Enquete sobre os reitoráveis

.

Cédulas--eleiçao-reitor

.

O que diz a enquete do Blog do Saci-Pererê

 

Prof. Altino Bonfim

FFCH/UFBA

.

A.

.

enquete realizada pelo blog do SACI, no dia 10/4, no debate com os reitoráveis promovido pela Oposição Sindical à direção da APUB, sobre o tema “Manifestações e repressão: o que a UFBA tem a ver com isso”, mostra um quadro inicial no qual permite observar dois aspectos gerais: o surpreendente interesse tanto pela temática quanto pelo diálogo com o reitoráveis (algo limitado pela Comissão Eleitoral), tendo em vista a presença de mais ou menos 150 pessoas da comunidade acadêmica (não correu lista de presença) em contraposição ao baixo números dos que votaram (em que pese todos os presentes terem recebido a cédula de votação).

O numero limitado de votantes indica que prevaleceu a desinformação geral sobre os candidatos, algo que um simples debate não vai resolver. Ademais, a centralização na temática e a limitação do tempo, em função da agenda dos reitoráveis, não contribuiu para equacionar isso.

Votaram 57 presentes, mais ou menos 1/3 dos participantes. Em  termos numéricos, o candidato com maior votação foi João Salles, sendo 14 de estudantes e 07 de docentes; o segundo, Nelson Pretto, com 19, obtendo 10 de docentes, 8 de estudantes e um de técnico; Dirceu Martins, obteve 7 de estudantes, 4 de docentes e um de técnico-administrativo, total de 12 e, Luiz Rogério com total de 5 votos, 4 de docentes e um de técnico.

O quantitativo de sufrágios mais altos nas categorias docente e de estudantes indicam a maior mobilização desses segmentos, podendo-se relacionar os poucos votos dados aos candidatos com apoiadores presentes. Os que não conhecem os candidatos ou não são próximos se abstiveram.

Os 03 votos de funcionários (em categoria que tem 3.258 membros) refletem não só a pequena participação no debate mas também a ausência dos campi em decorrência da greve. Interessante que foi neste segmento em que houve equilíbrio total: os três votos foram para três diferentes candidatos.

Por fim, cabe observar que, por enquanto, as categorias mais envolvidas no processo são a dos professores e dos estudantes, não necessariamente, os segmentos onde existe maior definição política pelos candidatos se relaciona-se com o universo de presentes ao ato.

Destaca-se seriíssimo problema: como mobilizar e informar, em quatro debates que a CE vai realizar os 42.111 eleitores – das três categorias – que compõem o colégio eleitoral da UFBA?

As novas enquetes nos próximos debates, além do voto direto no blog, deverão medir a temperatura e a evolução da informação e da consciência dos eleitores.

Lembramos que vence o candidato que ganhar em, pelos menos, duas categorias.

Em  13/04/14.

—————————————–

No dia 14/04/2014, às 03:54, a Enquete Virtual do Blog do Saci-Pererê registrava:

enquete-blog-Saci-14.04.201.

Para votar, clique AQUI

————-

OBS.: Brevemente estaremos apresentado outra enquete com o nome dos quatro candidatos inscritos oficialmente. O Prof. Marcos declinou de participar da Eleição para reitor da UFBA.

 

 

Anúncios

Uma resposta to “Enquete sobre os reitoráveis”

  1. altino Says:

    OLÁ,
    os novos números mostram a continuidade da tendência da disputa desde a primeira consulta: polarização entre os dois candidatos “novatos” em relação aos dois que participaram da atual gestão, surgindo duas interesssantes competições: entre os dois da ponta e entre os dois que se situam no outro polo.
    O fundamental, todavia, é elemento político que esses números indicam: um confronto entre novas propostas e um questionamento da política universitária implementada pela gestão atual.
    Dada o distanciamento entre os dois grupos, a permanecer a tendência, confronto rico vai se estabelecer entre os projetos dos postulantes que não estiveram na gestão atual. Daí a importância de conhecer seus projetos!
    Destaco, contudo, o problema da limitação e falta de espaço para – não só os candidatos colocarem seus projetos – mas, especialmente os eleitores qualificados da UFBA terem a oportunidade de questioná-los, aprofundar a compreensão, críticas e sugestões (sim, os eleitores também podem e devem opinar!!).
    Dado que o próximo debate acontece dia 23/4, daqui a 9 dias, é importante que os candidatos divulguem seus PROGRAMAS/PROJETOS e que esse debate inicie com os candidatos apresentando os mesmos para o público presente.
    Em realidade, esse não é o formato mais adequado. O apropriado seria que os 42 mil eleitores (ou os mobilizados) expusessem inicialmente seus pontos de vistas, observações e críticas sobre a situação da UFBA e que os candidatos se manifestassem como pretendem resolvê-los.
    Em qualquer situação, é importante que os eleitores, grupos – não sei se a Comissão Eleitoral – pense a importância de se organizar a discussão por grandes temas de forma a permitir: a) abranger o conjunto de questões envolvidas na gestão política-administrativa da UFBA e b) dar condições para discussões mais qualitativas de alguns assuntos fundamentais. Debates onde se coloca tudo sobre tudo vira uma geléia geral, em locais diferentes e para públicos diferentes pouco saldo deixa.
    Por fim sugiro que a CE assuma a tarefa de registrar as posições dos candidatos e se organize para distribuí-las antes das eleições – há um interregno de quase uma semana entre o último debate e a votação.
    Saudações, altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: