1370 – As Falas do Ato Público

.

R.

.

egistramos todas as falas do memorável Ato Público de ontem, dia 25 de maio, em defesa da UFBA, realizado no Salão nobre da Reitoria, sob a batuta do magnífico reitor.

gal-salles

A arte do Saci reverencia o grande comandante da UFBA.

O Prof. João Carlos, segundo observadores, foi o grande comandante-em-chefe do evento. Houve até quem dissesse que, durante o ato, ele acabou de forma sábia “reconfigurando o real”, uma vez que seu menu original de oradores foi alterado a partir da justa pressão de alguns professores e alunos.

Tudo indica que ele havia programado falas de representantes de entidades como a Associação Baiana de Imprensa, APUB, representação estudantil, políticos da base do governo etc, mas, ao longo do evento, alguns docentes da Oposição Apub e estudantes acabaram alterando, por “espontânea pressão”, o script cuidadosamente traçado, que tinha por propósito compor a “Unidade-UFBA. Pelo visto, ainda que contrariado, ele, demonstrando habilidade e maturidade política, acabou aquiescendo às solicitações.

É de se crer que a intervenção dos professores Sara Cortes, Sandra Marinho e Altino Bonfim, todos eles não alinhados com  a Apub governista, foi simplesmente tolerada. Há quem diga até que o reitor chegou a consultar à presidente da APUB se deveria ou não ceder-lhes alguns minutinhos de fala, e que ela havia demonstrado insatisfação. Contudo, o magnífico reitor, após consultar outros auxiliares, acabou aquiescendo à solicitação dos docentes. E o detalhe é que tudo isso teria se passado à velocidade da luz, sem que o público geral, desatento por natureza, percebesse outra coisa senão o suposto espírito de união dos docentes empenhados tão-somente na defesa da instituição…

Para o momento, destacamos, acima, a fala da Profa. Sara Cortes – sem cortes! – por tratar-se de um discurso lúcido e em perfeita sintonia com as bandeiras levantadas pela categoria em favor do trabalhador e da Educação Pública deste país. Ao longo da semana, disponibilizaremos, neste mesmo espaço, as falas de outros participantes do referido ato público. Infelizmente a internet-br (acessível aos pobres mortais) e suas fantásticas operadoras não nos permitem pisar um pouco mais no acelerador…


 

SANDRA MARINHO

ALTINO BONFIM

HILTON COELHO

Anúncios

Uma resposta to “1370 – As Falas do Ato Público”

  1. osaciperere Says:

    Não resta dúvida que o Ato Público em defesa da UFBA, convocado pelo magnífico Reitor João Carlos Salles, foi um belo indicador de que o coração da nossa instituição ainda pulsa forte. E podemos, agora, ter certeza da disposição do seu comandante-maior em que não permitir que a aviltem. Foi ele mesmo que disse: “A UFBA não pede socorro, luta!”.

    Convenhamos, para que prova maior de que não estamos desvalidos?

    Porém, na fala do Prof. Altino, – generosamente concedida pelo magnífico, já que os organizadores do evento não imaginaram que setores que militam na oposição sindical discordam radicalmente da “retórica zen” da diretoria da APUB, governista desde pequenininha, segundo dizem por aí – ficou patente algo que, às vezes, esquecemos:

    “Nós estamos numa academia e não podemos ficar com discursos genéricos e vazios”.

    Felizmente, o “dia seguinte” do Ato Público é praticamente o dia de votarmos pela greve da UFBA, já que, como o próprio Prof. Altino lembrou, GREVE é a única providência que podemos tomar para dizermos ao governo Dilma que estamos vivos!

    Menandro Ramos
    Prof. da FACED/UFBA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: