1181 – O poeta é um fingidor!

.

POETA-FINGIDOR

.

Menandro Ramos
FACED/UFBA

E.

.

u não ousaria contestar a verve poética do colega e Prof. Ronaldo Jacobina. Muito menos o poeta e compositor autor de “Carolina”, “Vai passar”, “Você não Gosta de Mim”, entre outras belas e engajadas canções de Chico Buarque. Por outro lado, não seria louco de colocar sob suspeita os escritos do grande poeta português Fernando Pessoa… O que fazer, então?

Tudo ocorreu quando li a postagem do médico Dr. Ronaldo Jacobina – conforme ele próprio faz constar no seu texto veiculado na debates-l, da UFBA -, uma espécie de libelo em defesa da candidata Dilma Rousseff.

Pessoalmente, acho indefensáveis os dois candidatos. Tanto o candidato  tucano quanto a candidata petista, que não têm a menor sintonia com o trabalhador, mas tão somente com o capital financeiro, o que é possível verificar na desproporcional força que a executiva federal deu, durante o seu governo, aos pobres através do Bolsa Família (24 bilhões de reais) e aos ricos por meio do Bolsa Banqueiro (900 bilhões de reais).

Mas, de qualquer forma, o insuspeito poeta e médico Prof. Ronaldo Jacobina proferiu seu veredicto em favor da candidata de Lula da Silva. Ele que tem feito tantas ponderações interessantes nas Assembleias da APUB e em outras instâncias acadêmicas. Como desqualificar o testemunho do valoroso colega e poeta? E médico, ainda por cima?

O mesmo diria sobre o insuspeito Chico Buarque, que colocou a sua lira tropical a serviço das forças progressistas que lutaram contra a ditadura militar que se instalou no Brasil nos anos de chumbo.

Foi o meu amigo de gorro vermelho e pito que me socorreu.

– Negócio seguinte, chefia. No que diz respeito ao Prof. doutor e poeta Ronaldo Jacobina, como ele não se identifica historicamente com os candidatos da direita, ele talvez finge – enquanto poeta porreta que é! -, que acredita em Dilma como uma candidata de esquerda, e passa a cantar loas à petista, mesmo tendo o PT esquecido de lutar pela volta do antigo nome do Aeroporto Dois de Julho, para o qual as musas do Parnaso se fizeram comparecer à sua inspirada fronte. Portanto, tudo não passa de pura generosidade do doutor poeta.

Quanto às manifestações de apoio do grande Chico Buarque, talvez não tenham sido mais do quelula_chico palavras de reconhecimento e generosidade para com o criador de Dilma Rousseff, que em tempos pretéritos dera a oportunidade a sua mana de se tornar Ministra da Cultura… Conforme ele mesmo afirmou, da primeira vez que votou em Dilma foi por causa de Lula…

Diante desse verdadeiro “estepe sacizesco”, senti-me mais aliviado em saber que eu e a grande maioria dos Trabalhadores brasileiros tínhamos inteira liberdade para votarmos no ZERO-ZERO, sem o remorso do sentimento de ingratidão, bem diferentes do poeta dos olhos verdes.

.

CHICO-BUARQUE-DE-HOLANDA

Para o Saci, o fato de Chico ter apoiado Dilma, não tira os méritos do grande poeta de olhos verdes…

 

Anúncios

3 Respostas to “1181 – O poeta é um fingidor!”

  1. osaciperere Says:

    Queridas Amigas, Queridos Amigos
    I
    Domingo é um dia para celebrar a democracia, que é a forma menos imperfeita que o homem tem de se governar.
    Dilma não decepcionou seu gênero. As mulheres estiveram bem representadas. Teve até uma qualidade que reputo ter muito a ver com a força de ser mulher (e como se diz aqui no nordeste, mulher retada): os partidos, todos os partidos para governar fazem alianças (se aécio for eleito, o pmdb vai participar do seu governo). Mas Dilma, colocou para fora de seu governo mais de cinco ministros corruptos (inclusive o gedel, que quando foi dar apoio na Universidade na agressão carlista em 16 de maio de 2001, os estudantes vaiaram e recusaram o “apoio” dele contra acm e sua corja).
    Se Dilma tivesse furtado a merendinha do coleguinha no jardim de infância a veja ou a tv globo já teria divulgado com estardalhaço. Parece que não encontrou nada.
    Vou à urna com Dilma no peito. Como disse meu velho e bom ídolo Chico Buarque, na primeira vez eu votei em Dilma por Lula, agora voto em Dilma por Dilma. E pela força feminina na política.
    II
    Que ironia, pois não é que foi a tv globo que me deu o mais sublime argumento em defesa da candidatura de Dilma para presidente. Em 2001, penúltimo ano do governo fhc, a globo fez uma reportagem sobre a Fome. Terrível. Assisti muito emocionado, vendo aquelas mães, pobres e negras, chorando a morte socialmente determinada de seus rebentos. Eis o sítio eletrônico:https://www.youtube.com/watch?v=-A9zEQ1-ODQ
    Depois de 7 anos de governo tucano o Brasil tinha mais de 32 milhões de famélicos, ou para usar uma linguagem mais técnica: mais de 32 milhões de pessoas em situação de “insegurança alimentar”. Desse total eram em torno de 2 milhões de crianças desnutridas, com retardo mental e correndo risco de vida (a reportagem mostra na Bahia, em Pernambuco e no Ceará, mas também em São Paulo oscemitérios dos anjinhos, cemitérios clandestino onde se enterravam as crianças que morriam, em geral por diarreia e desnutrição. Uma mãe diz que teve 14 filhos e só 7 estavam vivos.
    O curioso é que foi no 2º semestre de 2001 que fui trabalhar com uma experiência de extensão universitária no povoado de Oitis, na região de Subaúma, no litoral norte da Bahia, distante apenas 120 km de Salvador. Encontrei uma população vivendo na Idade Média; sem luz, esgoto, coleta de lixo, água encanada. Praticamente não tinham dinheiro, realizavam o escambo.
    Com os governos Lula e Dilma (2002-2014) começou (e não deve parar) uma incipiente mais firme e universal política de distribuição de renda. O Brasil tinha, antes deles, uma das mais crueis concentrações de riqueza do mundo: era pior do que a África do Sul, no tempo do apartheid : os 50 % mais pobres do Brasil eram semelhantes aos 50% mais pobres do pais de Mandela – que estava preso -, porém os 10 % mais ricos do Brasil eram mais ricos que os 10% descendentes de holandeses na áfrica do sul.
    III
    A aposentadoria para trabalhadores com mais de 65 anos, para o trabalhador rural, o bolsa família e a luz para todos fizeram a revolução e garantiram a vida. O Agora, o BRASIL É UM DOS 35 PAÍSES DO MUNDO SEM FOME (abaixo de 3%), segundo a FAO, órgão da Organização das Nações Unidas (ONU). A tv globo deu a noticia sem alarde, não interessa fortalecer o adversário e fragilizar seu testa de ferro.

    VOTO EM DILMA JUNTO COM MAIS DE 30 MILHÕES DE PESSOAS QUE AGORA NÃO PASSAM FOME: A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte.
    Depois de comprar a geladeira, para conservar o alimento e não mais salgar a carne (há um elevado número de adultos com hipertensão e vários casos de pessoas com sequelas de AVC e infarto), os moradores do povoado rural de Oitis compraram a TV (uma moradora numa casa sem piso estava no sábado aprendendo inglês pela TV.
    Na copa do mundo na África do Sul, uma senhora, negra, disse-me: – Professor, um dos homens mais importante do mundo é negro! É claro que levei mais de meia hora falando pra ela sobre Nelson Mandela, outro ídolo.
    Vários adolescentes estão fazendo cursos técnicos e já temos uma universitária (Prouni) fazendo Biologia. O bolsa família não tirou das mulheres a labuta com o dendê, com a casa de farinha e com o artesanato (ah! Sim, um alcoólico toma o dinheiro da mulher e gasta com bebida. A comunidade já está revoltada, mas não podemos esquecer que ele é um doente. É claro que ele não pode fazer o que faz. O mundo é cheio de contradições. Vamos enfrentá-las. Já conversei com o AA e eles se comprometeram em ir comigo à comunidade).
    Meus alunos foram na pastoral da Criança para ver as ações da entidade e a prioridade agora é Obesidade! Viva Lula e Dilma!
    IV
    VOTO EM DILMA celebrando a grande redução do número de crianças em risco de morte por fome e doenças evitáveis, mas que deve ter como utopia (no sentido de horizonte) ficar próximo de zero. MAIS DILMA!
    VOTO EM DILMA por ter me dado o direito de ter como orientando de tcc uma aluna que vem de uma tribo de Pernambuco. SALVE KIARA!
    VOTO EM DILMA por ter me dado o direito de ter tido como aluna uma jovem de um quilombola baiano. AXÉ MARINA!
    VOTO EM DILMA por ter conhecido no curso médico, depois de 25 anos, um aluno adventista, um TJ e um pentecostal! E eles souberam respeitar o meu agnosticismo, como fez meu tio, padre Osmar Ribeiro, já encantado.
    VOTO EM DILMA por ver os alunos CONSERVADORES na direção de muitos eventos de MEDICINA (festa com muito álcool, futebol e nota zero em politização) fazendo campanha por aecio e tirando foto para insinuar que a FAMEB, como escola, estava com aécio, esse político menor (veja os votos dele, quando estava no plenário, sempre do lado do grande capital e dessa perversa elite brasileira). A meu ver, ele ainda por cima é pouco inteligente, o que não posso dizer de serra e fhc – vide a desastrada resposta que o dândi deu do “aero neves, onde a emenda foi pior que o soneto).
    Lula e Dilma enfrentaram com comida, vacina e escola, mesmo ainda precária, a fome do tamanho de uma Argentina. Uma criança morria a cada 5 minutos. Eram 280 por dia (dois Boeing cheinho) e isso não incomodava a nenhum juiz, promotor, procurador… Mais um boeing de turistas ricos, seria uma comoção nacional e bastava um para se lamentar durante todo o ano.
    PELA VIDA, PELAS CRIANÇAS, PELA SAÚDE – VOTO DILMA. BOM DILMA!
    RONALDO RIBEIRO JACOBINA – Médico e Professor de Medicina.
    PS: O porteiro da Faculdade disse: Só duas pessoas colocam pobres aqui na FAMEB. Seo Bina, o barbeiro que corta cabelo a 5 reais, e prof. Jacobina. Mais do que uma rima, é solução. Ambos apoiamos Lula e Dilma!!

  2. Francisco Santana Says:

    Fernando Pessoa era um fundadores do movimento futurista embrião do partido fascista italiano. Danunzio um dos poetas que apoiou Mussoline, se afastou do fascismo em 1930 muito antes de Fernando Pessoa declarar, perto de morrer, sua discordância contra o fascismo.

    Mussolline e os fascistas em gera, adotavam olema NAVEGAR É PRECISO, VIVER NÃO É PRECISO em seus bottoms e panfletos.

    • osaciperere Says:

      Isso confirma a tese de que os poetas não são infalíveis.

      Poder-se-ia, ainda, acrescentar nessa galeria o nome do grande poeta estadunidense Esra Pound.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: