61 – As fundações de apoio

  

Conselhos do Saci-Pererê

Para o Saci, o sonho róseo de um reitor pode se transformar num pesadelo... Ou seja, uma simples lixeira de mil reais pode se transformar num processo por improbidade administrativa... (Clique na charge para ampliá-la).

 

Seguindo o receituário de além-mar, prescrito para FHC, o governo Lula acabou também estimulando a Universidade Pública a se virar para defender uns trocadinhos. Foi aí que o termo “empreendedor” passou a ser fashion, desfilando nas passarelas mais bem remuneradas da Paróquia Brasil. O problema é que, no grand monde do empreendedorismo, a estética tem um preço alto: um home theater, por exemplo, custa a bagatela de R$ 36 mil; um fogãozinho chique, nada menos de R$ 7.100. Coisinhas básicas como um liquidificador, não sai por menos de R$ 499; já um abridor de latas, a insignificância de R$ 199; uma simples lixeira custa a merreca de R$ 1.000. Isso sem falar no reles saca-rolhas (Ah! Um bom vinho!…)  que não morre por menos de R$ 859… 

No final da história, somando todas essas delicadezas estéticas, alguns dos Magníficos podem se dar mal, outros não, claro… Mas o povo se afunda sempre! 

Portanto, futuros Magníficos democraticamente eleitos (e  até quem chegar lá sem ser o mais votado), olho vivo nas fundações!… 

Ou serão apenas lembrados como migníficos da coisa pública!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: