Previdência ou imprevidência docente?

.

funprev-16

.

cap-u-14.

m professor da UFBA indagou numa lista de discussão dos docentes: A adesão ao FUNPRESP é chumbo grosso ou fino? Imediatamente veio a resposta de uma docente: Professores: Antes da adesão ao FUNPRESP, importantíssimo estudar a cartilha elaborada pelo ANDES-SN que explicita o fundo especulativo sem qualquer garantia… Uma verdadeira roleta russa!!
De fato, é uma roleta russa, que é um dos muitos legados de FHC/Lula contra os trabalhadores. Há quem diga que Temer, do PMDM vai se empenhar para supera o saco de maldades dos tucanos e dos estrelados.

Depois ainda perguntam o porquê de os trabalhadores não irem em massa para as ruas defender o governo recém defenestrado do Palácio do Planalto pelo presidente biônico…

A publição do ANDES-SN é bastante esclarecedora:

.

O ANDES-SN editou, em 2011, a cartilha “A Previdência e os Docentes das Instituições Públicas”, na qual pauta: os princípios sobre seguridade e previdência social defendidos pelo Sindicato Nacional; os regimes de previdência no Brasil (vigentes à época); direitos de aposentadoria dos docentes do ensino público; a contrarreforma da previdência iniciada no governo FHC e sua continuidade e implementação no governo Lula da Silva; a história da luta pela previdência social pública; as perdas de direitos a partir da edição das várias emendas constitucionais; as modalidades de aposentadoria de acordo com a situação dos docentes, finalizando com as ameaças de regulamentação, em 2012, de uma previdência complementar para os servidores públicos, prevista na Emenda à Constituição nº 20/1998, do governo FHC. Confra a íntegra da Cartilha sobre o FUNPREV.

.

 


%d blogueiros gostam disto: