703 – Mosquitos ingleses atacam a UFBA

Mosquito-ingles-na-UFBA

A pontualidade dos incômodos insetos valeu-lhes a alcunha de “mosquitos ingleses”, batizados pelo debochado do Saci.

D (2).

eu cinco da tarde e lá estão eles, miudinhos, indiferentes à nossa aflição, infestando toda a FACED. Dir-se-ia que têm preferências pelas superfícies lisas de fórmica e carecas luzidias. Há, entretanto, a necessidade de se confirmar, cientificamente, esse fato. Já soube que a UFBA inteira está tomada por eles. Mosquitos danados de pirracentos. Não estão nem aí para o nosso temor de ingeri-los ao conversar. Deu 17h e ninguém mais fala. É um silêncio de cemitérios. Já soube até que estão usando pegadores de roupa como protetores de narinas. Vou adotar o macete. Não deixa de ser uma solução criativa. Um verdadeiro terror, pois, a partir desse horário. Quem tem nariz, tem medo!…

Também não podemos nos queixar, segundo o meu amigo de gorro vermelho e pito. Se nossos concretos invadiram a florestinha que eles dividiam com outros animais e vegetais, é a vez de eles invadirem também os nossos concretos. Quem quiser se queixar, que se queixe do bispo… Ora, Ora!

anti-mosquito

4 Respostas to “703 – Mosquitos ingleses atacam a UFBA”

  1. Nair Casagrande Says:

    Boas observações companheiro! Abraço.

  2. osaciperere Says:

    Mas, atenção: não é praga de Moisés pela Universidade Nova. É apenas uma mera coincidência…
    Pelos menos, é o que creio!…

  3. Marcos Machado Says:

    Não é só na Faced ou na UFBA, no Cabula, bairro onde trabalho, também há um incômodo muito grande com a presença deles! Percebi que, diariamente, após o sol começar a partir, por volta das 16:30, eles saem de suas locas – dando-nos a impressão de que ficam em árvores diversas (na empresa em que trabalho há muitas mangueiras, nas quais suspeito serem seus esconderijos secretos). Que inferno!

  4. osaciperere Says:

    Bom, Marcos, os mosquitos no Cabula, segundo me parece, não estão subordinados ao controle federal. como é o saso dos mosquitos dos campi da UFBA. Nesse caso, eles são da esfera municipal ou estadual. Se for dessa última, receio que os moradores do citado bairro vão ficar deveras encabulados, uma vez que o síndico do Palácio de Ondina só tem olhos para a Copa et caterva, bem como para as grandes construtoras… SMJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: