NOTA DE REPÚDIO DOS ESTUDANTES DA UFOB

.


.

NOTA DE REPÚDIO – MOVIMENTO ESTUDANTIL UNIFICADO DA UFOB

Em virtude dos acontecimentos ocorridos na noite de ontem, 24/10, em que o estudante Robério Fernandes Mendes, do Curso BI em Humanidades, da Universidade Federal do Oeste da Bahia, agrediu fisicamente a três outros discentes (Anderson Barbosa, Kaio Stetter e Sidna Ferreira), durante a segunda chamada da assembleia estudantil, que foi convocada, regimentalmente, com o prazo de 48 horas de antecedência, em um dia letivo. Neste sentido, nos pronunciamos com total repúdio à violência praticada.

A assembleia, que tinha como único ponto de pauta a votação sobre os rumos da Universidade, visto a situação caótica em que se encontra o país – em meio à crise em todas as esferas – e a participação democrática era para deliberar a favor ou contra a ocupação do Campus Reitor Edgard Santos. Esse momento legítimo sofreu uma tentativa falha de tumulto pela presença de militantes pró Bolsonaro, que trajavam vestimentas com os dizeres “Salve Ustra” e um grupo intitulado por Endireitando o Oeste Baiano composto em parte de pessoas externas, com o rosto de Jair Bolsonaro, além de se expressarem verbalmente e fisicamente favoráveis ao nazismo e outras práticas violentas, infringindo claramente o disposto do Art. 20 da Lei 7.716/1989.

Uma atitude como essa serve de reflexão sobre o quanto a extrema direita vem dividindo as pessoas, chegando a causar situações como as de ontem, na qual um processo institucional, que visava a unir a comunidade acadêmica sofreu uma tentativa de deslegitimação, que graças a alguns estudantes e aos vigilantes do Campus, foi apaziguada.

Movimento Estudantil Unificado da UFOB


..

 

 

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: