Proifes: linha direta com o MEC

.

linha direta 2015.

H.

.

á momentos que tenho vontade de mandar o Saci para aquele lugar. Enquanto eu tentava falar com os correspondentes deste Blog em Brasília, principalmente depois de saber de um incidente em que a polícia andou arrastando um estudante pelos cabelos, quando o mesmo tentava fazer um apelo artístico ao MEC, valendo-se de uma lata de spray, eis que vem o abusado torrar-me a paciência:

– Cês do ANDES-SN estão desprestigiados mesmo! Enquanto uma quantidade enorme de professores tenta heroicamente falar alguns minutinhos com o secretário do secretário do secretário do MEC, a Proifes governista recebe os informes de mão beijada e por meio de uma linha direta…

Tentei dar-lhe  um safanão, mas o pilantra, ágil feito uma pulga, saltou fora deixando-me rodopiar no vazio. Por pouco não me estabaquei no chão.

Só depois de algum tempo que fui perceber que o sacripanta fizera aquela patacoada toda por conta do e-mail da diretoria da APUB enviado para os professores da UFBA. Sentindo-se toda íntima dos subterrâneos do Palácio do Planalto…

***********

Governo responde ao Proifes reafirmando índices e prazos, mas propondo discussão sobre carreira

A Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SRT/MPOG) apresentou nesta sexta-feira (28) nova proposta do governo para os professores federais (leia ofício aqui). O documento reafirma a proposta anterior no que tange aos percentuais de reajuste de 5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em 2019, totalizando 21,3% nos quatro anos. Esta proposta de prazos e índices já havia sido rejeitada pelo Conselho Deliberativo (CD) da Federação, por indicação dos sindicatos federados.

Uma novidade na proposta foi a formalização de reajuste nos benefícios, sendo que o governo propôs, agora de forma oficial, reajustes para o auxílio alimentação que passaria dos atuais R$ 373,00 para R$ 458,00; para assistência saúde (o valor atual per capita médio passaria  de 117,78 para R$ 145,00) e assistência pré-escolar (o valor atual per capta passa de R$ 73,07 para R$ 321,00). Porém, no documento, o governo não sinalizou a data destes reajustes, ainda que em reuniões anteriores tenha falado em 01/01/2016.

Finalmente, no documento o governo propõe a criação de um Comitê Provisório para debater proposta de reestruturação das Carreiras de Magistério Superior (MS) e de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT), a ser integrado pelo MPOG, MEC e entidades representativas dos docentes, sob a coordenação do MEC. Contudo, o governo não avançou explicitamente a aceitação de nenhum dos princípios propostos pelo PROIFES-Federação para esta restauração nem a data em que esta reestruturação entraria em vigor. O ponto positivo da proposta é que o governo propõe que a reestruturação parta da lógica estabelecida no Termo de Acordo 01/2012, firmado entre a entidade e o Governo, no que tange à estrutura das carreiras, o que pode permitir um avanço agora para que se alcance a proposta da Federação, como apresentado nos últimos meses.

O Governo ainda convocou o PROIFES-Federação para reunião da Mesa Setorial dos Docentes no dia 31, às 14h, no MPOG, em que espera receber da entidade manifestação sobre esta proposta.

O PROIFES-Federação nesta reunião apresentará ao governo sua disposição de negociar, nos parâmetros aprovados na reunião do CD da entidade, realizada em 14 do corrente, a saber:

1. Que o eventual acordo seja firmado para o período máximo dois anos.

2. Que anualmente o reajuste não seja inferior aos índices da inflação.

3. Que nesse período do eventual acordo seja iniciada a reestruturação das Carreiras.

4. Que no máximo até o segundo ano do eventual acordo (2017) seja negociada a fase final da reestruturação das Carreiras, conforme a proposta do PROIFES-Federação, aprovada no X Encontro Nacional, em 2014.

5. Reafirmar que esse eventual acordo só seja assinado pelo PROIFES-Federação após consulta nacional aos docentes.

Ainda foi convocada reunião de uma Mesa Geral dos servidores federais para o mesmo dia, às 10h, em que o governo abordará a mesma proposta que já apresentara à CONDSEF (leia ofício aqui).

.

Anúncios

Uma resposta to “Proifes: linha direta com o MEC”

  1. altino Says:

    O REI TÁ NÚ!
    caiu a máscara! Em todo esse tempo que esta-se em greve o MEC “…andou para o proifes”.
    Em decorrência da exitosa ação do ANDES-SN e dos SPFs nos dias 27 e 28/8, que arrancou reuniões com MPOG e MEC, ficava muito feio não fazer um agrado aos pelegos.
    Daí a repetição do mesmo e os convites para que não fiquem tristinhos e possam se justificar com as cúpulas (não têm base mas seguidores!).
    Essencial perguntar e sugerir charge ao Saci:
    onde estavam escondidos (embaixo de camas?) os pelegos enquanto professores, estudantes, técnicos-administrativos e trabalhadores de outras categorias enfrentavam o aparato bélico das polícias em Brasilia na quinta e sexta?
    Onde será que estavam……?????
    Como de praxe vão agora se apropriar do exito dos outros para continuarem a profícua tarefa de linha auxiliar governista!
    Atenção, atenção antes que assinem qualquer bagulho como ocorrido em 2012 e que agora querem consertar!
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: