– UFBA não faz ministro da Educação

 

Se por um lado o Saci ficou triste em não ver um ministro da Educação sair da UFBA, por outro, respirou aliviado em saber que UNINOVAS não vão brotar pelo Brasil afora, qual cogumelos. Pelo menos ele assim espera... (clique na arte para ampliá-la).

.
O Saci errou feio dessa vez. Não. Para dizer a verdade, ele acertou 50% e errou também 50%. Assim fica melhor, pois lhe fazemos justiça.
Pelos bons serviços prestados ao governo Lula por alguém das bandas da nossa (lá dele!)  reitoria, o pilantra de gorro vermelho e pito jurava que o futuro ministro da Educação saísse dos quadros da UFBA. Não saiu. Sabe lá Deus por quem os sinos dobram!…
Publico, abaixo, algo que recebi de uma lista que assino.
———————————————————
.
sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Haddad vai continuar no MEC. E daí?

Depois de longa espera e muita especulação a presidenta eleita Dilma Rousseff anunciou ontem à noite que Fernando Haddad permanecerá no comando do Ministério da Educação.

Sem contato com interlocutores que tenham participado do processo de escolha e, por outro lado, tendo apenas disponíveis as informações da mídia, não me aventuro a especular os motivos reais da permanência. A montagem de um governo é um jogo de xadrez, no qual pesam mais os interesses partidários, as coalizões, do que propriamente um minucioso balanço de gestão anterior, mesmo que um desempenho sofrível tira da disputa qualquer ministro.

Neste sentido o atual presidente, que durante oito anos teve três ministros na área da educação, não pode reclamar da gestão de Fernando Haddad. Tentando olhar pela ótica lulista, quais foram seus méritos?

1. Acelerou o processo de ampliação de vagas no ensino superior, tendo por base o Prouni e o Reuni. Conseguiu hegemonizar a área acadêmica, oferecendo concessões em troca de apoios ao seu modelo de expansão.

2. Conseguiu, mesmo com o vazamento da prova ano passado e as trapalhadas da prova deste ano, transformar o ENEM em vestibular nacional unificado. O que era uma marca do governo FHC se transformou em marca do governo Lula.

3. Com o FUNDEB em vigor conseguiu diminuir as tensões com estados e municípios.

4. Lançou o PDE sem saber direito o que era, mas foi dotando a marca de conteúdo e com o lançamento do IDEN emplacou um novo indicador, pautando a imprensa e as redes estaduais e municipais.

5. Realizou a Conferência Municipal de Educação e criou uma dinâmica de participação que impediu uma reação mais radical aos limites do projeto de novo Plano Nacional de Educação.

6. Foi sempre um ministro obediente publicamente ao chefe, virtude muito valorizada por Lula.

Os nomes que circularam nos bastidores para substituir Haddad, especialmente do carismático Chalita, também ajudaram na sua permanência.

Só saberemos o preço que Haddad teve que pagar em termos de concessões a bancada petista da educação, que não via sua permanência com bons olhos, no início de janeiro, quando o Diário Oficial começar a publicar as novas nomeações para os principais órgãos do MEC.

De qualquer forma, olhando pelo lado prático, os educadores já sabem o que esperar do MEC na nova gestão.

Postado por Luiz Araújo às 09:20  
————————————————————–

Para refrescar a memória do leitor, a semi-profecia do moleque travesso.
Para refrescar a memória do leitor, eis a semi-profecia
do moleque travesso.
Anúncios

2 Respostas to “– UFBA não faz ministro da Educação”

  1. obsuni Says:

    O vestibular 2011 ainda nao terminou, faltam as notas (demora absurda de 2 meses) e a classificacao pelo SISU (outro ponto fraco do sistema). Nada mais natural que essas bombas estourem nas maos de Haddad. Nao vai durar ate o fim do ano…

  2. osaciperere Says:

    Pardon. Je suis désolé!
    Excuse me. I’m sorry!
    Özür dilerim. Üzgünüm.
    Entschuldigung, es tut mir Leid
    對不起,請你原諒我
    Foi mal! Eu estou frustradíssimo!

    Melhor dizendo: SEMI!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: