O voto cibernético da APUB

.

voto eletrônico

Para o Saci, quem só ouve o discurso “modernoso” da diretoria da proificista da APUB até chora. Urge que o docente não sintonize apenas um canal… Os “bonners” e as “fátimas” vão dizer algo mais ou menos assim: “Com os novos recursos tecnológicos ocupando todos os espaços do planeta, com o propósito de melhorar as comunicações humanas, é inadmissível que um grupelho de professores da idade da pedra queira obstacular a marcha da civilização. É preciso que se busque novas formas de exercer a democracia além das ultrapassadas assembleias que datam da Grecia antiga… O voto eletrônico, através das múltiplas possibilidades de participação no cyberespace, só consolida a democracia”.

Segundo o irrequieto Saci, o discurso é bonito, megamoderno, comovente, mas aí é que mora o perigo, tal qual as vozes maviosas das sereias para os incautos navegantes gregos contemporâneos de Ulisses, da Guerra de Troia, de Helena e de toda a galera de Ítaca e adjacências.

E o raciocínio é muito simples, nada digital e bem analógico até.

– Veja bem, chefia! Se na velha urna de papelão ou de lona a tchurma proificista “praticou vícios”, conforme demonstrou o Prof. Francisco Santna para a Justiça do Trabalho, imagine num treco que lá no interior dos seus intestinos só opera com “zeros” e “uns”!  Quem sabe fazer operações binárias na ponta do lápis? Sacou?

Calado eu estava, calado fiz questão de ficar.

Mernadro Ramos
Associado da APUB

3 Respostas to “O voto cibernético da APUB”

  1. osaciperere Says:

    Circulou na “debates-l”:
    ———————————-

    Car@,

    Encanta a tentativa do Proifes de assumir o protagonismo da direção do sindicato nacional dos docentes… O que levou o meu amigo de gorro vermelho e pito a formular o seguinte “dilema”:

    – Ou esse pessoal do Proifes é muito ingênuo, ou é muito esperto!…

    Com todo respeito, a mensagem da Profa. Elvira Côrtes joga para cima (para usar de um eufemismo clean) toda trabalheira da última e mais longa greve dos docentes das IFES.

    Há de se indagar:

    Seria por essa razão do “cybervoto” que o governo se recusou a discutir com os professores durante a greve? Seria por esse motivo que um professor de Ética, à frente do MEC, se declinou a receber os seus colegas docentes? Estaria, então, tudo bem pensado para acabar na quantr-feira, digo, num teclado solitário e frio de um computador?

    Desculpem-me senhoras e senhores diretores da APUB, mas, SMJ, vocês tripudiam da inteligência dos docentes da UFBA. Com ou sem razão, pois só o tempo dirá.

    Abaixo, uma nota do ANDES-SN.

    Sds.
    Menandro Ramos
    Associado da APUB

    ————————————————-

    Governo apresenta nova proposta para apreciação de docentes federais

    O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) enviou, na noite de quarta-feira (18), um ofício ao ANDES-SN, intitulado “Proposta do Governo para negociação 2015”. O ofício, assinado por Sérgio Mendonça, Secretário de Relações de Trabalho no Serviço Público do MPOG, traz diversas propostas já rejeitadas pelo Sindicato Nacional a partir da deliberação de assembleias gerais nas Instituições Federais de Ensino (IFE), além de novos elementos, que propõem amarrar, já em acordo em 2016, compromissos até 2019.

    A proposta mantém o reajuste salarial de 10,8%, dividido em duas parcelas, 5,5% em agosto de 2016 e 5% em janeiro de 2017, o que já foi rejeitado pelas assembleias. O MPOG também reitera a proposta original de reajuste em benefícios. Traz, como novidade, um elenco de pontos a serem tratados em grupo de trabalho no MEC e uma proposta de estruturação da malha remuneratória, em três parcelas: 2017, 2018 e 2019.

    O ANDES-SN, por meio da circular 288/2015, encaminhou a proposta às seções sindicais do Setor das Instituições Federais de Ensino (Setor das Ifes) para que esta seja apreciada em assembleias até 26 de novembro. No final de semana de 28 e 29 de novembro haverá reunião do Setor das Ifes, em Brasília (DF), na qual o resultado das assembleias locais será analisado.

    Paulo Rizzo, presidente do ANDES-SN, afirma que o governo repete, na proposta, muitos elementos que foram amplamente rejeitados pelos docentes federais durante a greve de 2015. “Estamos críticos à proposta, que deve ser analisada pelas assembleias locais. O governo quer amarrar um acordo de quatro anos, até 2019, que aponta para uma perda de 1/3 do Vencimento Básico (VB) em regime de Dedicação Exclusiva (DE)”, diz o docente.

    Para Rizzo, com essa proposta, o governo quer esvaziar os grupos de trabalho sobre carreira, por já definir quais seriam as regras de organização da malha salarial para 2017, 2018 e 2019. “Hoje não há regras para as relações entre regimes de trabalho, degraus e valores da RT. O proposto é instituir regras que, por serem inferiores às que se tinha antes de 2012, podem introduzir uma situação pior do que a que se tem hoje”, afirma o presidente do ANDES-SN, no texto da Circular 288/2015.

    O Sindicato Nacional também respondeu ao MPOG, pedindo que o prazo para resposta ao ofício seja adiado de 26 de novembro, data sugerida pelo governo, para a manhã de 30 de novembro, segunda-feira, justamente por conta da reunião do Setor das Ifes no final de semana anterior.

    Confira aqui a Circular 288/2015, o ofício do MPOG e a resposta do ANDES-SN ao governo.

    ——————————————————————–

    Olá Colegas,

    APUB consulta docentes a respeito de acordo proposto pelo Governo.

    Dias 24, 25 e 26 de novembro. Para votar entre no site da APUB (www.apub.org.br) acesse a “Área do Associado ” no canto superior direito. Entre com o login (seu CPF) e senha, caso não lembre qual é a sua senha, click em “Esqueci a senha “e você a receberá
    no e-mail utilizado no seu cadastro na APUB.

    Vejam a proposta no site da APUB.

    Os não filiados também poderão votar nas urnas na Reitoria e APUB
    Um abraço,
    Elvira Côrtes

  2. Francisco Santana Says:

    Do ponto de vista técnico o voto on line é muito pior do que a já condenada urna eletrônica brasileira. As empresas que oferecem esse soft inclusive não dão garantias. Segundo o especialista Amilcar Brunazo, uma dessas empresas que é a mais conceituada avisa previamente que o soft dela não garante o sigilo do voto.

  3. altino Says:

    Hoje em 12:14 AM
    OLÁ!
    mais uma vez a DIREÇÃO DA APUB tenta tripudiar e achincalar com os professores da UFBA…..isso mesmo!!
    Em realidade busca também LEGITIMAR mais uma vez a sua posição pelega de ASSINAR ACORDOS REBAIXADOS, INADEQUADOS AOS INTERESSES DOS PROFESSORES!
    Alerte-se que essa iniciativa tem outro OBJETIVO ESCUSO:
    procura implantar na UFBA essa forma ESPÚRIA de consulta que não coloca as pessoas em condições de análise e discussão do que se quer apreciar e votar, a exemplo do que acontece nas assembléias!
    Lembro que a última asembléia de greve indicou dia 04 de novembro para acontecer Assembléia e ATÉ HOJE A APUB NÃO AGENDOU!
    Conforme destaca LAFAYETTE, centenas de professores analisaram e rechaçaram as propostas do governo e, durante quatro meses, tentou-se sem sucesso VÁRIAS FORMAS para estabelecer um processo de negociação.
    Parece missa encomendada/acertada:
    – o governo envia as propostas com a categoria desmobilizada, em final de semestre e
    – o pelego proifes e a apub REALIZAM “CONSULTA VIRTUAL – SIM ou NÃO – e tudo tá decidido!!
    diferente disso o ANDES encaminha para as ADs que realizem ASSEMBLÉIA para análise e deliberação.
    POR QUE A APUB NÃO CONVOCA ASSEMBLÉIA?
    BERNARDO DO COMANDO DE MOBILIZAÇÃO PROPOS QUE FOSSE REALIZADA ESSA SEMANA!
    QUE TAL PESSOAL? Não é de uma altíssima inteligencia?
    Para por aqui para não verbalizar o que significa essa mutretagem!
    TODOS DENUNCIANDO ESSA FARSA E MUTRETAGEM PARA LEGITIMAR PROPOSTA OBSCENA DESSE GOVERNO!!
    NÃO A ESSA FARSA CHAMADA CONSULTA PELEGA!
    FORA OS PELEGOS DA UFBA!!!
    altino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: