1354 – A “esquerdização” da APUB

.

ESQUERDIZAÇÃO-APUB-2015.

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

DD.

o canto da sala, eu observava o Saci tentando mostrar, a partir de uma ilustração no computador, o desespero da atual diretoria da APUB, forçada pelas circunstâncias a se “esquerdizar”.

– Não dá outra, Tatá! Não há como ficar bem na fita se não for pela mise-en-scéne! Além de ser o mês das noivas, maio é também o mês das greves. Elas vão pipocar como cogumelos depois da chuva…

– Sim, mas e depois do furdunço, ela vai continuar fazendo o discurso da esquerda?

– Ah! Sei lá! Depois são outros quinhentos! Os professores da UFBA têm memória curta! Pergunte a qualquer um deles se sabe o nome da presidente da APUB que foi destituída em Assembleia! Pergunte! Sabe nada!

– É verdade! Ninguém lembra mesmo! E o pior foi que ela se entesou nas grades da antiga Casinha da Rua Padre Feijó que ninguém conseguiu tirá-la. Só saiu quando trovejou, que nem cágado quando gruda o dedo de um cristão!…

– E o pior é que ainda fez sucessora!

– Fala não, Saci!

– O certo é que a tchurma proifense da APUB já começou a dar uma de “indignada” contra as medidas do governo… Me engana que eu gosto! Recentemente, até divulgou a sua adesão à paralisação do dia 29 de março! Depois tudo fica como se não tivesse sido…

– Quer dizer, então, que vai continuar dividindo o poder e a nova sede com a tchurma da corrente petista?

– Tenho minhas dúvidas, Tatá, pois os apoiadores da corrente “O Trabalho” são tantos que lotam um fusquinha…

—————————–

Não pude ouvir mais o que o Saci e a Vaca Tatá falaram, pois o insuportável barulho do carro do lixo jogou areia no meu caminhão de curiosidade. Pouco tempo depois, os dois saíram e eu fiquei sozinho, meditando com meus botões e olhando para a ilustração que o Saci fizera no editor de imagens.

De fato, era um boa pergunta: em que corrente petista a diretoria da APUB se atracaria, após a vaga grevista – já que os préstimos dos docentes de “O Trabalho” não teriam o vigor para mover o moinhos da UFBA – , de acordo com o que o Saci sinalizara?

Pensando bem, talvez a pergunta nem fosse tão boa assim, pois o que não faltava era corrente governista para a diretoria da APUB se enredar. No mínimo, teria guarida na corrente dos brothers de Marilena Chauí, tão presente na campanha para reitor da UFBA. E isso sem falar na inquestionável fidelidade do PCdoB.

Ao fim e ao cabo do papo de “esquerdização” de mentirinha levantado pelo Saci, as únicas coisas que podiam ser questionadas eram se os nomes “Partido dos Trabalhadores” e “Partido Comunista do Brasil” não careciam de uma nova e atualizada denominação…

 

 

 

 

2 Respostas to “1354 – A “esquerdização” da APUB”

  1. osaciperere Says:

    Chefia! Você não entendeu nada!

    As mãos invisíveis dos velhos coronéis inorgânicos da APUB continuarão movimentando os cordéis. O resto é laranja…

  2. Marco Tomasoni Says:

    Essa correntinha louca tem nos levado a um cabo de guerra insano.
    A tendencia da “esquerdização” da APUB – Proifes é o claro sinal de que os ratos são os primeiros a pular do navio antes de afundar….
    Se é que o navio já não afundou e estes ratinhos sapecas (proifes) estão a usar escafandro.
    Só na ironia.
    Att

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: