¤ Você nem falou de mim!

Mary Arapiraca 

Aos sete dias de agosto de dois mil e dez, ele faz cinco anos. Não há nada como o tempo para passar, ensina o poeta.[1]

Foi quase ontem, no tempo da memória, aquele instante do positivo à segunda gravidez de Carol. Fiquei contente, ma non troppo, prevendo mais uma descontinuidade em seu arrastado curso universitário. Milena[2] ainda bebê, e mais um chegando. Fazer o quê? Cantar, Né! Igual a Vandré, eu vou levando a minha vida enfim, cantando, e canto sim.[3] E foi cantando que acolhi esse moleque. E o quê? Nada menos que “Força estranha” de Cae Veloso. Eu vi a mulher preparando, outra pessoa, o tempo parou pra eu olhar para aquela barriga… Com essa mesma melodia eu embalava Ciro em meu ventre e Licinha sua Nanda, só para citar uns poucos exemplos do valor da canção. Mas deixemos esses prolegômenos pra lá, e voltemos ao rapaz.

Trata-se de Luan Gabriel[4] Arapiraca Barbosa. Confesso, até meio acanhada, que ele é bonito aos meus olhos, além de interessante, arteiro e sedutor – Jairão que o diga! Birrento, também, preciso isso revelar para ser uma vó politicamente correta. Gosta de carro, reconhece uma boa parcela deles, desde os dois anos, lê todos os anúncios e nomes das casas comerciais, não pela composição alfabética, mas pelo formato/desenho, é claro. É entoado e canta comigo e Mimi boa parte das músicas que gostamos. Ocorre que ainda não lê e escreve alfabeticamente, como acontece com sua irmã, que fez seis anos em março. E as cenas de letramento da danadinha vêm preenchendo minha atenção.

E foi aí que a coisa pegou, quando almoçávamos e Menandro me telefona. Os dois correm para atendê-lo, mas Mila chega primeiro, e repete o elogio do meu amigo: “que voz linda você tem”!  

Atendo, e o elogio se estende: – Mary, eu vou levar a câmara para fazermos uma gravação com sua neta, quanta sonoridade!

Ao invés de concordar apenas, comecei a desfiar todos os progressos que a menina vem apresentando na leitura e na escrita. Contei que quando viajei, um caderno foi o seu pedido de presente e, como se não bastasse, revela-me que ama escrever. E, naquela corujice, pedi um tempo a Mena para, mais que contente, apanhar o tal caderno e, efusivamente, apresentar-lhe a façanha de Milena que, tomando o livro “Contos de morte morrida” de Ernani Ssó, da Companhia das Letrinhas, que a família de Nadia lhe dera de aniversário, fez seus acréscimos:

 CONTOS DE MORTE MORRIDA

NÃO PODE MATA

NÃO PODE SE NÃO

A FAMILHA VAI FICAR

TRICHI – PESSOA!

Comentamos os sentidos e recursos ortográficos utilizados naquela composição textual e, com isso,  nos divertimos à vontade. Depois que desliguei o telefone, veio o mais dolente protesto que escutei em toda a minha vida:

VOCÊ NEM FALOU DE MIM!

Eu havia rasgado elogios à neta e o neto ouvira tudo atentamente. O mundo gira, o tempo passa, os gostos mudam, os costumes envelhecem, mas, o desejo de aprovação pelo adulto permanece, para sempre.

Com seus cinco aninhos, Binho demonstra isso para nós, educadores de carteirinha!

Parabéns, querido!


[1] MORAES, Vinicius. O dia da criação. In: Poesia e prosa completa. Editora Nova Aguilar, Rio de Janeiro, 1966, p.223.

[2] Milena é minha neta e gosta de ser chama de Mila e Mimi.

[3] Porta estandarte – Geraldo Vandré.

[4] Luan é meu neto, que por vezes é apelidado de Binho.

Anúncios

2 Respostas to “¤ Você nem falou de mim!”

  1. ELDA TRAMM Says:

    excelente conto. Parabéns Mary. Me identifiquei no mesmo papel de Vó de João Vitor e Beatriz. Ele, o mais novo. Obrigada colega Mary. Somos e seremos sempre Educadoras. Um gde abraço

  2. Menandro Ramos Says:

    Amigo não vale testemunhar, pois é sempre suspeito, mas essa minha amiga só não é perfeita porque ainda acredita em certos políticos e em certas candidatas, segundo me segredou, de forma pândega, o Saci. E eu concordo com ele… Mas, fazer o quê, né?

    Viva a diferença!

    E VIVA LUAN GABRIEL!

    Nesta data querida e sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: