831 – A APUB e a assembleia ratificadora

ASSEMBLEIA-11-OUTUBROO meu amigo de gorro vermelho e pito ficou intrigado com uma notinha discreta da APUB, bem discreta, sobre uma assembleia marcada para o dia 11 de outubro. Otimista que estou, hoje mais do que nunca, peguei uma lupa para tentar ver o lado bom da notícia…

.

NESSE-MATO-TEM-COELHO-

7 Respostas to “831 – A APUB e a assembleia ratificadora”

  1. Bernadete Says:

    E eu que esperava ler a notícia da renúncia da APUB, dada a decisão da justiça anulando o plebiscito! Que fôlego o dessa diretoria…

  2. Bernadete Says:

    Corrigindo:

    E eu que esperava ler a notícia da renúncia da diretoria APUB, dada a decisão da justiça anulando o plebiscito! Que fôlego o dessa diretoria…

  3. Gorete Says:

    O saci foi muito generoso… Se do mato da APUB saíssem coelhinhos assim tão lindos, seria um sonho…

  4. Francisco Santana Says:

    Os coelhos só existem porque os professores são coniventes com os atos da direção da APUB. Essa questão mesmo já seria do conhecimento dos professores se eles não me proibissem de falar esclarendo tudo nas assembléias de greve. A mesa comandada pelo professor Claudio cassou minha palavra com o apoio da maioria da assembléia quando quiz esclarecer a questão da inexistência do registro sindical da APUB-SINDICATO.

    O que está acontedendo é mais ou menos o seguinte. A assembléia de fundação de APUB-Sindicato foi irregular. Eles já fizeram outra aaembléia de ratificação e devem estar fazendo essa por dois motivos prováveis. Ou o MTE pediu esclarecimentos de novo ou eles estão na realidade recomeçando a fundar o sindicato nesta assembléia, com a finalidade de desvincular o APUB-Sindicato da sua origem como APUB-Seção Sindical do ANDES prevendo uma derrota definitiva no TST.

    Assim quando vier uma decisão de tornar nulos todos os atos que envolvem a desfiliação da APUB do ANDES pelo malfadado plebiscito, a direção da APUB responderá que a fundação da APUB-SINDICATO não tem nada a ver com o processo do plebiscito, apesar de ter supenso o envio do percentual da arrecadação dos filiados da APUB-Seção Sindical para o ANDES e ter enviado para o PROIFES etc. etc. Aliás ela já trocou o CNPJ há muito tempo e também não esclarece o porquê e nem os professores da UFBA perguntam.

    Se o motivo for o primeiro, pedido do MTE, isso pode ser um mau sinal, pois significa que o MTE resolveu dar prosseguimento aos processos de registro de sindicatos do serevidores públicos que estavam suspensos e aí eles poderão conseguir o registro e usar a prerogativa de sindicato estadual e proibir o ANDES de representar os professores das IFES no estado da BAHIA e inclusive fechar a APUR.

    Já se o motivo for o segundo, os professores da UFBA terão que tomar uma decisão. Quem eles querem que os representem, o ANDES ou o PROIFES? Não há possibilidade de conciliar as duas opções, são mutuamente excludentes. Se querem ser representados ainda pelo ANDES devem encher essa assembléia e votar contra essa tal de ratificação que pode ser na verdade uma nova fundação. Se querem que seja o PROIFES, basta não irem lá que é mais cômodo, pois eles têm os votos de cabresto deles.

    Um breve histórico:

    Em dez/2009 foi feita a primeira assembléia de fundação do sindicato estadual APUB- Sindicato a partir da já existente APUB-SS defiliada do ANDES (fraudulentamente) pelo plebiscito de jun/2009. Essa assembléia foi supensa por motivos mal explicados e transferida para mar/2010. Como o MTE não engoliu algumas irregularidades feitas no processo, foi feita outra assembléia de ratificação em out/2010. Devido a uma nova lei displinando os sindicatos de servidores públicos, todos os pedidos relativos a sindicatos de servidores foram suspensos sine die.

    Projeção futura:

    Caso seja obtido finalmente o registro sindical para APUB-Sindicato, o ANDES não poderá representar os professores de instituições federais em todo o estado da Bahia. E caso outros estados consigam tabém seus registros, o PROIFES pedirá seu registro como Federação Nacional desses sindicatos estaduais. O ANDES só poderá representar os professores de outros estados que não esses que serão representados pelo PROIFES.

    A escolha é dos professores.

  5. Francisco Santana Says:

    P. S. Eles não têm fõlego nenhum. São meros prepostos da CUT-PROIFES. E a CUT sim tem muito fôlego. Só o que ela mama do FAT não está no gibí.

  6. osaciperere Says:

    Lamentavelmente, Prof. Francisco, os professores lulistas ou simpatizantes vão secando a seiva do que há de melhor na luta sindical. Perde-se, cada vez mais, a capacidade de enfrentamento. A diretoria da APUB sabe disso. Espelhinhos, colares, carurus, folguedos e assemelhados vão sendo praticados largamente.

    A eficácia do “marketing da bondade” foi astuciosamente aprendida com a Rede Globo.

    Queiram os deuses que essa geração de docentes da UFBA não esteja irremediavelmente perdida!… Os poucos comprometidos já dão sinal de cansaço.

  7. Francisco Santana Says:

    Como dizia o ditado popular: “De bons amigos escolha se faça, na hora do perigo e não da taça.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: