Atabaques para o Magnífico

.

F.

.oi muito bonita a cerimônia de posse no novo reitor da UFBA, o Prof. João Carlos Salles. O Salão Nobre da Reitoria foi pequeno para abrigar tantos que queriam ver e ouvir o magnífico empossado. O “UFBA em Pauta” registrou o clima de celebração:

.

A comunidade acadêmica, representantes de vários segmentos da sociedade, parlamentares e autoridades políticas lotaram o Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia, no começo da noite desta segunda-feira (08/09), para assistir a Cerimônia de Transmissão do cargo de Reitor da UFBA ao professor João Carlos Salles Pires da Silva, nomeado pela Presidente da República, Dilma Rousseff e já empossado pelo Ministro da Educação, José Henrique Paim, no último dia 21/08, em Brasília.

Num verdadeiro clima de celebração, os presentes participaram ativamente da solenidade, cantando com emoção o Hino Nacional, aplaudindo e saudando a entrada do cortejo reitoral, composto pelos Reitores João Carlos Salles, Dora Leal Rosa, Roberto Santos e Eliane Azevedo, as apresentações dos novos pró-reitores e as palavras proferidas nos discursos da Reitora Dora Leal e do novo Reitor João Carlos.

Alguns dos presentes, entretanto, sentiram falta de um ou uma representante do Candomblé, já que esteve na composição da mesa, representando a Igreja Católica, o  arcebispo de Salvador, dom Murilo Krieger. A ausência de uma Mãe ou de um Pai de Santo, foi considerada uma falha do cerimonial, uma vez que, mesmo sendo leigo o Estado brasileiro, ainda assim, a UFBA tem mantido, de forma acertada, laços estreitos com a matriz cultural africana. De toda forma, houve quem considerasse a saudação dos atabaques uma bela maneira de reverenciar a cultura afro-baiana.

.

.

O Saci, que o tempo inteiro esteve escondido atrás das grossas cortinas do Salão Nobre, fez coro com os que salientaram o privilégio de sempre concedido á Igreja Católica, em detrimento de outras crenças. Segundo o pestinha, “ou acolhe a todos ou não contempla nenhum”.

Além da presença expressiva de docentes, discentes e servidores técnico-administrativos da UFBA, esteve presente um grande número de políticos, principalmente aqueles ligados ao partido do governo e coligados.

Além do secretário de Educação, Osvaldo Barreto, representando o governador Jaques Wagner, também compôs a mesa o secretário de Cultura, Albino Rubim. Compareceram, ainda, o secretário do Planejamento da Bahia, José Sergio Gabrielli, o secretário de Saúde, Washington Silva Couto, e o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, todos ligados ao partido do governo,  juntamente com os políticos Nelson Pellegrino e Emiliano José, entre outros.

Diante da concorrência petista à solenidade, alguém pilheriou que , se não fora a ausência de faixas e banners vermelhos, qualquer um podia jurar que se tratava de um convenção do Partido dos Trabalhadores. Até o presente momento, não se tem notícia do comparecimento da filósofa Marilena Chauí, notável apoiadora da campanha do candidato vitorioso, e teórica do PT.

O Prof. João Carlos Salles Pires da Silva é graduado em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia, mestre em Ciências Sociais pela mesma instituição e doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas. Apesar da pouca idade , seu currículo conta com a publicação de inúmeros livros e artigos ligados à sua área de formação. O novo reitor também é membro titular fundador da Academia de Ciências da Bahia.

O Blog do Saci deseja ao Prof. João Carlos Salles uma profícua gestão.

 

f13

Os políticos ligados ao governo não escondiam a satisfação de prestigiar o novo dirigente da UFBA.

 

*********

Fazemos votos que o novo reitor ponha um ponto final nas privatizações internas da UFBA, mas não há como não ficar preocupado diante da presença maciça dos ilustres petistas que compareceram à cerimônia da transmissão do cargo. Não tem como, nessa hora, não lembrar do que falou o ex-reitor da UFBA, o Felippe Serpa, em entrevista que gravamos para a tese da Profa. Inês Marques, da FACED…

Que o novo reitor coloque suas barbas de molho, embora não as tenha… Segundo o Saci, bobo é quem pensa que a presença de alguns desses políticos no memorável evento foi de graça.

Veja o que o Prof. Felippe Serpa, em vídeo,  falou a respeitos das privatizações internas da UFBA e o que pensava sobre o PT light:

Anúncios

Uma resposta to “Atabaques para o Magnífico”

  1. Francisco Santana Says:

    Naomar estava presente? Aposto que sim. Tinha obrigação de estar ou suscitaria indagações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: