– Saudade, Profa. Márcia Néri!

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

A vida humana sempre está por um fio. A soturna foice da morte nos ronda a todo momento. A todos nós, sem exceção.

Quando adolescente, no interior em que eu vivia, a cada dobrado fúnebre dos sinos da Catedral de Santana, meu coração apertava. Quem teria sido daquela vez? Ouvi muitas daquelas tristes vibrações metálicas. Algumas delas, de certa maneira, eram esperadas. As conversas pelas calçadas nas noites escuras ou estreladas da Rua Barão, por vezes, traziam informações de moribundos, cujo sopro tênue de vida anunciava o passamento em questão de ínfimas horas. O sentimento de piedade invadia os corações solidários.

Mas havia as partidas abruptas, inesperadas, que a todos sensibilizavam de forma extremada, geralmente provocadas por acidentes automobilísticos, litígios pessoais ou passionais, ou, ainda, moléstias súbitas. Provocavam maiores consternações quando ocorriam com pessoas mais jovens, na flor da idade como se costumava dizer. Provocavam também, aos mais sensíveis e impressionáveis, profundas reflexões – e temores – sobre a frágil condição humana. Alguns, nos seus mais íntimos pensamentos – posteriormente externados -, ruminavam sobre o próprio tempo de vida restante na misteriosa ampulheta da existência: seriam horas, dias, semanas, meses, anos ou décadas? Que notário decidia a brevidade ou longevidade do tempo,  e em que livro aqueles limites eram anotados?

Há poucos dias falei com a Profa. Márcia Néri, docente substituta, num dos espaços da FACED. Sorridente, perguntou-me pelo Saci e confessou-me ser sua leitora e fã. Agradeci-lhe pela delicadeza e dirigi-me à sala de aula.

Mal pude acreditar quando li, hoje, o e-mail de uma colega informando o falecimento e convidando para a missa de 7º dia da morte da Profa. Márcia Néri. Os sons do bronze repicado jamais levariam tanto tempo para chegar ao seu destino… Mas nem por isso a notícia com atraso, e pela rede, fora menos impactante e dolorosa.

Em qualquer tempo, a notícia da morte de alguém com quem convivemos – muito ou pouco – continua a nos afligir. E, sobretudo, a nos lembrar sobre a nossa compulsória finitude.

Décadas depois de ouvir, quando adolescente, os dobrados fúnebres dos sinos da igreja matriz de Caetité, ainda me comove a notícia do passamento de alguém, principalmente dos que ainda tinham muito por realizar. Sonhos, planos, projetos bem sedimentados, esperanças de ver o país melhor para os seus filhos. Tudo perdido, brutalmente interrompido.

Saudade, Profa. Márcia!

Anúncios

12 Respostas to “– Saudade, Profa. Márcia Néri!”

  1. Anuska Andreia Says:

    Olá pessoal,

    Estou muito triste!

    Tive o prazer de ser aluna na graduação dessa ótima professora e colega na pós-graduação.

    Vai ficar pra sempre gravado em minha memória aquele lindo sorriso que ela tinha e a sua grande dedicação em ensinar.

    Saudades…

    Anuska Andréia

  2. Telma Says:

    Gente, estou chocada com a notícia, estivemos algumas vezes juntas em seleção para substituta na Faced, eu Jaqueline e ela. Chegamos a ensinar a mesma disciplina por um tempo no departamento I. Menandro, a vida é um sopro. Parabéns pelo belo texto.
    Telma Brito

  3. Menandro Ramos Says:

    Recebido por e-mail:
    ———————-

    Oi, Menandro.

    Que surpresa ruim. Fiquei pasmo agora, meu amigo.
    Nem mesmo sabia que a colega Márcia estivesse doente, muito menos que tivesse falecido.
    Meus sentimentos a todos que a tinham por querida. Fomos colegas como substitutos e no Mestrado em anos passados.
    Abraços a todos e que Deus conforte a família enlutada..

    Irenilson de Jesus Barbosa

  4. Mary Arapiraca Says:

    Obrigada, Menandro, pelo modo elegante e singelo de expressar sentimento de saudade, no que me incluo, pela partida inesperada da colega Márcia Néri, em pleno vigor de sua existência.

    Mary Arapiraca

  5. Ciclea Says:

    Olá,
    Fiquei muito triste agora com esta notícia.
    Alguém sabe explicar o motivo da morte? Claro que isso é totalmente irrelevante, mas temos a mania de querer saber de tudo e dos por quês.
    Fui aluna dela na graduação, em duas disciplinas.
    Ela era tão cheia de vida, de vigor, de garra…
    Que Deus a acomode em seus braços.

  6. Luiz Ganem Says:

    Meu Deus, acabo de receber essa triste noticia por um colega, Marcia. Marcinha. uma Grande Mestra uma Grande Amiga, que tristeza abate meu coração, uma Guerreira, Tive a Honra de ser seu aluno em Organização da Educação, meu filhote que amava muito ela fazia questão de ir a aula dela comigo esta super abatido, alias quem não esta!
    Mas uma certeza podemos ter que ela nasceu em outro lugar e recebe uma nova missão, pois nada acaba.
    Muito Respeito a sua Memoria.

    A Mestra com muito carinho!

    Luiz Ganem
    (Geografia-UFBa)

  7. Paulo Roberto Silva Lopes Says:

    estou bastante triste com a noticia, sou aluno e estou no meu 1° semestre e tive o prazer de ser aluno dessa grande profissional. Vamos sentir muita falta dela, falo em nome de toda a turma. meus sentimentos aos familiares e amigos.

    Paulo Roberto Silva Lopes
    História (ufba)

  8. Camila Says:

    Fiquei muito triste ao receber a notícia..
    Estou no terceiro ano e ela era minha professora.
    Só fico me lembrando toda hora dos momentos na aula dela!
    Muita saudade, muita tristeza.. Espero que, onde estiver, ela esteja bem!

  9. jessica ribeiro Says:

    Fiquei muito triste ao saber a noticia……
    Ao tão pouco tempo, que passamos juntos ela nos ensinou muitas coisas…
    Para sempre ela vai ficar guardada em nossos corações.A qui fica a nossa homenagem dos alunos do 3º ano do Rômulo Almeida..
    SAudades….

  10. marsitela Says:

    Obrigada professor Menandro e aos demais pelas manifestações de carinho e reconhecimento pela pessoa e profissional que foi minha irmã, professora Márcia Nery. Ela nos deixou fisicamente, mas sempre estará presente em nossos corações. Ela deixou sua marca, o exemplo. Que seus ensinamentos, sua garra, sua dedicação ao que fazia sejam sementes plantadas e que frutifiquem em abundância.
    Agradeço a vocês em nome de toda a família e principalmente de nossa mãe, a quem entregarei esta linda mensagem que vocês postaram. Rezem por ela, cada um a seu modo, pois sei que as vibrações positivas chegarão.
    Que DEUS nos conforte!
    Sinceramente

    Maristela Nery

  11. M@rkos Says:

    Com certeza ela era uma grande mestra. Eu que aprendi muito com essa grande prfissional.

  12. Paloma Alpim Says:

    realmelnte,péssima notícia nunca iremos nos esquecer de quem contribuiu para o crescimento das nossas vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: