Supremas Trapalhadas Federais

.

cap-p

.

ara o Saci, a mente humana, de um modo geral, é libertária por natureza. E esperançosa. Prenda o indivíduo; amarre suas mãos e seus pés; amordace-o. Ainda assim, ele sonha com a liberdade e trama permanentemente libertar-se do cativeiro em que se encontra. Quando o caminhar imediato é impedido pelas correntes, ele se consola em vestir o pensamento de palavras venturosas: “Não há males eternos“,  “A aurora rasgará o breu da noite“, “Dias de pouco, véspera de muito“, “Banana passa, ameixa passa, uva passa, tudo passa” e assim por diante.

Parece que o Saci está com a razão. Talvez essas coisas todas que menciona não passem de pílulas anti-desespero fabricadas pela mente humana para dar curso a uma luta infinda, sem a qual “ninguém segura esse rojão” como já cantava Chico nos tempos em que as togas ainda não faziam o papel das botas…

 

cartao-vermelho-16.

diamantes-16.ENQUANTO-ISSO

conterraneos-16.

arvore-16.

Depois da Lava-Jato, segundo o Saci, qualquer criancinha de colo já sabe que comprar toneladas de joia para lavar dinheiro passa a ser uma operação extremamente arriscada, uma vez que somados os dedos dos pés e das mão e mais o pescoço, o colo, a cabeça e os membros do adquirente, ainda sobram muitas peças que o corpo não dá conta de abrigar. De acordo com o pestinha de gorro vermelho e pito, no caso da ex-primeira dama carioca, ainda lhe resta a possibilidade de armar uma bela árvore de natal na prisão, antes que a bela fortuna seja encaminhada para seus devidos estojos…

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: