Com a palavra, a presidente da APUB!

FAIXA-ANULAÇÃO-DO-PLEBISCIT

O.

Prof. Altino tem razão. A direção da APUB não é nada boba. Néscio é quem pensa que ela é. Deliberadamente, vai empurrando, como Deus é servido, suas responsabilidades com a barriga. Afinal, como disse o Saci, um biênio dura apenas dois anos, mas pode durar mais dois… Enquanto isso, as reuniões da Oposição vão acontecendo, uma após outra. Como não pinta nada de concreto para chamar à vida a tal diretoria, o Proifes vai comendo pelas beiradas à espera do registro sindical que tanto sonha. Como presente de Natal, era tudo o que os governistas queriam ganhar.

Mas, pensando bem, a expressão “diretoria da APUB” é muito vaga… Que tal solicitarmos uma palavrinha da Sra. Presidente da APUB, acerca do que a direção da seção sindical do ANDES-SN, que ora preside, vai fazer a partir da decisão da Justiça, anulando o Plebiscito? Será que continua desviando a contribuição da entidade para a CUT/Proifes? E se continua, será que acha isso decente?

Segue a mensagem do Prof. Altino Bonfim que circulou na rede, cobrando uma atitude mais firme da Oposição:

PREZADOS!!

 Em sã consciência diríamos que a direção da APUB é boba? Que não sabia detalhes do processo promovido pelo Chico? Que não tinha recebido e discutido as N decisões judiciais?

 Alguém imagina que essa direção tem ética, moral e/ou dignidade?

Alguém imagina que esse grupo/direção por “livre e espontânea vontade” vai entregar o poder à oposição?

 Desconhece-se que a direção atual busca compensar as relativas perdas politicas intensificando atividades/ ações junto “às bases” seja para fazer a “média” seja para se antepor a ações diversas? 

 Os que vêm acompanhando os meandros da ação da atual direção não sabem que ela EMPURRA COM A BARRIGA ENQUANTO AGUARDA QUE O MTE RECONHEÇA O SINDICATO QUE PROPUSERAM? Que caso isso ocorra vai gerar novo imbróglio e lhes dar mais fôlego?

 Isso posto, a questão, o problema está na CHAMADA OPOSIÇÃO que nenhuma AÇÃO EFETIVA fez para informar e denunciar junto à categoria o que acontece; que não realizou ações políticas de pressão que, efetivamente, crie uma situação tal de desmascaramento, de desmoralização, de perda de representatividade que o exija a: 1) renunciar; 2) convocar eleições; 3) outras ações.

 Fora isso, vamos:

 – ficar nos reunindo para “avaliar e avaliar”;

– ficar assistindo as manobras desse grupo eternizando-se na direção do sindicato enquanto busca jeitinhos para continuar a apropriação!

 Saudações,

Altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: