Archive for março \13\UTC 2011

Humor Lúgubre

março 13, 2011

 

Para o Saci, de acordo com as últimas informações que teve, se Rembrandt fosse aluno das escolas que receberam recursos do Reuni, certamente não teria pintado a tela acima (clique na arte para visualizá-la melhor).

 

Um leitor OVNI (Ouvi e Vi, mas Não me Identifique, segundo o arreliento Saci), encaminhou para este Blog uma sugestão – um tanto insólita, é verdade! – a ser dada aos timoneiros plantonistas da Educação brasileira.

 Segundo o dito cujo, na falta de cadáveres para as aulas de anatomia dos estudantes do Estado do Rio de Janeiro, e quiçá de todo o país, talvez fosse producente que os acadêmicos se debruçassem sobre o cadáver do Reuni. De acordo com o referido leitor OVNI, talvez os estudantes, perscrutando ventrículos e istmos reformados, passem a compreender melhor as ligações e dutos entre a Reforma Universitária do governo anterior, tratorada de cima para baixo, e a expansão do capital financeiro internacional, que recorre aos países emergentes para saciar um pouco a sua voracidade pela acumulação.

Mesmo que não saiam bons médicos ou bons profissionais da área de saúde, segundo ainda o leitor OVNI, certamente sairão experts em prestidigitação, ou nos segredos da arte ilusionista. Como corolário, talvez não sejam mais  iludidos politicamente num futuro distante. E não queiram também iludir outrem. Talvez!…

(Leia mais sobre o assunto. Clique AQUI).

Foi preciso uma viagem no tempo para o Saci e o Pica-Pau compreenderem o quanto o Reuni precarizou as condições de trabalho dos docente das Instituições Federais de Ensino Superior.

A MUDANÇA DO GARCIA NÃO É A MESMA…

março 10, 2011

 

De acordo com um e-mail recebido por este Blog, a Mudança do Garcia já não tem a mesma pujança de antigamente. Muitos dos “revolucionários” que propunham, em outros Carnavais, críticas mais duras ao governo, ao sistema e à política perversa estão no poder e não mais se interessam pelo questionamento em favor do social, pois agora colhem os frutos “vantajosos” de uma militância mercenária, voltada para o próprio umbigo.

É uma pena, mas temos que reconhecer que uma parte da geração de 1968 está perdida. Tornou-se light, flexibilizou-se, salvo honrosas exceções. Agora, ou é o sangue novo para mudar o cenário político-econômico ou a barbárie… O espetaculoso Carnaval da Bahia é um grande trunfo da “Internacional Capitalista”. Há mais de três décadas, Caetano já cantava a pedra: “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”.

De qualquer forma, talvez os defuntos possam ver melhor o quanto os artistas e suas artes maravilhosas têm contribuído para fortalecer e naturalizar a exploração do capital sobre o trabalho…

Confira um trecho do e-mail de um leitor:

[…] Ontem fui na Mudança do Garcia, mas não há mais aquela história da critica social, até porque os que saem lá, em sua maioria constituem a base do governo atual, como os trabalhadores vinculados a CUT e a CTB.

Assim, as críticas são bem superficiais e não há mais lirismo nas mesmas. A Conlutas, ou melhor, a CSP-Conlutas ainda é incipiente e não está organizada para compor uma ala de peso por lá. Como está, acabaria sendo engolida pelos governistas de plantão que se travestem de críticos. Não há denúncias, no momento. Duas alas, bem pequenas estavam por lá, o PSTU (só com bandeiras do partido) e o PSOL, com alguns dizeres em placas pequenas, sobre a questão da mulher e do ambiente, se bem observei. O debate na UFBA e a nossa reorganização da seção sindical do ANDES-SN por lá é crucial para podermos somar mais força a resistência e a luta dos trabalhadores, no caso, dos trabalhadores em educação. […]

Leia também o Camarote Universitário.