• A corrida para a Reitoria

 

 

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

 

Enquanto a chuva chovia e a cabeça do Saci sacizava, eu filosofava sobre a celeridade do tempo:

– Brincando, brincando, Saci, já estamos quase na metade do ano. A impressão que eu tenho é que o Planeta Terra está girando mais rápido…

– É verdade – concordou ele – e não demora a corrida para a Reitoria… A propósito, já tem candidato?

Ôxi, Saci! É muito cedo para falar nisso. Antes, ainda temos que brigar pela permanência da APUB ao ANDES-SN, para voltar a ser o nosso bravo sindicato. A parada não vai ser fácil, pois a máquina…

Deseducadamente, ele me interrompeu para perguntar abobrinhas.

acha que os caras vão fazer sucessores? Quais os cardeais entrarão no páreo?

– Que caras, que cardeais, Saci? Seja mais claro…

Ele nem me ouviu. Continuou matracando.

– Os últimos anos foram difíceis para a UFBA – ponderou ele. – Muitas manchetes e páginas policiais, mô rei. contar: um, a “fuga de divisas” daquela fundação de cardiologia; dois, a polícia invadindo a Reitoria e descendo o sarrafo nos estudantes; três, o escândalo do jaleco branco, logo, logo após; quatro, o affaire do berimbau; cinco, a violência e a insegurança dos campi; seis, o incêndio do Instituto de Química; sete, o Curso de Medicina colocado na berlinda pelo MEC; oito, o tombo das árvores… Sem falar na aprovação do Reuni, do BI da Universidade Nova e da criação do placa oficial Proifes… lembra mais de alguma coisa? ver, ver…

– Chover o que, Saci? Você não é bobo, não? Pois sim!… Desde quando o Proifes tem a ver com a Reitoria?

Parecia que não me escutava, tão preocupado que estava em tentar lembrar mais um infortúnio ocorrido na UFBA nos últimos tempos.

– Me lembra aí, mô brodi, me lembra aí!… Eu sei que tem mais coisa… Eu sei que tem… Mas não importa, depois eu me lembro… O que quero dizer é que a coisa não vai ser fácil para quem se identificar com o grupo atual. Imagine o candidato dizendo “darei continuidade ao que foi iniciado por…”

ME OUÇA SACI, ME RESPONDA SÓ UMA COISA – quase gritei para que ele me escutasse – desde quando o Proifes é de responsabilidade da Reitoria? Você está confundindo a filiação da APUB com…

Mais uma vez ele me interrompe para perguntar com o ar mais angelical:

Uééé… Não é tudo a mesma coisa? O comando não é o mesmo?

***

Sinceramente, pensei, acho que, às vezes, eu superestimo o Saci… Tento manter um “papo-cabeça” com ele para ouvir um disparate desse. Pode haver um diálogo assim, pode?

Quando pensei em apagar a luz para me deitar, e deixá-lo falando ao vento, reparei que a cadeira quebrada, com apenas três pernas, estava vazia. O salafrário, de fininho, havia se mandado, e me deixara pensando sozinho. 

Anúncios

8 Respostas to “• A corrida para a Reitoria”

  1. Menandro Ramos Says:

    Em tempo: são 8:11h e acabo de ouvir, do jornal local da TV, que uma parte do teto de uma das residências estudantis da UFBA desabou. Felizmente não houve vítimas. Por outro lado, é mais uma notícia triste para a nossa querida universidade. Lamentável.

    Certamente, o Saci perguntará: “Será que estão cuidando bem da Universidade Velha?”

  2. Amilcar Baiardi Says:

    Embora não concorde com todas as posições manifestadas no Weblog Saci Pereê, reconheço a importância do contraditório elegante e extremamente criativo. Parabens ao Saci e ao seu criador,
    Amilcar Baiardi

  3. Cristiano Ferraz (UESB) Says:

    É a primeira vez que visito o blog, vejo que o saci anda atento.
    A situação da UFBA é conhecida por aqui, os colegas comentam e tal, saiu muita coisa nos jornais. É uma pena…
    Nos solidarizamos com os bravos colegas da UFBA que, a despeito de todos esses escândalos e precariedades que mancham a história da instituição, lutam para manter a imagem postiva que essa grande e importante universidade pública conquistou ao longo de décadas.
    Nossa situação aqui na UESB também não é boa, escândalos ligados à reitoria, denúncias da auditoria geral do Estado, precarização das condições de trabalho etc. Apesar disso tudo, aqui a gente ainda consegue se mobilizar (com dificuldade…) e discutir coletivamente essas coisas na nossa seção sindical, a ADUSB, denunciar a situação e pautar o debate na universidade.
    Que os ventos da mudança para melhor voltem a soprar na UFBA!

    Abraços
    Cristiano

  4. Fernanda Almeida Says:

    Olá Menandro! “Colé de mermo” Saci!

    Eu juro que quando disseram que o teto da residência universitária caiu, antes de completarem a frase, eu podia apostar que se tratava do teto da creche que havia caído… Mas, se é da UFBA velha que estamos a falar então tanto faz! Se é a Creche, se é a Residência, ou a FACED…
    Tetos caem, instalações elétricas queimam, trabalhos se perdem, sonhos se esvaem junto com um pouco da nossa vida e história na universidade! A uninova tem mais parecença com um astro celeste, seja no nome, seja na forma, pois estão a fazer um alarde de uma coisa que ouvimos falar mas nunca vimos!
    E viva o Saci!

  5. Menandro Ramos Says:

    Querida Fê,

    É preciso que Letícia saiba, um dia, que as histórias que ela e a sua avó inventavam tiveram a força para trazer o Saci à vida política e acadêmica – para muito além dos bambuzais.

    Letícia, sem saber, contribuiu, e muito, para que a Universidade Pública ganhasse mais um aliado na forma de um personagem travesso e bem humorado.

    Viva, pois, Letícia e sua Avó. Viva as histórias que o afeto trama e tece.

    E viva também o Saci!

  6. Emerson Says:

    Camarada, além do Ramos devem acrescentar Polêmico para completar seu nome. Mestre é um primor ler seus pergaminhos eletrônicos de sabedoria, irreverente no formato e sagaz e vibrante nos diálogos muito intensos com o amigo saci.

  7. Menandro Ramos Says:

    Emerson! Você por aqui? Aleluia!

    O Saci vai ficar feliz quando souber da sua visita.

    Apareça sempre.

    Um grande abraço.

  8. Cecília de Paula Says:

    Olá Saci!!…
    Talvez já estejamos no meio dela. E, de fato, temos que pensar nessas e em outras notícias veiculadas nestes tempos em que presenciamos a divisão da nossa linda (e, as vezes, descuidada) velha UFBA.
    Que os ventos possam soprar a favor da Universidade Federal da Bahia, como um todo, com as suas ricas casas antigas, com suas (nossas!!!) história e memória pontuando e direcionando as ações presentes futuras.
    Ah! E com a imaginação infantil, com sabor e com afeto, é sempre melhor!!! Saudades Fê…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: