Mobiliza Brasil!

ue inverno nada! Para o Saci, o Brasil é assim mesmo: nos últimos minutos do segundo tempo do outono, eis que surge a primavera!

Que inverno nada! Para o Saci, o Brasil é assim mesmo: nos últimos minutos do segundo tempo do outono, eis que surge a primavera!

.

Mobiliza Brasil

Prof. Antonio Lobo
IGEO/UFBA

A (3).

s manifestações refletem no geral a busca por melhores condições de vida, trabalho e participação popular. Em minha modesta opinião penso que a falência do transporte público no país, principalmente nas cidades médias e nas capitais, a falta de diálogo público sobre a definição de estratégias e prioridades na aplicação dos recursos públicos, a forma covarde e sorrateira como parte significativa do Congresso Nacional ataca a Constituição Federal visando aumentar privilégios, normatizar a corrupção, a exemplo da PEC 37, e institucionalizar o unipartidarismo no país, a exemplo do Projeto de Lei 4.470 que limita a criação de partidos, são elementos concretos que estão contribuindo para motivar essas importantes mobilizações populares no Brasil.

A mobilização é necessária, pois é muito duro para o trabalhador e/ou estudante visualizar um estádio de futebol construído de forma pomposa e grandiosa a um custo de centenas de milhões de reais do dinheiro público enquanto este trabalhador estar humilhado materialmente e moralmente dentro de uma lata de sardinha se espremendo com outras pessoas para poder simplesmente se deslocar na cidade. Além do aperto ainda tem que pagar um valor médio de três reais e curtir ao longo da viagem o desconforto, a sujeira e a violência dentro de um ônibus velho, inseguro, e sem mobilidade.

A mobilização é necessária, pois é extremamente angustiante assistir a forma covarde como parte dos parlamentares do Congresso Nacional ataca a nossa Constituição Federal. A PEC 37 que tira o poder do Ministério público de conduzir investigações e transforma essa instituição em uma mera repassadora de processos é uma ação política voltada para a legitimação institucional da bandidagem, da corrupção e das jogatinas escusas no país. O Projeto de Lei 4.470 que praticamente impede a criação de novos partidos pela via da limitação econômicos e televisiva é uma articulação que mata o multipartidarismo no país e consequentemente reforça os grandes partidos existentes, a exemplo do PMDB que há mais de 30 anos está enraizado na máquina pública nacional como um grande balcão de negócios, onde quem da mais e oferece uma cesta maior de votos tem mais privilégios para mamar nas tetas do dinheiro público.

A mobilização é necessária, pois nada mais justo e natural que em um determinado momento a população, mesmo com todo mascaramento social, passasse a ter consciência de que tem que agir de forma coletiva para barrar a aplicação indiscriminada de dinheiro público em obras que não melhoram a qualidade de vida da população, pois só beneficiam o grande capital como as empreiteiras e as organizações corruptas a exemplo da FIFA. Agir para deixar de ser transportada como gado em ônibus velhos, desconfortáveis, lotados e em sistemas de metrô inacabados e caros. Agir para que os parlamentares corruptos do Congresso não destruam nosso Ministério Público e não matem a ação política mediadora e representativa fundamentada no multipartidarismo.

O popular é formado por consciências e a consciência é popular, porém as duas coisas precisam se encontrar no tempo e no espaço para que a mobilização coletiva e qualificada aconteça de fato, acho que mesmo com todo mascaramento social e confusão dos espíritos provocados por uma mídia nacional interesseira e conservadora essa hora chegou no Brasil. Todos nas ruas de forma crítica, participativa e pacífica.

Anúncios

3 Respostas to “Mobiliza Brasil!”

  1. Marcone Souza Santos Says:

    Pra não dizer que não disse nada… Emprestando as sábias palavras do poeta esquecido:
    … Quem sabe faz a hora não espera acontecer … Quem sabe? Precisamos, devemos assumir nossa obrigação social !
    Pode ser agora mesmo !

    e mais outro:
    …quem é rico mora na praia
    mas quem trabalha não tem onde morar
    quem é pobre morre com fome
    mas quem tem nome joga prata no ar …
    O tempo é duro….

    Vamos à Rua Gente !

    • Marcone Souza Santos Says:

      Em tempo: faltou dizer que o “dragão voraz” está querendo ressuscitar !…. quem lembra: 2.000 % ao ano ! hein !? 3 % ao dia hein !?
      Vamos à rua Gente !

  2. Francisco Santana Says:

    Há uma avaliação geral de que o movimento não tem liderança, rumo unificado etc. Mas isso não é por causa de falta de pessoas militantes mas de uma linha correta ou de bandeiras que unifiquem. Mas essas bandeiras estão implícitas ou quase explícitas e são elas: Justiça, Ética, Moralidade, Democracia.

    Infelizmente, a bandeira revolucionária que satisfaria todas as reivindicações de ordem econômica, não unifica, que é AUDITORIA E MORATÓRIA DA DÍVIDA, tanto externa como interna. Não unifica porque o brasileiro não é nacionalista (não confundir com ufanismo ou xenofobia). Vocês se lembram quando na assembléia eu propus essa bandeira, auditoria da dívida e manifestação por ela junto ao Banco Central? O Sr. Luiz Filgueiras liderou a votação contra ela e a maioria votou com ele.

    Tanto a esquerdinha de merda como a direitona de bosta, são internacionalistas. Elas não sabem que hoje, internacionalismo, imperialismo, globalização e livre mercado são sinônimos ou no mínimo correlatos. O golpe de 1964, foi um golpe internacionalista sob o lema: “O QUE É BOM PARA OS EUA É BOM PARA O BRASIL”. (Lema da escola superior de guerra na época).

    Vamos portanto começar com: Justiça, Ética, Moralidade e Democracia. Adiante o brasileiro entenderá a necessidade de ser nacionalista.

    NÓS FOMOS CONDENADOS A SER BRASILEIROS E SOMOS OBRIGADOS A ASSUMIR ESSA CONDIÇÃO. RECORDEM A FÁBULA DE ESOPO: A GRALHA E AS POMBAS:

    Uma gralha viu num pombal umas pombas bem gordinhas. Pintou então as plumas de branco e se foi para o meio delas. Enquanto ficou calada, as pombas, tomando-a como uma irmã, ficaram admirando-a. Mas, ao primeiro grito que ela deu sem querer, não reconheceram sua voz e a expulsaram. Ao ver que não ia poder comer o alimento das pombas, a gralha voltou para os seus. Quando chegou lá, não conseguiu ser reconhecida por causa da cor e foi expulsa. Assim, não realizou nenhum de seus dois desejos. Contetemo-nos com nossos próprios bens. A cobiça não leva a nada, a não ser a perder muitas vezes o que já possuímos.
    (Autor: Esopo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: