740 – Monumento aos traidores do 2 de Julho

Para o Saci, a arte ou a arquitetura não devem apenas preservar a memória dos heróis, mas dos traidores também, para que o povo se vacine contra eles...

Para o Saci, a arte ou a arquitetura não devem apenas preservar a memória dos heróis, mas dos traidores também, para que o povo se vacine contra eles… Na arte, a visão frontal do monumento.

.

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

A.

verdadeira Arte é libertária e emancipadora, embora você possa conhecer muitos artista reacionários e cooptados pelo sistema. Se tiver dificuldade de entender isso, ligue a telinha da Globo e de outras empresas afins de entretenimento e vai compreender melhor essas mal tratadas linhas.

Pois bem, vamos ao que interessa. O meu amigo de gorro vermelho e pito pensou em propor à Secretaria da Cultura do Estado da Bahia um monumento, semelhante ao que o artista plástico e arquiteto Mário Cravo projetou para homenagear o político Clériston Andrade, falecido num desastre aéreo, anos atrás, quando em Campanha. Ele era o candidato de ACM.

Após a tragédia, o nome do dentista João Durval Carneiro foi indicado, e o resto você já deve saber. Se não me falta a memória sexagenária, a história pode ser resumida assim. Qualquer acréscimo ou supressão eu faço depois. E viva a página web!

Acontece que, após toda a trabalheira projetual sacizesca, o meu estripulento amigo percebeu que um dos signatários da proposta de mudar o nome do Aeroporto Dois de Julho, era justamente o próprio ocupante atual do Palácio de Ondina. Diacho! Agora bateu a dúvida: a Secretaria da Cultura (SECULT-BA) não está solta no espaço sideral, mas vinculada ao governo do Estado da Bahia. Meio sem jeito, o meu sofrido amigo está sem saber se apresenta ou não  a sua obra de arte à mencionada Secretaria.

Na minha opinião, ele deve apresentar. Afinal, estamos vivemos numa democracia. Ou não?

4 Respostas to “740 – Monumento aos traidores do 2 de Julho”

  1. Francisco Santana Says:

    Prezado Saci

    Existe em Caracas, Venezuela, o monumento denominado, Monumento a los Próceres de la Independencia. Nele tem a homenagem aos Generais de Bolivar. Eu proponho que se faça uma estátua equestre de Luís Eduardo Magalhães montado no povo baiano e no pedestal a homenagem aos Generais de ACM. Os lídres de partidos seriam generais de exército (Aldo Rebelo por.ex.), os de divisão, os demais que assinaram o projeto e os de brigada, os que não assinaram mais votaram a favor.

  2. Francisco Santana Says:

    Podia botar também Luís Eduardo montado no Caboclo.

  3. osaciperere Says:

    Talvez melhor ficasse a designação de “Mausoléu dos Traidores”‘, pois simbolicamente ali ficará o que sobrou deles na memória popular…

  4. Francisco Santana Says:

    Claro. A palavra prócer seria trocada por traidor.

    Já imagino o monumento.

    Nome: Mausoléu dos traidores. Em Cima ACM montado no Caboclo do dois de Julho atrás, a pé, Jaques Wagner, Haroldo Lima etc. Na base do monumento, os nomes dos generais de ACM. Em vez de Bolivar o libertador, seria ACM o oprressor ou escravisador ou o moleque do Campo da Pólvora. O mausoléu podia ficar no Campo da Pólvora na entrada do Metrõ.

Deixe uma resposta para osaciperere Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: