905 – O Lobo e as Ovelhas

.

fabula-chico-1.

Fábula – O Lobo (o governo) e as Ovelhas (professores das IFES)

Francisco Santana

H.

.

avia uma guerra entre os Lobos (Lula, Dilma, FHC etc.) e as Ovelhas (professores das Instituições Federais de Ensino Superior – IFES); estas, embora fossem mais fracas, como tinham a ajuda dos cães (o ANDES), levavam sempre a melhor. Os Lobos, então, pediram paz, com a condição de que dariam de penhor os seus filhos (PROIFES – instituição chapa-branca), se as Ovelhas também lhes entregassem os cães (ANDE-Sindicato Nacional). As ovelhas aceitaram estas condições e foi feita a paz.

Contudo, os filhos dos Lobos, quando se viram na casa das ovelhas, começaram a uivar muito alto. Acudiram logo os pais, a pensar que isso significava que a paz havia sido quebrada, e recomeçaram a guerra. Bem quiseram defender-se as Ovelhas; mas como a sua principal força consistia nos cães (ANDES-SN), que havia sido entregue aos Lobos, foram facilmente vencidas por eles, e acabaram degoladas.

Moral da história

Ensina esta Fábula que ninguém deve entregar as armas aos seus inimigos, antes tenha a paz por suspeitosa. Também nos avisa quanto ao perigo de meter em casa inimigos, ou filhos de inimigos (PROIFES), como fizeram as Ovelhas, que querendo estar mais seguras por terem os filhos dos Lobos em casa, foram eles a causa da sua destruição.

Os líderes do PROIFES são filhotes da CUT e consequentemente do governo. Todos viram o seu comportamento na greve passada. Infelizmente, algumas universidades estão trocando o ANDES por eles.

Anúncios

2 Respostas to “905 – O Lobo e as Ovelhas”

  1. altino Says:

    OS PROFESSORES E AS ELEIÇÕES PARA REITOR
    Professores Tavares e Menandro alertaram que a campanha eleitoral para reitor – assim como para presidente e governador – está “nas ruas”.
    Contudo, enquanto os candidatos “estão na deles”, fazenda a campanha do miudinho, articulando-se, os professores assistem e assistem, na plateia, o desenrolar dos fatos. De outro lado, o sindicato só vai se movimentar quando “for oportuno e conveniente”, for de interesse dos grupos e candidato escolhido.
    Por que não sermos sujeitos, protagonistas nesse processo?
    Proponho:
    1) Convite geral para os professores para reunião/encontro intitulado ELEIÇÕES 2014 NA UFBA;
    2) Na pauta dessa reunião/encontro deveria constar:
    – aspectos processuais da eleição, datas etc;
    – PAUTA MÍNIMA para os candidatos (como exemplo de temas tem-se a PAUTA LOCAL construída na greve, a estatuinte nunca realizada, autonomia e lei orgânica das IFES, infra-estrutura, qualidade do ensio/pesquisa/extensão etc)
    – construção de CRONOGRAMA de debates (definição de uma programação de debates a partir de Março, um ou dois por mês, sobre as temáticas definidas);
    – eleição de COORDENAÇÃO (uns três professores) desse processo. Entre os eleitos interessante participação de professor da área de direito.
    3) Ao longo do processo OS PROFESSORES construíram as NORMAS ELEITORAIS consultando os três segmentos da comunidade universitária.
    Professor TAVARES que tal coordenar a primeira reunião???
    Saudações,
    altino

  2. Francisco Santana Says:

    Prezado Saci

    Apenas uma ressalva. Esopo e Fedro são confiáveis, mas com La Fontaiine eu tenho reservas, embora ele use muitas das fábulas de Esopo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: