Greve, eleição da UFBA e oposição

.

D.

.

urante a plenária de ontem, dia 29 de maio, realizada por docentes da oposição sindical, em Arquitetura, no mesmo local em que deveria ter acontecido a Assembleia da APUB, cancelada pela sua diretoria em virtude da greve de ônibus, a Prof. Joaquina fez algumas considerações a respeito das eleições da UFBA para reitor e sobre o desafios a serem enfrentados pelos docentes da UFBA.

Apesar da Profa. Joaquina Leite dispensar apresentação na UFBA, pelo menos para os docentes mais antigos e frequentadores de Assembleias, informamos aos mais novos que ela é professora aposentado do IGEO/UFBA, poeta, escritora (leia AQUI), analista política, militante social e cultural, além de ter feito recentemente graduação em Direito.

Em plena campanha dos reitoráveis da UFBA, semanas atrás, fomos convidados a participar de uma gravação em vídeo com os candidatos. Inicialmente, havíamos pensado também em entrevistá-los, mas diferente de como a Prof. Joaquina concebeu o formato da entrevista, pensávamos em fazer cinco perguntas aos reitoráveis e, no máximos, disponibilizando apenas três minutos para a resposta de cada uma. Já a Profa. Joaquina, havia planejado três horas de entrevista com cada candidato. Diante da dificuldade em conciliar o tempo de gravação com as atividades de sala de aula e outros envolvimentos acadêmicos, declinamos de participar das entrevistas.

A Profa. Joaquina, como lhe é peculiar, não se dobrou diante das dificuldades e, através do EXPOGEO que coordena, auxiliada por uma docente e um estudante, realizou uma longa entrevista com os candidatos da Chapa 2 e da Chapa 3. Desconhecemos os motivos pelos quais os candidatos da Chapa 1 e Chapa 4 não concordaram em participar.

Abaixo, os vídeos realizados pelo EXPOGEO, coordenado pela Profa. Joaquina Leite:

Nelson Pretto

.

.

.

Ângelo Serpa

.

.

Luiz Rogério

.

.

.

Eliene Benício

.

.

 

 

 

Anúncios

2 Respostas to “Greve, eleição da UFBA e oposição”

  1. Francisco Santana Says:

    O que Joaquina Leite disse acerca de doutorados no exterior é bem ilustrado no filme russo D. Quixote.

    Nele, a família chama um doutor da universidade de Salamanca, um alienista, para curar D. Quixote de suas loucuras.

    Ele chega evidentemente fazendo o discurso do doutor, da meritocracia.

    Eu sou formado em SALAMANCA e lá aprendi a verdadeira ciência que não tem nada a ver com essas superstições praticadas popularmente por aqui.

    Imaginem vocês que absurdo. É comum por aqui receitar para espinhela caída, colocar uma mosca dentro de uma casca de noz e pendurá-la no lado direito da cabeceira da cama. Tudo superstição, ignorância.

    Eu aprendí em SALAMANCA que é do lado esquerdo que se coloca.

  2. osaciperere Says:

    Maria Das Graças Pereira Nunes comentou no Facebook:

    Maria Das Graças escreveu: “Gosto de Joaquina. ela é uma pessoal especial.Um dos diferenciais da categoria dela.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: