– A saúde da “debates-l” da UFBA

Diante da demora de liberação das mensagens postadas na lista de discussão “debates-l”, escrevi o que se segue:

O Saci tem se mostrado preocupado com a saúde da lista de discussão “debates-l” da UFBA. Será que ela está “dodói”, será que tirou merecidas férias?

Não soube o que responder ao meu amigo de gorro vermelho e pito. Também notei que há muito o moderador não libera uma mensagem sequer. Faço votos que tudo esteja bem com o moderador e com a lista.

Ao conferir a minha caixa eletrônica hoje – pela manhã, mas não muito cedo! -, lá estava a opinião de uma leitora. Sim, porque além de enviá-la para a lista “debates-l”, também a enviei para outras listas. Recebi o seguinte texto:

Eu tenho um palpite que aquelas suas mensagens sobre o professor “atropelado” pelo IHAC e as duas “férreas” dirigentes da SEC não vão ser liberadas na lista debates-l.  O atual reitorado é tão chegado ao titular da pasta da educação quanto o anterior e provocar o combativo reduto da pós-modernidade, pode criar turbulências nos Conselhos Superiores.

 


Sinceramente, prefiro pensar em outras possibilidades ou em outra explicação diferente da que a leitora atribui, ou seja, a de que a mensagem foi censurada. Por mais que a administração central da UFBA tenha relações cordiais com os mencionados dirigentes da SEC-BA, não quer dizer que tenha que colocá-los blindados contra uma eventual crítica. Quanto à publicização do affaire do IHAC, seguimos apenas a linha democrática adotada sempre pelo do Blog do Saci-Pererê, que é a de não censurar, que é a de permitir que o outro se manifeste. Seja quem for. Se o Blog deu guarida às manifestações do candidato que se coloca contrário ao entendimento da banca do referido concurso, foi por entender que o experiente docente da UNICAMP tem todo o direito de se manifestar.

Uma Universidade Democrática tem por obrigação ser transparente. E não apenas no discurso. Por exemplo, não é pelo fato de o Blog do Saci-Pererê se colocar diametralmente oposto, do ponto de vista ideológico, ao professor e candidato em questão, que vai lhe negar o direito de protestar, espernear,  emfim,  de buscar o amparo legal que julga ter direito.

Desta forma, não creio que a direção central da UFBA orientará o moderador no sentido de “tesourar” a redferida mensagem. Até porque, a magnífica dirigente atual, por ocasião da campanha eleitoral para Reitor, foi muito clara ao responder minhas indagações dirigidas aos candidatos. Publicamente, no último Debate do Palácio da Reitoria, ela disse em alto e bom som, para todo mundo ouvir, que não adotaria – jamais! -, a censura na Universidade.

Eu confio na palavra dela. Pelo menos, até que me provem o contrário!…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: