Petistas contestam SEC-BA

 

Não quero, aqui, contestar a afirmação de uma missivista OVNI (Ouvi, Vi, mas Não me Identifique) que manifesta admiração pelo que o ex-presidente Lula e sua então ministra da Casa Civil – em outra palavras – , fizeram pela Educação brasileira. Discordamos dela e, creio, este blog apresentou sobejamente razões para refutar suas ponderações… Não vejo na política do governo anterior e quiçá do atual, bem como dos seus principais partidos apoiadores, senão um reverente acolhimento às proposições neoliberais do Banco Mundial et caterva. Mas não quero tratar, no momento, desse assunto já tão batido, debatido e rebatido.

Chamou-me à atenção a crítica que a referida missivista vem fazendo às políticas (ou ausência delas…) do titular da SEC-BA. Pelo visto, ela não está sozinha e é uma professora preocupada com os rumos que a Educação vem tomando no nosso estado. Pareceu-me também que ela nem suspeita que a APUB “amarelou”, quando se referiu aos “sindicatos das universidades”…

Confira, então, leitor (a), o que diz a professora petista no texto abaixo.

Saci-Pererê da UFBA

————————–

Prezado X,
Companheiro Y,

Gostei muito dos dois e-mails enviados na semana passada em resposta a minha mensagem. O de Y porque faz questionamentos próprios e concernentes sobre a Educação baiana. Obrigado, Y, por se interessar por esse tema tão importante e que é relegado a segundo e terceiro plano pelos gestores da SEC. O segundo, o do B…, que representa os gestores da SEC pois é diretor do C… porque ele exemplifica a resposta que quero dar ao questionamento legítimo de X.

A resposta do presidente do conselho de diretores de Salvador e diretor do C… é uma FUGA do debate! Em debate anterior nós conversamos sobre a avaliação de professores. Eu demonstrei que o decreto do jeito que estava iria induzir os professores a passar todos os alunos de forma automática. O representante da SEC tentou contra argumentar mas perdeu o debate, tanto é que nem ele nem ninguém conseguiu responder à questão: se os professores terão aumento de salário e progressão na carreira se tiverem maior taxa de aprovação nas escolas, como evitar a aprovação automática?

O setorial de Educação já convidou o senhor secretário para o debate, mas ele simplesmente não aceita o convite. Os questionamentos existem, e é bom que existam, mas ele não aceita o convite, pois sabe que pode perder o debate num espaço em que outras pessoas tenham o direito à fala. Ele não se expôs, não aceitou o convite nem vai aceitar!

Outro ponto que precisamos colocar: acredito que o governo Lula e Dilma foram os melhores governos em nossa história para a Educação. Sempre defendi isso aqui na lista e isso é o que me anima a ficar no PT, porque o projeto nacional é muito bom, está dando certo. Minha argumentação é que quem está fora desse projeto nacional é a Bahia! Vejamos:

1) O MEC criou o Plano Nacional de Formação, permitindo que 300 mil professores façam formação inicial, sendo 60 mil na Bahia;

2) O MEC aprovou o piso salarial nacional e a necessidade do plano de carreira para todos os professores;

3) O MEC lançou o Plano Decenal de Educação que tem metas muito boas e eu apoio todas elas (leiam o Plano na íntegra no site do MEC, vejam como ele é bom)

Agora vejam o que se faz na Bahia:

1) governo estadual proíbe professores de fazerem formação. Todos nós deveríamos estar atentos ao decreto nº 12.583, de 9 de fevereiro de 2011, em que  Barreto simplesmente mata a formação de professores, ao proibir a participação de quem quer que seja em qualquer curso. E ninguém faz nada. A APLB foi comprada pelo imposto sindical, e por isso não faz as manifestações que os sindicatos das universidades fazem, pois o decreto acima diz respeito a ambos os públicos;

2) Não há uma política de seguimento ao TOPA. Todos nós sabemos que não adianta dar o curso de poucos meses do TOPA se não houver EDUCAÇÃOD E JOVENS E ADULTOS (EJA) para os egressos do TOPA darem seguimento à sua formação. O TOPA e o governador fazem um esforço importante e conquistam um grande programa, mas a secretaria NÃO TEM UM PROJETO para garantir a efetiva formação e o letramento desses alunos a todos. Onde está a formação de EJA para os centenas de milhares que saem do TOPA não pararem os estudos?

3) Enquanto o MEC prioriza enviar recursos para a construção e reforma de escolas, a SEC DISPENSA RECURSOS FEDERAIS. Isso já é de conhecimento de todos e amplamente divulgado em blogs na Bahia, e o secretário não dá nenhuma explicação ao governador. Em 2007 a SEC captou 60 milhões para construção e reforma de escolas; em 2008 captou 50 milhões; em 2009 captou 9 milhões e em 2010 ABSOLUTAMENTE NADA! Isso é um crime contra nossas ciranças e jovens! Eu dasafio! Eu dasafio o secretário dizer no setorial do PT porque ele não captou recursos do PAR ( Plano de ações articuladas do MEC) para a Bahia em 2010! Eu quero que o governador saiba que eu votei nele e confio no seu governo, mas que a gestão da SEC é DESCONECTADA DO MEC E É INCOMPETENTE PARA ESTAR ALINHADA COM A NOSSA POLÍTICA FEDERAL! Eu desafio!

Quem está do lado de Lula e Dilma somos nós, professores do estado e dos municípios que votamos e continuaremos votando no PT pelo projeto nacional, mas esse pessoal da Bahia NÃO ESTÁ ALINHADO COM O PROJETO NACIONAL.

Y tem razão quando pergunta: qual é o projeto da SEC? Não há um projeto consistente. A única coisa que podemos analisar são os documentos que estão no site da SEC. O que temos é a melancólica carta do senhor secretário da Educação que dá as boas vindas aos alunos em 2011. O que está escrito lá? leiam!  Dizer que o grande projeto da Educação é aumentar as vagas do CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR é um absurdo. MAS ESTÁ ESCRITO LÁ! Nós criticávamos isso quando o governador era Paulo Souto, afirmando que ele não se importava com o ensino médio, com a situação das escolas, a falta de recursos, a falta de professores, a falta de projeto pedagógico. E agora que temos um governo do PT ficamos envergonhados pela falta de propostas concretas para a Educação no ensino médio. Isso sem falar no apadrinhamento que concorre com as prefeituras que ficam responsáveis de indicar os estagiários do cursinho da SEC e fazem as indicações pensando nas eleições. O governo tinha é que ser mais sério com a Educação formal do ensino médio, que é a obrigação dele, e não gastar dezenas de milhões num projeto inócuo para prefeitos fazerem política. O “pacto com os municípios” não há apresenta nada que já não esteja previsto na Lei de Diretrizes e Bases da educação, no Plano Nacional de Educação de 2001 e no Plano de Desenvolvimento da Educação de Lula em 2007 em termos de regime de colaboração entre estado e municípios. O que é isso agora? Ficar requentando coisas que já existem como se fosse a descoberta da pólvora para esconder a falta de propostas?

Companheiro Y, não te conheço pessoalmente mas te admiro pela preocupação com a Educação. Justamente por ter essa preocupação é que falamos e reiteramos a pessar pela saída de pessoas que você citou, companheira Kalypsa, petista e competente, organizou a DIREC, contribuiu para o avanço da Educação da região da Chapada. Por que ela saiu? Apenas porque o prefeito do DEM resolveu apoiar o nosso governo e queria uma compensação. Não sou contra atrair dissidências da direita, para que fique claro que nem sou da esquerda do espetro político petista. Tem que trazer mesmo! Mas também deve hazer uma AVALIAÇÃO sobre o trabalho de cada um no governo. Se a pessoa trabalha bem, ela deve continuar. Que se encontre outra forma de acomodar os “novos e efêmeros aliados”… Então não vejo problema com esse debate.

Com relação ao projeto, tenho lido o blog do setorial. As pessoas do PT todos deveriam ler o que está lá escrito, até para criticar. Quem sabe o representante do SEC, companheiro X até consegue entabular algum embate de forma mais efetiva… Até agora não tem conseguido…

Bem, o desafio está lançado… O secretário pelo jeito foi desafiado para um “duelo ao amanhecer”… Será que ele vai aceitar o desafio ou continuar a se esconder? Quando é que ele vai aceitar um convite do setorial da Educação que já o convidou?

Um abraço,

Z

PS:

PERFEIÇÃO

Renato Russo

Vamos celebrar nossa vaidade…

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais…

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros…

Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã…

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração…

Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado
De absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos
O hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
Comemorar a nossa solidão…

Vamos festejar a inveja
A intolerância
A incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente
A vida inteira
E agora não tem mais
Direito a nada…

Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta
De bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isto
Com festa, velório e caixão
Tá tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou
Essa canção…

Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha!
Que o que vem é Perfeição!…

Uma resposta to “Petistas contestam SEC-BA”

  1. osaciperere Says:

    A missivista, posteriormente, nos enviou o complemento do que ela havia dito. Vê-se logo que ela se refere aos “sindicatos das universidades estaduais”. Ah! que alívio! Parece, então, que não se iludiu com a APUB! Abaixo, a íntegra do que a mencionada missivista nos enviou:
    —————————————-

    “Faltou parte do texto:

    segunda-feira, 4 de abril de 2011
    UESB: Alunos fazem mais um dia de manifestação em Itapetinga

    Pelo oitavo dia consecutivo, alunos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) estão sem aulas. O motivo da paralisação vem por parte de um grupo de alunos da instituição que bloqueiam as principais via de acesso à UESB como forma de protesto para melhorias em diversas áreas da Universidade. Falta de equipamentos, livros, salas e professores são uma das reivindicações. De acordo um dos líderes do movimento, o Decreto 12.583/11 que contingência verbas do Estado e fere a autonomia das Universidades Estaduais e o desfecho dado pelo governo à Campanha Salarial 2010 ao impor uma cláusula de última hora para a assinatura do acordo, agravou ainda mais a inusitada situação das Universidades Estaduais Baianas ao aprofundar os ataques à autonomia universitária, a partir da proibição de contratação de professor substituto em caso de afastamento para cursos de mestrado e doutorado, bem como a mudança de regime de trabalho. Com isso, diversas disciplinas não estão sendo ministradas e milhares de alunos estão sem aulas.

    ———————————–

    Comentário: o Decreto 12.583/11 também proibe a formação de professores da Educação Básica do Estado da Bahia, matando a possibilidade de melhorar a qualidade da Educação, descumprindo a Lei do Magistério Estadual que permitie e estimula a formação de professores e impedindo a progressão dos professores na Carreira. Isso é contradiório com o discurso do governador de 8 de fevereiro de 2011, quando ela no seu programa de rádio afirmava que a Bahia investia desde o seu primeiro governo em formação, com mais de 60 mil vagas para formação inicial. No mesmo dia em que ele falou isso, foi publicado o decreto ilegal ( pois contraria a lei do Magistério, que é superior) e fez o que nenhum governo petista jamais fez. Confiamos no Governador, apenas entendemos que ele foi mal assessorado pela equipe da SEC.

    Por que a APLB não faz manifestações como os sindicatos das universidades estaduais, já que o problema é o mesmo? Porque a APLB hoje recebe 6 milhões de reais de imposto sindical da SEC, que assim “comprou ” o silêncio de líderes como Rui Oliveira. Rui, apesar de fazer uma campanha muito rica em 2010 para deputado estadual, não conseguiu uma votação expressiva…

    Onda de protestos se espalha pelas universidade estaduais da Bahia
    Correio
    Professores paralisaram atividades nesta quarta-feira. Categoria realizou manifestação em frente à Governadoria e na Assembleia Legislativa da Bahia. Alunos também protestam contra as condições de estudo.

    ———————————

    Professores das Universidades Estaduais realizam paralisação nesta quarta
    Professores de universidades estaduais paralisaram as atividades nesta quarta-feira (30) e realizaram uma manifestação em frente à Governadoria e à Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador. O grupo questiona medidas impostas pelo governo, entre elas o congelamento dos salários. Ainda segundo a categoria, as decisões desrespeitam o Estatuto do Magistério.
    Participaram da manifestação professores das Universidades Estaduais de Feira de Santana (Uefs), Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb). Segundo informações da assessoria do movimento, os professores da Uneb devem paralisar as atividades no próximo dia 13 e não participaram da manifestação desta quarta porque possuem calendário diferenciado.
    Da manifestação, participaram também os estudantes, que paralisaram as aulas nesta terça-feira (29) em apoio aos professores, impediram o acesso ao campus da Uesb de Vitória da Conquista. Os professores protestam contra o Decreto 12.583/11 e o desfecho dado pelo governo à Campanha Salarial 2010 ao impor uma cláusula de última hora para a assinatura do acordo. O decreto, que na opinião da categoria fere a autonomia da universidade, impede que o professor em curso de pós-graduação tenha direito a substituto e retira o direito do docente de mudar o regime de trabalho.
    ———————————

    Professores das Universidades Estaduais realizam paralisação nesta quarta
    Depois da manifestação, uma comissão formada por professores e alunos foi convidada a se reunir com membros da Secretaria das Relações Institucionais (Serin) no prédio da governadoria.
    Segundo Mauri Azevedo, assessor da Associação dos Docentes da Uesb (Adusb), uma assembleia com os professores foi marcada para a próxima terça-feira (5), na qual serão decididos os rumos do movimento. ?Na próxima semana estaremos reunidos para decidir se a categoria entra em greve ou continua com as mobilizações e reuniões com representantes do governo?. Os professores garantem que as atividades serão retomadas amanhã, mas como os estudantes estão paralisados a situação ainda é incerta

    ———————————

    Artigos com o marcador da bahia
    Professores e estudantes paralisam e arrancam reunião com governo
    01/04/11

    Escrito por Marcelo em Bahia | 51 visualizações

    Ascom | Adusb
    A primeira paralisação realizada pelo Movimento Docente neste ano, ocorrida nesta quarta, 30, denunciou para a sociedade baiana, imprensa e deputados estaduais as práticas da política educacional do governo de Jaques Wagner, especialmente com a instituição do Decreto 12.583/11. A manifestação ganhou um tom carnavalesco com a participação de uma bandinha de sopro e bonecões que se juntaram ao grupo de poetas, estudantes e professores.

    O ato foi iniciado às 10h em frente à governadoria, no Centro Administrativo da Bahia, e contou com a participação de membros da Comunidade Acadêmica da UESB, UESC, UEFS e UNEB, além de representantes do ANDES-SN e CSP-Conlutas. Já no turno vespertino, a manifestação aconteceu na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), no entanto, o plenário da Casa estava praticamente vazio, apesar de o painel eletrônico indicar a ausência de apenas quatro deputados.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: