693 – A melancia da APUB

Melancia-proificista

Para o Saci, diferente das diretorias truculentas anteriores, a direção atual da APUB está se revelando bastante “geitosinha”…

.

Prezado Roque e demais Colegas,

Para o meu amigo de gorro vermelho e pito, entre a cara e a coroa está a borda da moeda. Rss. Assim mesmo, metade da borda pertence a cada uma das partes…

Não sou neutro, nem quero. Pessoalmente, me identifico com a oposição. Porém,  não com o segmento que se diz “oposição”, mas que, no frigir dos ovos, trama contra o ANDES-SN. Os governistas são deveras astuciosos, e não perdoam o Andes por ter desnudado o governo parceiro dos endinheirados…

Segundo o Saci, alguns colegas da UFBA se mostraram aliviados por essa diretoria da APUB não aparentar tanta truculência e escárnio pelo associado – pelo menos por enquanto! – quanto às duas diretorias anteriores de triste memória. Para ele, tudo leva a crer que a tática da atual direção é levar o associado na “embromation”, inclusive fazendo o “marketing da bondade”. E, claro, colorindo cada vez mais a mídia da qual faz uso. Tudo uma belezura só.

Porém, é bom que a verdadeira oposição não abra a guarda, pois essa tática não é menos lesiva aos interesses do trabalhador. Chaveirinhos, agendinhas, amostras grátis e quermesses fazem parte de um plano sedutor para alienar mais ainda os professores da nossa querida UFBA. Alguns deles, inclusive, ávidos por guloseimas…

Olho vivo, pois, com as melífluas vozes das sirenas!

Saudações universitárias e sindicais,

 Menandro Ramos
FACED/UFBA

—————————

Quoting “Prof. Dr. Valdemir Zamparoni” zampa@ufba.br:

Prof. Asher, que boa noticia!! Prevaleceu o bom senso por parte da diretoria da APUB?? Se de fato a Presidente da APUB disse que iria suspender os processos, qual a razão pela qual as notificações judiciais estão sendo entregues? Ou será que as palavras da Presidenta da APUB, que menciona, não passam de balelas engambeladoras, sem efeito juridico? Quero crer que não. Ponha, pois a diretoria da APUB, a sua assessoria juridica para trabalhar e transforme as palavras de sua Presidente (segundo diz o colega) em atos pr áticos. abcs cordiais,
Zamparoni
————————————–
Em 1 de março de 2013 10:39, <joromota@ufba.br> escreveu
Prezados/Prezadas:
Pela situação falou o Prof. Asher. Pela oposição falaram os Profs. Inês e Claudemiro. Precisamos de uma opinião que não seja da situação e nem da oposição para sabermos a verdade, verdadeiramente, falando.
Att. Prof. José Roque Mota Carvalho.
==============================
Citando Asher Kiperstok <asher@ufba.br>:

Prezadas Inês e Claudemiro Antes de iniciar uma campanha de desinformação, que somente  prejudicará as suas próprias imagens, sugiro que acompanhem os  boletins do nosso sindicato. A retirada dos citados processos judiciais, que vocês tentam ressuscitar, foi um dos primeiros atos da diretoria que nossa  categoria democraticamente elegeu. Isto já foi divulgado pela nossa presidenta no último debate público sobre o plano de carreira, já saiu em boletim da Apub Sindicato. Que tal elevarmos o nível das discussões? O confronto de idéias é fundamental para o amadurecimento da categoria e o bem da sociedade  mas, vamos parar de agir desinformando?
Atenciosamente
Asher
==============================
Em 28/02/2013, às 20:37, cruzneto@ufba.br escreveu:
  A todos,
Somente hj recebi a mensagem de Inês, datada do dia 18/02/13, o que considero uma censura absurda por parte da APUB. Concordo com a sugestão de uma autoconvocação para fazer esta  diretoria pelega se retratar e retirar esta ação absurda. Me alinho com todos os companheiros judicializados na referida ação  e espero dos demais a solidariedade a indignação e a atitude de  justeza que sempre pautou o movimento docente desta universidade. Cordial e solidariamente,
Claudemiro Ferreida da Cruz Neto Igeo-Ufba

==============================

De: imarques [mailto:imarques@ ufba.br ]
Enviada em: segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 07:01

Para: ‘ debates-l@listas.ufba.br

Assunto: CRIMINALIZAÇÃO DO MOVIMENTO DOCENTE

Colegas,
A mensagem abaixo chegou à minha caixa por outra lista. Ela precisa ser divulgada pois trata-se de um problema que nos afeta diretamente: nossos colegas estarão no banco dos réus, criminalizados, por conduzirem processo de greve e destituição da diretoria. Desde sempre defendi a judicialização da luta por um sindicato único, conforme a Constituição e contra o seu descumprimento. Nada contra pessoas. O que fez a diretoria deposta? Criminalizou colegas que lutavam pela unidade na luta e por um sindicato combativo, que ouvisse a assembléia. Como lembram, a entidade ficou acéfala durante a greve.
Defendo aqui, que se realize uma assembléia autoconvocada, nos termos estatutários, para exigir que a atual diretoria extinga o processo contra os colegas.
No mais, espero que leiam o comunicado abaixo e indignem-se!
Sugiro participarem da assembléia convocada pela Regional Nordeste 3, do Andes Sindicato Nacional,no dia 22/02, 16 horas,na Arquitetura. A pauta é eleição para o congresso Andes.
APUB VIVA!
Beijo.
Maria Inês Marques

==============================

PREZADOS COLEGAS, COMPANHEIROS E CAMARADAS.
Ontem, dia 06 de fevereiro, o OFICIAL DE JUSTIÇA, do Poder Judiciária, Justiça do Trabalho, Tribunal Regional do Trabalho da 5 Região, 28 Vara do Trabalho de Salvador, entregou em minha residência NOTIFICAÇÃO JUDICIAL tendo como demandante A APUB/PROIFES para comparecer a AUDIÊNCIA DO DIA 11/03/2013 AS 09:20 HORAS .
Os termos são os seguintes:
Deve comparecer à audiencia acima referida para responder aos termos da reclamação cuja inicial acompanha, quando deverá, ainda, trazer suas testemunhas, independentemente de notificação, sob pena de preculsão. O não comparecimento importará no julgamento a sua re velia, além da aplicação da pena de confissão quanto a materia de fato. SALVADOR 18 DE JANEIRO DE 2013.
Por esta e outras razões estou me propondo a ir ao CONGRESSO NACIONAL DO ANDES SINDICATO NACIONAL.
Somos 15 docentes JUDICIALIZADOS.
O Congresso do ANDES-SN, maior sindicato de docentes do ensino superior do Brasil, tem que se posicionar frente a criminalização do docentes que dirigiram o movimento grevista de 2012.
Soma-se a isto a necessidade da defesa intransigente de nossas reivindicações em relação as condições salariais, condições de trabalho, carreira estruturada,contid as em nossa PAUTA LOCAL elaborada e aprovada em assembléia de greve.
Lembrando que, em tempos de destruição da classe trabalhadora e seus organismos de luta, hoje somos nós, os judicializados.
Quem serão os próximos?
CELI NELZA ZULKE TAFFAREL
Professora Dra.Titular da FACED/UFBA. PRODUTIVIDADE EM PESQUISA

Ex-Diretora FACED UFBA Gestão 2008-2012
Ex-Presidente do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte ? Gestão 1987-1989 e 1989-1991
Ex-Secretaria Geral do ANDES-SN Gestão 2002-2004
CIDADA BAIANA: Titulo concedido pela Câmara dos Deputados da Bahia pelos relevantes serviços prestados a Bahia.
Diário Oficial da Bahia Caderno 03 Dia 14/12/2007.
Aprovado em 13/12/2007 Resolução nº 1.419.

JUDICIALIZADA PELA EX-DIREÇÃO DA APUB/PROIFES POR DEFENDER REIVINDICAÇÕES DOS DOCENTES DA UFBA
 ==============================


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: