novela O REI DO GADO da GLOBO que descriminalizou o MST nas suas açoes ilegais diante do povo brasileiro, um grande defensor da propriedade privada. Deois da Novela O REI DO GADO, o povo brasileiro abriu uma exceção para o MST.

  3. osaciperere Says:

    Prezado Prof. Francisco

    No intencionalmente fragmentado labirinto capitalista, nem sempre compreensível à primeira vista, alguns pontos podem e devem ser destacados:

    1. Reagan, George W. Bush, Obama, FHC, Lula, Dilma – são configurações apenas morfologicamente distintas da mesma unidade capitalista.

    2. O povo americano e o povo paraguaio são o trigo e não podem ser colocados no mesmo saco em que se encontram os dirigentes.

    3. O MST é uma semente que, se depositada em solo fértil e com as condições necessárias para germinar, resultará em nutritivo pão.

    4. A Globo é uma empresa capitalista como outra qualquer, que visa o lucro acima de tudo, e com grande astúcia para forjar sedutores construtos simbólicos que soam como progressistas para as mentes desavisadas. Se lhe for conveniente e rentável financeiramente, ela fala bem até do comunismo…

    Quanto aos pontos obscuros, prefiro que os spots do movimento do real os iluminem no momento oportuno e com precisão…

  4. Francisco Santana Says:

    Publicadeo no Zero Hora

    Figura mais influente — e polêmica — da política paraguaia, o ex-general Lino Cesar Oviedo quer ser mediador entre o governo de Federico Franco e Dilma Rousseff. Acredita que pode convencer o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma de que o impeachment de Fernando Lugo ocorreu dentro da lei. Confira abaixo a síntese de duas horas de entrevista.

    Zero Hora — Por que Lugo sofreu o impeachment?
    Lino César Oviedo — Para ganhar votos, Lugo mentiu aos agricultores, dizendo: “os brasileiros invadiram essas terras. Se eu for presidente, eu vou dar isso a vocês”. E as pessoas acreditam que um bispo não seria corrupto. Mas ele não cumpriu as promessas. Gerou uma xenofobia de agricultores contra brasiguaios, ocupando terras, enfrentamentos. Assaltaram quartéis, sedes policiais.

    ZH — Lugo fomentou violência?
    Oviedo — A bandeira brasileira foi queimada diante de todos por um governador amigo de Lugo. As pessoas estão dizendo que foi um golpe parlamentar. Federico Franco é mais legítimo do que Lugo, que conseguiu governar porque fez uma aliança com os liberais, e, depois, afastou-se. Ao final, tinha apenas três senadores e um deputado.

    ZH — Em 30 horas, parece que não houve tempo suficiente para que o impeachment fosse discutido?
    Oviedo — A regra é essa. É um processo sumaríssimo porque é um juízo político. Se demorasse mais, Lugo usaria armas do exército pelas mãos de agricultores e haveria matança. Lugo reuniu os comandantes das forças militares no palácio, pediu apoio, e os generais disseram: “Não, vamos respeitar a Constituição”.

    ZH — A posição do Brasil de não reconhecer o governo Franco o preocupa?
    Oviedo — Os brasiguaios são os maiores e melhores produtores de grãos. Toda a soja, 7 milhões de toneladas, é comprada pelo Brasil. O que irão dizer Perdigão? Sadia? Vão deixar que a soja vá para a China? O que acontecerá ao porto de Paranaguá? Outra razão é geopolítica: nem mil, nem cem mil Dilmas podem levar o Paraguai para a Suíça e trazer a Suíça para cá. Nascemos vizinhos, crescemos vizinhos e acho que vamos morrer como vizinhos. E Itaipu? Estamos unidos. Se Brasil fechar a fronteira, tráfico de drogas, de armas, de maconha, de alguma coisa os paraguaios vão viver. Vão colocar polícia estadual, federal, alfândega a cada cem metros? Compram todos. O dólar fecha o olho de qualquer um.

    ZH — O senhor disse a um jornal paraguaio que quer se oferecer para mediar a crise com o Brasil. O que o senhor faria?
    Oviedo — Ligaria para o presidente Lula.

    ZH — Vocês falam com frequência?
    Oviedo — Posso visitar Lula a hora que quiser, só preciso ligar e agendar. E ele vai abrir a porta de Dilma, com certeza. Conhece melhor do que todos o problema do Paraguai. Mais de um ano atrás, Lula veio alertar Lugo: “você tem que fazer acordos políticos, não pode governar com três senadores e um deputado”.

    ZH — O senhor acredita que, nessa situação, Lula teria mais poder do que Dilma?
    Oviedo — Não. Dilma é uma mulher capaz, dura, firme. Ela tem total liberdade na administração do Brasil, mas quem a respalda politicamente chama-se Luiz Inácio Lula da Silva.

    Uma ligação no celular de Oviedo interrompe a entrevista. O toque é uma canção que diz: “Se sente, se sente, Oviedo presidente”. Após falar com o interlocutor, Oviedo retoma a conversa.

    ZH — A música do seu celular… Ser presidente é um sonho?
    Oviedo — Se Deus e o povo me permitirem, sim. Primeiro que já ganhei (ele foi nomeado candidato presidencial do Partido Colorado, em 1997, mas foi condenado por um tribunal militar a 10 anos de prisão pela tentativa de golpe de 1996), e a oligarquia corrupta não me permitiu assumir. Aqui é comum: quem ganha, perde; quem perde, ganha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: