838 – Exrael Pinheiro

.

ser-a-questão.

S (3).

e a diretoria da APUB pensou melhor sobre a realização da Assembleia Geral, marcada para o dia 11 de outubro, avaliando que a Oposição Sindical estava atenta às suas manobras ladinas, não sabemos. O certo é que a tal assembleia que não houve suscitou uma hilária análise do preclaro cientista político e ex-presidente da Apub, o Prof. Israel Oliveira Pinheiro (leia mais sobre ele AQUI). Há quem discorde do ilibado cientista, como é o caso do Prof. Francisco Santana, logo abaixo. Mas isso são outros quinhentos.

– Afinal, se os professores da UFBA não têm motivos para rir, ainda mais agora com a confirmação do PAF V interditado, por que diabo deverão chorar? – indaga o meu debochado amigo de gorro vermelho e pito.

—————————————

REUS CONFESSOS

Francisco Santana

Os membros do grupo político que controla a APUB desde 2006, têm jurado pelos seus discursos nas assembleias e pelos documentos que assinam e divulgam que existe o sindicato APUB-Sindicato.

Mas pelo que diz o Prof. Israel e os fatos correlatos a sua declaração, esse tal APUB – Sindicato não existe, ainda está para ser construído.

Mas o mais grave é a truculência do Sr. Israel quando diz:

“…Assim que a nossa alternativa é construir a APUB  Sindicato, independente dos resultados da próxima sexta.”

Ou seja, se a maioria disser não na próxima sexta, eles não respeitarão o resultado da Assembléia que eles próprios  convocaram.

Essa é a quarta assembléia que eles convocam para fundar esse sindicato. Foram suas datas: 12/2009, 03/2010, 10/2010 e 10/2013

O que está acontecendo que eles não contam?

Pelo menos já confessaram o crime, falta confessar os detalhes sórdidos.

Em 6 de outubro de 2013 16:08

ISOLPI-CENSORO colendo cientista político, Prof. Israel de Oliveira Pinheiro, sempre será lembrado pela sua mão forte com que censurou as mensagens “inconvenientes” da lista de discussão da APUB.

—————————————————

Colegas da APUB

SER E SER EIS A QUESTÃO

Na assembleia do dia 11 próximo os professores vamos decidir pela ratificação da APUB Sindicato ou não. Se decidimos pela ratificação, a luta continua nos termos e nos resultados que já estão postos.

Continuaremos tendo um sindicato que cumpre a sua função real: mobilização, pressão, negociação com o patrão, assinatura de acordos, o melhor que se pode naquele momento etc, etc. Se vamos pela não   ratificação da APUB Sindicato é o retrocesso. Vamos voltar ao discurso estéril da ANDES cujo objetivo não é o professor, a universidade publica, coisa nenhuma. É a formação de um pequeno partido radical,
estreito, sectario que se um dia chegasse ao poder seria somente para transformar o Brasil numa imensa Coreia do Norte.

Como não poderiamos assistir a tudo isto passivamente, teriamos a tarefa imensa de reconstruir o atual sindicato, partindo praticamente do zero, mas fariamos isto a todo custo porque o nosso compromisso politico é com a universidade, com os professores e não com ideologias exóticas, socialmente residuais. Por isto na próxima assembleia, a alternativa andina é sim um retrocesso. Isto de cara já quer dizer que   a APUB numa próxima greve votará contra qualquer acordo favorável aos professores: aumento salarial zero. Assim que a nossa alternativa é construir a APUB  Sindicato, independente dos resultados da próxima sexta. Não temos outra alternativa para eu (sic) a universidade publica continue avançando e os professores tenhamos conquistas salariais e condições de trabalho cada vez melhores.

Israel de Oliveira, prof. aposentado

——————————————————

israel-Kim-Jong-ilHá quem veja, segundo o Saci, uma certa semelhança física entre o ilustre cientista político, perscrutador do futuro, e o falecido Kim Jong-il, ex-líder supremo da Coreia do Norte…

SER OU NÃO SER EIS A QUESTÃO

Francisco Santana

Esse convite de uma assembleia para ratificar o pedido de formação do sindicato APUB-Sindicato é uma bomba. Talvez a maioria dos professores sofram de surdez ou o mais provável, não têm ideia do que é formar um sindicato e suas consequências de acordo com as leis brasileiras.
Caso esse grupo consiga com o sucesso dessa assembleia atingir seu objetivo principal que é o de constituir um sindicato estadual de professores das IFES, o ANDES não poderá mais atuar em todo o estado da Bahia como representante de professores das universidades federais. Só quem poderá
dizer se há greve ou não há greve será o APUB-Sindicato

Pelo menos uma coisa fica clara. As diretorias do tal APUB-Sindicato confessam com essa convocação que têm mentido sistematicamente para os professores passando-se por direção de um sindicato que ainda não existe.

ESCLARECENDO PARA OS QUE QUEREM ESCLARECIMENTO:

1 – O primeiro passo para para a formação de um sindicato é a convocação de uma assembleia.

2 – O segundo passo é registrar em um cartório civil, a ATA, lista de presença, etc..

3 – O terceiro passo é da entrada na Delegacia Regional do Trabalho local, de um processo de registro sindical no MTE.

4 – O quarto passo é responder a solicitações do MTE sobre irregularidades e omissões ocorridas no processo. A diretoria da APUB respondeu a algumas solicitações e inclusive convocou uma assembleia retificadora para esse fim em fins de 2010.

5 – Quinto passo. Caso tudo esteja dentro dos critérios do MTE, é publicado no DOU a criação do sindicato correndo o prazo de 30 dias para quem de direito possa impugnar.

6 – Sexto passo. Caso não haja impugnação, o processo segue os trâmites normais para obter o seu registro sindical.

7 – É publicado no DOU a concessão do registro.

Donde se conclui que a constituição do APUB-Sindicato ainda está no máximo no quarto passo.

*Caso os professores forem em massa a essa assembleia e votarem contra essa ratificação encerra-se aí uma das mais tristes história da APUB. Caso contrário essa agonia pode ainda durar anos.

Anúncios

4 Respostas to “838 – Exrael Pinheiro”

  1. Duílio Says:

    donde se conclui que, exceções honrosas à parte, os cientistas políticos (e também economistas!) não têm muita utilidade na academia e fora dela…

  2. Cristina Says:

    kkk isolpi leva jeito!

  3. Francisco Santana Says:

    Voltaire teria dito:
    Só haverá paz no mundo quando o último rei for enforcado nas tripas do último Papa

    Alguém fez a paródia:
    Só haverá paz no mundo quando o último economista for enforcado nas tripas do último banqueiro.

    E o pior é que não só ainda existem alguns reis tripudiadores e um papa Inácio na pele de FRancisco, como os economistas antes desempregados foram convocados em massa pela Wall Street e FMI para servir aos banqueiros.

    E para piorar, os Banqueiros de S. Paulo criaram a escola de sociologia da USP de onde saiu FHC e o PT e S. Lázaro na Bahia pariram Joviniano e Israel entre outros.

  4. T. Dias Says:

    E o salto alto n. 15 do economista Luís figueiras, onde entra na história? Kkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: