Assembleia da APUB esvaziada, mas produtiva

Car@s,

Uma inconveniente gripe  – alguns a batizaram de EBSERH -, me impediu de participar da última Assembleia da APUB, mas pelo relato do Prof. Henrique Saldanha, da FAMED, foi muito produtiva.

Sabe-se que a atual diretoria se elegeu com uma margem mínima de votos. Sabe-se, ainda, que sua base de apoio prefere “Assembleias Virtuais”. Sair do conforto dos gabinetes é uma dureza!…

Assim, se a APUB Oposição Sindical for paciente e determinada, “vai poder encurvar a vara direitinho”, nas palavras piedosoas do meu amigo de gorro vermelho e pito.

O destaque maior da movimentação política, a meu ver, foi a aprovação da incorporação da APUB à Marcha a Brasília no dia 24 deste mês.
– Os governistas estão mordendo os próprios punhos – ponderou a doce amiga Vaca Tatá.

Outra boa sacada foi a nota de repúdio ao PROIFES por interpelar judicialmente o Prof. Ricardo Antunes, da UNICAMP. Devagar, bem devagarinho, como diz o samba de Martinho da Vila, pode-se construir uma outra APUB. E bem melho do que essa que aí está!…

Abaixo, o Relato do Prof. Henrique Saldanha.

Saudações universitárias e sindicais,

Menandro Ramos
FACED/UFBA

—————————————

Pessoal,   Estou fazendo um breve relato da assembleia da APUB de ontem, me comprometo  em atá amanhã fazer um relato maior. Faço esse apenas porque existem  questões organizativas que precisam ser publicizadas com máxima urgência.   Foi uma boa assemleia apesar do número de 32 docentes presentes, claramente  esvaziada por conta da convocação feita nas férias após dois semestres  muito difíceis.   Como vou fazer repasses mais profundos vou listar apenas os encaminhamentos  gerais que foram aprovados:  

1) A assembleia se posiciona contra a FUNPRESP, indicando que a luta contra  a FUNPRESP deve ser parte da luta pela revogação da reforma da previdência;  

2) A assembleia se posiciona pela reabertura das negociações com o MEC em  torno da pauta da carreira;  

3) A APUB deve realizar em maio um seminario sobre reforma da previdência  com presença do ANDES-SN e do PROIFES;  

4) A APUB deve realizar assembleia em Maio, após o inicio do semestre.  Encaminhamos a data do dia 22/05 que não foi votada, mas a presidente do  sindicato se comprometeu publicamente em cumprir;  

5) A assembleia aprova a realização de uma ampla campanha pela fixação das  8horas mínimas de CH em sala de aula, somado a luta por abertura de novos  concursos para docentes e regulamentação do número máximo de alunos por  sala de aula obedecendo as especificidades de cada curso/área.  

6) A assembleia decidiu que a APUB se incorpora a marcha a Brasília do dia  24/04 e como medidas concretas deve:  – Divulgar a marcha no site do sindicato;  – Convocar uma reunião preparatória da marcha, convidando servidores e  estudantes;  – Financiar a ida de docentes que tenham interesse em ir a marcha;   Para garantir os encaminhamentos da ida a marcha, estou reunindo nomes para  encaminhar a APUB. Quero levar o máximo possível amanhã, mas não existe  prazo. Por uma questão de garantir a compra das passagens dos nomes que  temos, acho prudente levar logo amanhã os nomes que já temos.   Os docentes que quiserem ir pode me enviar email (jhsaldanha@gmail.com) que  estou centralizando essa tarefa para encaminhar para APUB.  

7) A assembleia votou uma moção de repúdio ao PROIFES, que segue abaixo:  

*MOÇÃO DE REPÚDIO*

 Os docentes da Universidade Federal da Bahia, reunidos em Assembleia do dia  17 de abril de 2013, repudiam veementemente a postura do PROIFES (Federação  de Sindicatos de Professor e Professoras de Instituições Federais de Ensino  Superior) em interpelar o professor Ricardo Antunes judicialmente como  forma de opor-se às suas declarações no Programa Roda Viva da TV Cultura,  exibido no dia 3 de setembro de 2012. Entendemos que esta medida  corresponde a uma pratica sindical autoritária e atentatória dos princípios  democráticos de direito, semelhante à pratica pela então diretoria da APUB  contra membros do Comando Local de Greve e da Comissão Provisória de  Transição no movimento reivindicatório do ano passado. 

Infelizmente, a nota sobre a assembleia no site da APUB distorce a votação  sobre a marcha dizendo que essa votação foi realizada “ao final da  assembleia” e não fala sobre a moção de repúdio que foi votada. O que é  muito ruim, pois já vivemos isso ano passado durante a greve e sabemos  quais as consequencias práticas disso para o movimento docente.   Esses foram os encaminhamentos centrais da assembleia. Até amanhã faço um  repasse maior.  

Atenciosamente,  

Henrique Saldanha   DMPS-UFBA  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: