Intelectuais orgânicos

.

Sinapses 2015.

H.

.

á quem diga que não está fácil para a “intelligentsia” do governo convencer as massas que os petistas são melhores do que os tucanos, uma vez que se esgotaram totalmente os argumentos de que o PT é menos pró-capital do que o PSDB. Dificilmente quem teve seus direitos surrupiados pelo governo – como a MP 665, só para lembrar uma medida do pacote de maldade contra o trabalhador, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, que restringe o acesso a direitos trabalhistas como o seguro-desemprego, o abono salarial e o seguro defeso – vai ter ânimo para empunhar a bandeira governista. Talvez até docentes pouco críticos de universidade federais caiam no papo dos intelectuais orgânico, assumidos ou não, a serviço da ordem burguesa… Talvez! Mas quem sentiu na pele o blefe das promessas de campanha, e a verdadeira face governista após o resultados das urnas, dificilmente esquecerá do estelionato eleitoral sofrido, conforme pondera o Saci.

Agora, talvez, tenha ficado claro o enfrentamento da presidente Dilma ao ministro e banqueiro Joaquim Levy, no que diz respeito a diminuir a facada do ajuste fiscal para pagar os juros da dívida. Se faltasse dinheiro para o Bolsa Família, certamente, a massa de beneficiados se insurgiria contra a executiva federal, ameaçada de impeachment – de maneira justa ou injusta, não se entra aqui no mérito – e aí, bau-bau apoio nas ruas. De forma calculada ou não, o certo é que a presidente Dilma acabou contrariando, pela primeira vez, o todo poderoso titular do Ministério Fazenda.

.

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: