A APUB foi omissa com o Prof. Pedral

.

comunicado-apub

.

N.

.

uma roda de conversa de professores da UFBA, o Comunicado da Assessoria da APUB veio à tona. Bom que a APUB se manifestasse contra eventuais condutas abusivas da UFBA e em favor dos docentes. Afinal, é essa a razão de ser dos sindicatos: defender o trabalhador contra os abusos do patrão.

Mas aí é que veio a dúvida. Por que seria que a APUB ficou omissa, tempos atrás, diante da exoneração do Prof. André Pedral, da Escola Politécnica? Por que o docente teve que buscar, por conta própria, a Justiça para reparar o que sofrera? Aliás, sem a sua disposição para a luta, não teria havido a sua reintegração aos quadros da Universidade.

Aí surgiram os palpites. O que me pareceu mais plausível de todos foi o que apostou que a omissão da entidade sindical ocorreu por conta do Prof. Pedral não pertencer à tchurma de um professor da Polítécnica que, coincidentemente, era também da diretoria da APUB.

Ou seja, o nexo causal, segundo o Saci, foi físico-matemático: dois pesos e duas medidas. Em outras palavras, aos amigos tudo; aos desafetos, a indiferença. Quando não a perseguição…

De repente, alguém pediu mais uma rodada de pinga com limão para brindar a vitória do colega. Tim-tim.

 

—————–

Leia também: Justiça reintegra Prof. André Pedral à UFBA.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: