Archive for dezembro \31\+00:00 2015

Feliz Virada!

dezembro 31, 2015
Menandro Ramos
MM.
.
esmo que os “indicadores econômicos” não sejam nada alvissareiros, já aprendemos com a Globo que “Esse Ano, quero Paz no meu coração”.
Ainda que a APUB proificista esteja atravessada na garganta dos docentes progressistas, ainda que as contas da UFBA não tenham sido liquidadas, ainda que partidos se travistam de esquerda para surrupiar direitos dos trabalhadores…
Ainda que pessimistas no intelecto, o Saci, o Pica-Pau, a Vaca Tatá e este que vos escrevinha –  somos otimista na AÇÃO!
E é com otimismo que lhe desejamos um:
.

image

O Rio continua lindo!

dezembro 31, 2015

image

image

Exterminador do Futuro

dezembro 27, 2015

.

exterminador 2015

Houve quem dissesse que a indumentária de “Exterminador do Futuro” casa melhor com o perfil do governador da Bahia do que a do Zorro…

As marcas de Zui

dezembro 27, 2015

.

Rui 2015.

H

.

á quem veja o governador da Bahia como um herói justiceiro, que em pouco tempo de governo deixou suas marcas: quer na Vila Moisés, quer na Ponta da Tulha, em Ilhéus, ou no encaminhamento de projetos em benefício da Educação, da Saúde ou da carreira do funcionalismo público estadual. A marca do Zui está por toda parte. Da capital do estado aos mais longínquos rincões baianos!

Mas, justiça seja feita, o governador Zui Costa não está só. Inúmeros parlamentares de partidos diversos têm dado suas valiosas contribuições para marcar com Z as realizações do laborioso governo.

Recebemos e passamos adiante:

Sob intenso protesto dos servidores públicos do estado, a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou, em segundo turno, nesta quarta-feira (23), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 148/2015 e o Projeto de Lei 21.660/2015, que retiram dos funcionários públicos estaduais o direito à licença prêmio e aumenta o tempo limite para que funcionalismo consiga a estabilidade no cargo ocupado. A PEC foi aprovada por 39 votos a 16.

Apesar de a sessão do dia ter sido aberta às 10h da manhã, a votação da proposta ocorreu no início da tarde, após intervalo. Durante o processo de apreciação, os servidores vaiaram os parlamentares que fizeram discursos em prol do pacote de maldades proposto pelo governador Rui Costa (PT) e também os que votaram a favor da medida. Houve gritos, apitasso e cantos de protesto. Em recado ao Partido dos Trabalhadores (PT) os servidores cantaram: “você pagou com traição a quem sempre te deu a mão”, classificando como traidores os deputados da bancada governista.

Entretanto, devido à luta dos trabalhadores, foi suprimido o primeiro artigo da emenda, que limitava o salário de férias dos servidores em até um terço do vencimento total. Permanecem as atuais regras vigentes no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Já a licença prêmio foi extinta. Os novos concursados que tomarem posse a partir de 2016 não terão direito ao benefício. Como regra de transição, ficou estabelecido que os servidores do quadro, que tem licença prêmio acumulada, terão até a aposentadoria para usufruto. E as próximas licenças adquiridas a partir de agora, para esses servidores, terão que ser usufruídas no prazo de cinco anos, contados a partir do direito adquirido.

Para o coordenador geral do Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia (SINTAJ), Antônio Jair a aprovação da PEC 148 terá uma repercussão muito negativa e ele não descarta a possibilidade de haver consequências políticas. “A PEC e o PL 21.660 tem um resultado prejudicial para toda a categoria do funcionalismo público. Ela cria dificuldade para a aquisição da estabilidade econômica. Os servidores representam não só os seus votos diretos, mas também os de suas famílias e em virtude de tudo o que vem ocorrendo acredito que teremos mudanças nas próximas eleições”, afirmou.

Deputados que votaram contra os Servidores Públicos do Estado da Bahia

Aderbal Caldas – P
Adolfo Menezes – PSD
Alan Castro – PTN
Alex da Piatã – PMDB
Alex Lima – PTN
Ângela Sousa – PSD
Ângelo Coronel – PSD
Antônio Henrique Júnior – PP
Bira Corôa – PT
Bobô – PC do B
Carlos Ubaldino – PSD
Eduardo Sales – PP
Euclides Fernandes – PDT
Fabíola Mansur – PSB
Fabrício Falcão – PC do B
Fátima Nunes – PT
Gika Lopes- PT
Ivana Bastos – PSD
Joseildo Ramos – PT
Jurandy Oliveira – PRP
Luiz Augusto – PP
Luiza Maia – PT
Manassés – PSB
Marcelino Galo – PT
Maria Del Carmen – PT
Marquinho Viana – PV
Nelson Leal – PSL
Neusa Cadore – PT
Pastor Sargento Isidório – PSC
Paulo Câmera – PDT
Paulo Rangel – PT
Reinaldo Braga – PR
Robério Oliveira – PSD
Roberto Carlos – PDT
Rogério Andrade – PSD
Rosemberg Pinto – PT
Zé Neto – PT
Zé Raimundo – PT
Zó – PC do B

————————-
Em 23/12/15

 

Traição 2015

Releituras bíblicas

dezembro 26, 2015

.

Presépio 2015

Há quem diga que, para o menino-deus, depois das voltas que o mundo deu, que morrer na cruz pareceu ser fichinha…

.

Cálice 2015.

H.

.

á quem diga que o “coxinha” que perturbou Chico, não sabia das suas letras engajadas que lavaram a alma da esquerda contra a ditadura militar dos anos de chumbo. Há até quem diga que o tal coxinha nem sabia o significado de “engajamento”…

Natal

dezembro 26, 2015

.

saco.jpg

Vai passar

dezembro 24, 2015

.

O Grande Chico.

O.

.

fato de Chico defender o partido de Lula, velho companheiro de peladas, não justifica a “encheção” de saco de coxinhas. Se Chico tem um AP em Paris, FHC também tem. Sendo que Chico faz shows e grava discos, portanto, supõe-se faturar o suficiente para adquirir imóveis onde bem entender. Apesar de ser uma cantor de “música popular”, a entrada para seus espetáculos nada tem de preços populares. O real guarda lá suas contradições. Entretanto, não se tem notícias que foi bancado por algum instituição financeira ou empreiteira para ser um dos preferidos da “esquerda”. Ninguém pode negar o seu talento como compositor, independente de ter aproximações com o PT, independente de ter tido uma irmã ministra do partido do governo. Se erra em acreditar ainda no PT, isso não o desmerece. Afinal, o grande Chico não tem que acertar sempre!…

Natal é amor

dezembro 21, 2015

1 natal 1

Converse com sua avó, sugere o Saci, sobre o sentido do Natal, mas ouça também a opinião de um gerente de uma loja de departamentos multinacional. Depois conclua por si próprio o que é mesmo o Natal…

1 natal 2

É Natal! Luzes coloridas por todos os cantos, músicas celestiais. É o plim-plim anunciando o show azul de RC, aquele mesmo que insiste em ter um milhão de amigos pagantes das suas milionárias apresentações – bancadas uma parte pela “solidariedade” das multinacionais… Paz, amor e amizade de amigos secretos milionários como Neymar… Ah! Se o menino da manjedoura – tão pobrezinho, coitadinho! – pudesse ver toda essa belezura construída em seu nome…

Noite Feliz! Noite Feliz! Pobrezinho nasceu em Belém… Dorme em Paz, Oh! Jesus! Dorme em Paz, Oh! Jesus!

Ajuste

dezembro 21, 2015

.

troca ministros.

H.

.

á quem diga que o pedido impeachment da presidente Dilma, justo ou não, de alguma forma serviu para algo. Produziu o seu primeiro fruto. E quem sabe outros virão… Parece que as manifestações de rua contribuiram  – quem tem faixa a perder tem medo! -, para a queda do banqueiro Joaquim Levy e, consequentemente, para a diminuição da profundidade da facada enfiada pelo bem do ajuste fiscal e em benefício do pagamento dos juros da dívida… Réquiem para Levy, pois. Requiem aeternam.

Por falar em ministro, uma coisa que constitui um verdadeiro mistério para o Saci é o fato de entrar e sair ministro nos governos petistas e nunca alguém dos movimentos sociais ser lembrado para comandar as pastas da Fazenda ou do Planejamento, a exemplo de João Paulo Stédile, velho apoiador do governo petista. E não é por falta de formação acadêmica na área, pois, como se sabe, o lider do MST é economista de carteirinha e diplomado em universidade do exterior…

Fica a pergunta para o Partido dos Trabalhadores, supostamente do lado oposto ao capital:

O que um banqueiro tem que um lider de um movimento social despossui?

 

Pleonasmo

dezembro 18, 2015

.

apub em defesa do governo

Há quem diga que é um pleonasmo dizer que a APUB esteve nas ruas defendendo o governo…

.