• Carta da Profa. Joaquina Leite

Caros colegas professores filiados à APUB

 Vocês acham que o sindicato da categoria profissional que tem a função de formar todos os profissionais de nível universitário pode confinar-se no individualismo, propugnando por um sindicato meramente corporativista, ou seja, preocupado apenas com a solução dos problemas da categoria, e sem nenhum compromisso com as lutas sociais e políticas da maioria esmagadora da população brasileira, que vive excluída do sistema econômico ou carente de alimentos, de educação, de lazer, de segurança, enfim, de DIGNIDADE?

E ainda que me permitisse pensar apenas na nossa categoria, será mesmo melhor fragmentar-se em diversos sindicatos locais, quando as nossa reivindicações são quase todas dirigidas ao Governo central posicionado em Brasília?

Não acho que o(a) ANDES seja um sindicato bem dirigido, mas melhor que abandoná-la, unir forças em prol de seu fortalecimento. Pior que o ANDES é o PROIFES, que tem-se revelado politicamente distante das grandes questões nacionais.

Essa história de que Sindicato tem que ser politicamente neutro, distante da gestão governamental, apático com relação à ação dos governantes é TENTATIVA DE NOS FAZER DE TOLOS. Dido isso, porque NÂO EXISTE neutralidade política, já que os neutros são aqueles que se alienam das questões políticas e, PORTANTO, ATUA NO SENTIDO DE MANTER A CLASSE DOMINANTE NO PODER.

 Tentemos exorcizar nossa APATIA POLITICA, Caros Colegas! Professor que se respeita tem que participar das lutas políticas imprescindíveis às transformações sociais reclamadas pelas classes de baixa ou nenhuma renda.

Necessariamente, uma parte de nossos alunos serão os dirigentes públicos, os juízes, desembargadores, deputados, senadores do futuro. Que tipo de atuação terão eles se lhes dermos exemplos de egoísmo, individualismo, descompromisso social, alienação política?

 QUER QUEIRAMOS, QUER NÃO, A NOSSA PROFISSÃO POSSUI UMA DIMENSÃO PEDAGÓGICA DA QUAL NÃO PODEMOS FUGIR, SOB PENA DE SERMOS CONDENADOS PELA HISTÓRIA.

Um fraternal abraço de Joaquina.

——————————————————-

 obs.: SE ESTA CARTA NÃO FOR VEICULADA AMANHÁ BEM CEDO, SOB QUALQUER PRETEXTO, TOMAREI AS MEDIDAS UJUDICIAIS NECESSÁRIAS. PERDÕEM-ME ESTA ADVERTÊNCIA, MAS ELA DERIVA DA FALTA DE VEICULAÇÃO DE MINHA CARTA ANTERIOR.

Anúncios

Uma resposta to “• Carta da Profa. Joaquina Leite”

  1. Ramanita Mayer Varela Says:

    Joaquina tem toda a razão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: