• Ainda que eu falasse…

Em resposta ao que escrevi ontem, 30/03/2009, sobre a “Calourosa e os alfarrábios eletrônicos”, recebi o e-mail do Saci, reproduzido tal e qual, logo abaixo.
Reafirmo o que já havia dito:

– Que alma poética ele tem!

Atenciosamente,
Menandro Ramos
Prof. da UFBA

——————————————————

Ainda que eu falasse
a língua dos homens

 

Saci-Pererê
(Depois de Russo, Camões e Paulo)

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua do anjos
Sem liberdade de expressão,
eu nada seria…

É só a liberdade de expressão,
é só a liberdade de expressão
Que conhece o que é verdade
A liberdade de expressão é um bem,
não quer o mal
Não sente inveja
Ou se envaidece…

Porém a censura é o fogo
Que arde sem se ver
É ferida que dói
E muito se sente
É um descontentamento
Sem nunca contentar-se
É dor que desatina a corroer…

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem liberdade de expressão,
eu nada seria…

Ser censor
É um ser
Sem nada ser
É um andar solitário
No meio de uma multidão
É um nunca contentar-se
E sempre descontente
É cuidar que se ganhe sempre
Sem nunca querer perder…

É um estar-se preso
Por vontade
É servir a quem vence
Mas sempre perdedor
É um ter com quem nos mata
A lealdade
Tão contrário a si mesmo
O censor…

Estou acordado
E todos dormem, todos dormem
Todos dormem
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face
É só a liberdade de expressão,
é só liberdade de expressão
Que conhece o que é verdade…

Ainda que eu fale
A língua dos homens
E fale a língua do anjos
Sem liberdade de expressão,
eu nada sou…

(Campus de Ondina, 31/03/2009)

Anúncios

Uma resposta to “• Ainda que eu falasse…”

  1. Cecília de Paula Says:

    Você fala Mena, você fala,

    Não sei se de um anjo menino. Embora moleque, a língua que você e seu boneco-saci falam parece-me mais inspirado num tal barbudo, muito seu amigo, que anda nas nuvens do céu e nas nuvens pregadas na porta de tua sala… Abençoada essa sala; muito inspiradora. É um alento passear pelas traquinagens dos dois, talvez três.

    Beijo grande. Ainda bem que existe.
    Ciça.

    P.s. Viu o cartaz da outra regional? Parece mesmo que gostaram da sua arte. Bjim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: