646 – A greve acabou! E agora, Bravos?

A greve acabou! Viva a Greve!

..

.

urante a greve dos trabalhadores da Petrobras, em 1995, FHC convocou o Exército brasileiro para entrar em ação e assegurar a circulação do “sangue” nas veias do Capital sem pátria, e, para tanto, soldados fortemente armados ocuparam refinarias. Durante a greve da Polícia baiana, às vésperas do Carnaval, Jaques Wagner, síndico do Palácio de Ondina e ex-sindicalista, apelou para a Força Nacional, a fim de garantir a ordem burguesa – festiva e lucrativa! -, ameaçada. Durante a greve dos docentes das IFES, o que fez o governo brasileiro? Colocou o Exército de prontidão? Convocou a Força Nacional? Nada disso. Apenas acionou uma coisa chamada Proifes, que é uma espécie de bomba, cuja pólvora ou material explosivo são os próprios docentes das IFES, que renegaram as lutas em favor da categoria…

Nacionalmente, a greve continua firme. Em nível local, a bomba Proifes também deu chabu ou foi desativada pela base. Ainda assim, misteriosamente, a greve acabou na UFBA! Sem o Exército brasileiro ou a Força Nacional para atrapalhar, mas com o fogo amigo “iluminando” os caminhos do movimento… O que prova a riqueza de precipitação das possibilidades do real, conforme ensinava o Prof. Felippe Serpa, ex-reitor da UFBA.

Alguns docentes esboçam manifestações de incerteza, de perplexidade, de dúvida; outros já repensam ações a partir do legado da greve… E A Terra continua girando.

– Mas que ganho tivemos? – perguntam alguns.

E antes que eu consiga pensar em qualquer coisa, o Saci me socorre:

– Vocês tiveram ganhos, sim! E significativos: ganharam a recomposição da seção sindical com a expulsão dos pelegos; ganharam o brilho dos olhos dos jovens docentes que agora recompõem o quadro ainda defasado da UFBA. Os caminhos de breu da noite que vivem agora, certamente poderão ser clareados por esse fulgor da juventude que ora desponta.

O meu amigo de gorro vermelho está coberto de razão. A greve acabou, Bravos Colegas? Então, VIVA A GREVE!

Quanto aos céticos que menosprezam e menosprezam a luta, que consultem aos trabalhadores da Petrobras sobre suas conquistas e seus ganhos e, sobretudo, sua disposição para o embate contra as forças conservadoras a serviço do capital, que nem FHC nem o pensamento neoliberal conseguiram arrefecer.

Abaixo, algumas mensagens recebidas:

—————————–

[…] A posiçãoo de alguns colegas da UFBA que remam contra a maré, não é de hoje. Se são grandes teóricos, não sei. Só sei que têm grande poder de retórica. Palavras e números são poderosíssimo, ainda que não refletindo a realidade!…

———————–

[…] Será que o discurso de mudar a realidade  é uma quimera? Acreditei, lutei e não vejo nenhuma melhora. Hoje, aposentada, deparo-me com situações que me deixam desesperança. O trabalhador tem no trabalhador um terrível adversário. Enquanto isso os poderosos usam e abusam dos nossos impostos […]

———————–

Sinto-me frustrada, sem ânimo! Confesso que imaginei outro desfecho para essa greve que teve um início contagiante […]

———————–

Poderia escrever, para mim, sua avaliação do fim da greve? Depreendo que você analisa a finalização como um decreto do clg e das forças petistas presentes nele. Acabamos sem resolver nada, aparentemente…

Na minha avaliação, formamos um time  (eu, você, […] e aqueles que compreenderam e ampliaram nossas posições), o que não é suficiente para colocar as coisas nos eixos. Este time pautou o clg, que poderia ser muito pior, forçou o retorno ao Andes, insistiu no combate à proifes, desmascarou os caras, com a ajudinha deles, destituiu  os caras. Fomos vitoriosos, e mineiramente calados, não cantamos auto-glórias.

Agora precisa ver o futuro, a greve acabou e aí? O silêncio da lista é sinal de que ninguém está entendendo nada e que estão exaustos de polêmicas, falsas polêmicas. O Valdomiro acusou a Comissão de imoral e ninguém retrucou… pense no cansaço. Agora é hora de consolidar a volta para o Andes, sair da CUT, retirar os caras do Consuni, retornar ao velho regimento, no que tange à carga de ensino-pesquisa-extensão, melhorar as condições de trabalho que refletirão na qualidade do ensino/formação.

Quando será o retorno ao Andes? Quando poderemos nos sindicalizar? Vamos separar apub seção sindical da apub saúde, fazer um levantamento de sindicalizados para dar baixa em quem morreu? Qual o quadro real de sindicalizados para apresentar à justiça? Como e quando o dinheiro das contribuições serão devolvidas ao Andes? O Andes não concorda com representação sindical no Consuni, já existe representações docentes suficientes, continuaremos aceitando esta invenção da proifes para ajudar a passar as propostas oficiais? Os conselheiros falarão por eles ou pela categoria?

[…] quando será que os depostos vão entregar as chaves? Ninguém fala nada, nem se tem onde saber…

O time terá muita luta pela frente…

———————–

O show já terminou. Hora de trabalhar![…]

———————-

A sensação que paira na cabeça de alguns docentes na UFBA é a de que a Plenária da Assembleia do dia 05 de setembro último foi ludibriada na sua boa-fé. Com a divulgação do Comunicado Especial do CNG, algumas coisas que estavam nebulosas começaram a aclarar.
Então meu caro colega, a sensação da qual lhe falei era na verdade de muitos não é? Sinto até um certo alívio ao saber disso. […]
———————–
Essa foi a minha primeira greve enquanto professor. Foi também a maior aula de democracia que tive em toda a minha vida de universitário. Isso me anima em confiar nos meus pares. […] Se não tivemos benefícios concretos, tivemos uma experiência ímpar de como o Coletivo organizado pode transformar a realidade […] O comando de greve teve uma posição muito bacana […]
———————-
A luta continua, Companheirada!!! Sesunda-feira é dia de branco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: