Descontentamento no ICI

Recebemos, por e-mail, a mensagem abaixo, com pedido de publicação.

——————–

A problemática direção do Instituto de Ciência da Informação

No Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia, estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos, descontentes com as rotineiras atitudes de sua direção, resolveram, através de processo administrativo, solicitar da Administração Central de nossa Universidade a destituição do diretor em exercício, o Prof. Dr. Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva.

Se por um lado à direção desse instituto consegue minimamente fazer com que a unidade execute as suas demandas, por outro, a falta de habilidade nas relações interpessoais e o explícito desrespeito a diversidade demonstram o quão a comunidade desse instituto sofre. O ICI historicamente sempre foi um espaço de diálogo entre os setores que compõem o seu bojo, porém, atualmente, a comunidade, e em especial os  discentes, estão cada vez mais distantes da direção.

Eleita em meados de 2010, a gestão do referido acumula inúmeros dissabores. Perseguições a professores e servidores, ofensas e abusos de poder são comuns em seu mandato, levando a comunidade, que há tempos sofre com as mazelas de seu diretor, a levantar-se e pedir um basta.

Um fato que gerou muita discussão no ICI foi à censura que o diretor almejava impor nas formaturas dos graduandos na reitoria. Ele queria ceifar o direito das e dos estudantes de realizarem cultos religiosos nas solenidades. Os representantes estudantis, em congregação, repudiaram tal ação e não permitiram que tal absurdo fosse aprovado. O Estado e as instituições de ensino devem ser de Laico, entretanto o direito de escolha dos estudantes por qualquer que seja a religião não pode ser cerceada.

Outro fato de destaque que fora amplamente divulgado perante toda a universidade foi quando, em resposta a um texto enviado por um aluno sobre a deflagração da greve discente, o referido diretor, que parece não legitimar essa mobilização, em mais um de seus devaneios, taxou os grevistas de FASCISTAS. O comando de greve discente, ao tomar conhecimento desse fato, escrevera uma moção de repúdio as declarações do referido diretor.

Nós, do Coletivo O Estopim! e do movimento estudantil do ICI, rechaçamos toda e qualquer ação que atente ao respeito a diversidade e a democracia em nossa universidade. Entendemos que enquanto letrados, temos, ou melhor,   devemos, compreender e aceitar essa pluralidade que nos cerca pois, em linhas gerais, ela representa a essência de nosso povo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: