86 – UFBA: mãos para cima!

 

Uma foto que anda pela internet serviu de base para o Saci retratar como vivem os que trafegam por alguns caminhos da UFBA: totalmente sobressaltados...

.

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

Eu me preparava para entrar em sala de aula, ontem, dia 13/05, quando a Profa. Celi Taffarel, pessoalmente, passou em todos os andares da Faculdade de Educação, que ela atualmente dirige, para avisar a todos que redobrassem os cuidados em relação à segurança. Havia poucos minutos que uma aluna fora assaltada em pleno meio-dia ou pouco depois disso – com arma e tudo –  no caminho que liga a FACED à rua Pe. Feijó, nas proximidades da cheche da UFBA.

Além dos ataques internos dos privatistas, que não são poucos, a UFBA, permanentemente, sofre ataques externos, principalmente a sua parte mais exposta, que são os alunos e servidores técnico-administrativos, via de regra, usuários dos transportes de massa, obrigados, para tomá-los, a transitar por caminhos que não oferecem a menor segurança.

Justiça seja feita, os assaltos dos campi da UFBA não são de hoje. De qualquer forma, a Universidade Nova nada fez para inibi-los. Atualmente, nos extertores do atual reitorado, vê-se o aumento de câmeras pelas vias de acesso às unidades. Evidentemente, as câmeras apenas não são suficientes, principalmente se forem “cegas” (apenas a armação externa, como o propósito de inibir pela presença…). O monitoramento diuturno e as ações preventivas são fundamentais para diminuir o risco de se transitar por locais mais desertos. Dizem o vigilantes que a orientação que têm é de proteger o patrimônio apenas. Dar proteção a pessoas é com outro departamento…

Os problemas de segurança da UFBA não são muito diferentes dos enfrentados pelo Estado da Bahia. Recentemente, a mídia noticiou um arrastão numa churrascaria da Pituba, em que 90 pessoas foram vítimas… Quem quiser saber mais é só conferir o que a imprensa local vem noticiando nas suas páginas policiais.

O que  leva o meu amigo Saci a concluir que, no atual desgoverno, o único lugar em que a violência não chega é na propaganda da TV. Quer patrocinada pelo Palácio de Ondina, quer  pelo Governo Federal. Tanto faz. Claro que, com isso, ou melhor, com eles,  jamais os campi ficarão de fora.  A luta continua (dos despossuídos para sobreviver). Afinal de contas, tudo é Brasil.

Igualzinho ao tempo de FHC e ACM (ainda se lembra do “Cabeça Branca”, leitor?). Em tempos do “Barba Branca”, a esquerda light também se esconde em carros blindados, que ninguém é de aço!…

 

Anúncios

Uma resposta to “86 – UFBA: mãos para cima!”

  1. altino bomfim Says:

    Oi MENA!!
    Nem os partidários da “orde” tão dando conta. Governos, preocupados em como reproduzir o capital. Daí, SALVE-SE QUEM PUDER!!
    Até pouco tempo as eleições ocupavam o tempo/espaço. Pelo visto vais ter de ampliar a temática/abordagem do blog vez que:
    – constituiu-se em espaço de informação e intercambio (sem substituir os presenciais);
    – zilhões de questões aguardam divulgação, análises e, claro, discussão de alternativas. Não só na UFBA mas, especialmente, na sociedade com suas N crises.
    – as eleições para os governos e parlamento estão esquentando e é imperioso ampliar a sua problematização.
    Abraços,
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: