A estatística da APUB

Mal o Saci saia de um certo livro de uma velha biblioteca de Salvador, quando... Puxa vida! É muita coincidência!... (clique na arte para visualizá-la melhor).

.

Os números!!! Ah! Esses parceiros bandidos que são usados ao sabor das ondas da conveniência!… Ah! Esse oceano de mentiras que nos inunda para além das borrascas, dos vendavais enfurecidos! Decididamente, o Prof. Francisco Santana tem razão em perguntar:

“Por que será que a APUB só revelou os percentuais da votação na Bahia e não os números de votos?

Por outro lado na votação nacional fizeram o contrário: não revelaram os percentuais. Quantos por cento são 3309 votos em relação ao número de professores de todas as IFES do Brasil, ativos e inativos?”

Por uma tremenda coincidência, o Saci estava acabando de sair de um Tratado de Estatística, de um tal Pick A. Retha, Ph. D., para mim ilustre desconhecido. Há quem diga que não existe coincidência, que o que há é sincronicidade. Sinceramente, minha ignorância pagã, nada santa, não me deixa confiante em opinar… Nem em nível da simples doxa! Reconheço que é um assunto tri-complexo…

Abaixo, o Notícias da APUB dá o serviço, sem jeito de dourar a pílula mais do que dourou:

 ————————————————

Categoria não assina acordo com governo

O prazo para a categoria dizer se aceitava ou não a proposta  apresentada pelo governo no último dia 19, de incorporação das gratificações mais reajuste de 4%, terminou nesta quinta-feira (25). Durante a reunião, representantes do Proifes e da Andes confirmaram que as bases aprovaram as condições, mas novo impasse impediu a assinatura do acordo. O entendimento sobre a forma como seria dado o aumento salarial era divergente entre as partes. Os professores afirmaram que no documento contava 4% sobre o vencimento básico, já incorporadas as gratificações, e sobre a RT (Retribuição por Titulação) para docentes do Magistério Superior e Ensino Básico Técnico e Tecnológico, a partir de março de 2012. No entanto, o secretário dos Recursos Humanos do Ministério Público, Duvanier Paiva, alegou que era somente sobre o VB mais as Gemas e GEDBT, sem a RT. Mas, a categoria não aceitou e nova reunião foi marcada para esta sexta-feira (26).

Resultado da consulta com a base

A proposta negociada e apresentada pelo governo federal, de 4% de reajuste mais a incoporação das gratificações, foi amplamente aceita pela base do Proifes. Foram 3309 votos favoráveis e 890 contra. Na Bahia, a consulta com a base foi feita por meio de assembléia geral, na segunda-feira (22), e eletrônica, realizada de segunda até a manhã desta quinta-feira (25). No total de votos, 58,57% dos professores foram favoráveis, 35,72% contra e 5,71% se abstiveram na hora da votação.

Anúncios

Uma resposta to “A estatística da APUB”

  1. José Tavares-Neto Says:

    Prezado Amigo do Saci,

    São os sinais deste tempo, para alguns chamado da Era da Mediocridade.

    Tavares-Neto
    Medicina
    FMB-UFBA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: