– A companheira Roseana Sarney

 

 

Menandro Ramos
Prof. da FACED/UFBA

Não vi ninguém ainda que tenha conseguido ficar sem dar uma retumbante gargalhada ao ver a foto da governadora do Maranhão vestida com a camisa do PT. A notícia é inacreditável,  mas quem quiser ver para crer é só consultar os jornais ou revistas da atualidade ou utilizar os sites de busca da internet.

O Saci, que já não gosta de uma esculhambação, com o perdão da palavra, tão logo recebeu a notícia, foi à luta com presteza. Levantou algumas imagens para a ocasião e partiu para a edição do videozinho básico acima, por ele denominado de o curto de “Roseane”, não sei por que cargas d’água.

Pode até parecer uma grande lorota, mas a referida governadora ainda disse mais, ao receber o apoio do PT do Maranhão: “Vocês serão meus companheiros de luta!

Ontem, domingo, a filha de Sarney, que atulmente é do PMDB,  faturou o apoio do partido do presidente Lula à sua reeleição. Ela recebeu um manifesto com mais de 90 assinaturas de delegados que participaram do encontro do partido em março, em que os petistas reafirmaram “que o projeto nacional da legenda no Estado passa pela reeleição da peemedebista”. Como na nossa política ninguém dá ponto sem nó, aproveitaram o ensejo para reivindicar a vaga de vice-governador na chapa.

– Não foi à-toa, chefia,  que o presidente Lula tanto se empenhou para livrar, meses atrás,  a cabeça do autor de “Marimbondos de Fogo” do cutelo! – comentou o Saci com um quase orgulho cívico, segundo me pareceu, pela sua expressão. – O Maranhão agora – prosseguiu – está com tudo e não está prosa! De um lado, o danado do filho  Zequinha, uma das maiores lideranças do Partido Verde, agitando a galera do meio-ambiente; de outro, a sorridente governadora sacudindo o ambiente-inteiro da estrela vermelha!…

É verdade, pensei com meu eclair, já que minha bermuada não tinha sequer um botão para me ajudar a pensar. Foi-se o tempo em que o barbudo Lula insultava o bigodudo Sarney e seu unido clã.

E, distraidamente, cliquei no endereço que me levou ao texto abaixo, como que para me certificar a veracidade do discurso antigo do presidente Lula da Silva.  

Eu quando vejo na imprensa de São Paulo a pesquisa dizendo que a Roseana [Sarney] é uma governadora aceita pelo povo do Maranhão […] Aí eu fico imaginando por que que (sic) ela aparece bem nas pesquisas. Sabe por que? Porque a Globo é do pai dela! O SBT é de Lobão! Vocês vêem a televisão falando bem deles o tempo inteiro. É por isso que essa gente aparece na pesquisa. Porque passa o tempo inteiro, descaradamente, (grifo nosso) mentindo na televisão.

(Veja AQUI a imagem e o som do insulto).

Parece que aquele e outros tantos gestos e falas de alguns políticos brasileiros confirmam a mobilidade do mundo, como filosofava Heráclito, o Obscuro, por volta do século V a. C.

Tanto em Éfeso, na antiga Jônia,  quanto no Maranhão, neste Brasil varonil, o homem e a mulher jamais se banham duas vezes no mesmo rio.

Segundo o pândego do Saci, isso é muito bom para a natureza, pois, em certos casos, a água não suportaria acolhê-los… 

Anúncios

Uma resposta to “– A companheira Roseana Sarney”

  1. José Roque Mota Carvalho Says:

    Parabéns, Menandro. Mais uma denúncia do Saci. É a política de pai para filha. De ex-adversários para atuais coligados. É recebendo que se dá.
    Abraços.
    josé Roque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: