• Os caminhos sombrios da UFBA

 

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

 

 

A Reitoria da UFBA foi pequena para abrigar os estudantes em Assembléia. Palavras de ordem, faixas, cartazes, apitos marcaram a indignação de alunos da Universidade Federal da Bahia, e de outras instituições de ensino, contra o estupro ocorrido no Campus de Ondina, ontem, dia 19/08/08.

 

“Antes de reformas mirabolantes anunciadas, providências básicas precisam urgentemente ser tomadas”, pude ouvir de alguns. De fato, quem só se desloca de carro e não conhece as trilhas sombrias dos Campi da UFBA, não faz a menor idéia do quanto penam os alunos que tomam “buzu”. Algumas câmeras até foram instaladas em locais, supostamente, estratégicos. Mas o detalhe é que, no final da tarde e à noite, perdem a sua função, pois a iluminação ou é precária ou inexistente.

 

Com muita freqüência, faço o trajeto que liga a Faculdade de Educação à rua João das Botas, local em que tomo ônibus de volta para casa. Um dia desse, vendo-me apreensivo diante da escuridão do sinistro caminho, um dos vigilante, tranqüilizou-me: “Fique tranquilo, professsor! Agora já tem uma câmera instalada”.

 

Prosseguindo o meu caminho em pleno breu, distraí-me pensando que provavelmente aqueles maravilhosos olhos eletrônicos registrariam o meu passamento, caso o pior acontecesse, e se o fatídico local estivesse bem iluminado, é claro. A menos que a engenhoca eletrônica funcionasse a infravermelho. Teria eu sangue frio para dar um adeusinho diante das câmeras, na esperança de que, algum dia, meus colegas pudessem assistir, num dos youtubes da vida, ao meu trágico fim? Certamente, baiano que sou, não teria essa fleuma. O mais provável é que, no desespero, até invocasse a proteção divina, ainda que sendo ateu nas horas de bonança…

 

Talvez mesmo, no instante derradeiro, proferisse um palavrão contra a incúria ou a indiferença dos que, por dever de ofício, deveriam cuidar da segurança, mas não o fazem.

 

Infelizmente, agora, chora-se o leite derramado. O filme se repete. É preciso que alguém passe por um desespero inominável para que providências midiáticas (provavelmente) sejam anunciadas. Até tudo novamente cair no esquecimento.

 

A menos que os estudantes fiquem vigilantes e de olhos bem abertos.

 

Veja algumas fotos

 _______________________________________________________

                              

Também publicado no Rascunho Digital da FACED/UFBA

http://www.faced.ufba.br/rascunho_digital/textos/784.htm

Publicado originalmente em 21/08/2008

2 Respostas to “• Os caminhos sombrios da UFBA”

  1. Fernanda Gonçalves Says:

    Caro Menandro (Vaca profana),

    Que pena que seu texto não pôde ser publicado…

    Além de ser apropriado, adequado e sempre contemporâneo (espero que deixe de ser), está divertido e lindíssimo, aliás como como costumam ser suas obras. Adorei o “tchauzinho” e os seus paradoxais dialógos com Deus.

    Mas, não podemos esperar que todos tenham sensibilidade suficiente para apreciar o que é bom, belo e justo. Assim, não se inquiete e continue divulgando suas obras; inclua todos, acolha todos, até por questões pedagógicas: é uma forma democrática de sensibilizar aqueles que não tiveram oportunidades anteriores de desenvolver o senso reflexivo e o estético.

    Abraços para você e, por favor, transmita meus saudosos respeitos ao Saci.

    Sua admiradora,

    Fernanda

  2. Menandro Ramos Says:

    Oi F!
    Menina de deus, vc até está parecendo o Saci !!! (Quando menos espero, eis que ele surge, baforando o mundo…) Vc por aqui? Que bom! Apareça sempre para gente gastar um dedo de prosa…

    Mas, voltando a falar do nosso amigo Saci, vc o reconheceu? Claro que sim, pois foi justamente por sua causa que ele passou a visitar meu ateliê. Qualquer hora dessa eu vou contar a história dele, com todos os hífens e tremas… Um dia eu conto!

    Grande beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: