O voto do Magnífico Reitor

.

reitor-e-equipe-2014

Visita do Magnífico Reitor da UFBA à Faculdade de Educação. O Prof. Cleverson Suzart, diretor da FACED mediou a conversa do Prof. João Carlos Salles com os presentes.

.

D.

.

iante da insistência do “piolho” do Saci, para me ver livre, acabei concordando em publicar a mensagem que um Leitor enviou para este Blog. A meu ver, porém, a publicação não faz o menor sentido. Principalmente se considerarmos a lista de docentes que consignaram apoio à Chapa 2, e que também apoiaram o Prof. João Carlos Salles na campanha para reitor da UFBA. Sobretudo, alguns docentes de São Lázaro com grande credibilidade nos meios acadêmicos.

Durante a visita do reitor à FACED, ontem à tarde, com parte dos seus pró-reitores, o Prof. João Carlos Salles falou da importância do protagonismo do coletivo universitário, minimizando, de certa forma, o papel da Andifes, que segundo o debochado do Saci “não passa de perfumaria que não “inflói nem contribói”.

Levando em consideração o gesto simpático de visitar cada Unidade de Ensino da UFBA com sua equipe de trabalho, vislumbrei, por parte do Magnífico Reitor, uma tentativa de aproximação com a comunidade universitária e, quem sabe, de um investimento no tão importante protagonismo do coletivo.

Se isso for verdade, o reitor estaria mais próximo de influenciar o voto em favor da Chapa 2, reconhecidamente defensora de bandeiras progressistas em favor da Universidade Pública, em detrimento da divisionista Chapa I. Claro, que não deixando de reconhecer que no seu gabinete há, pelo menos, um fiel apoiador do movimento à contramão da categoria dos docentes, sabe-se lá por quais razões e circunstâncias…

Esta é a minha impressão. S.M.J. (Salvo melhor juízo).

Menandro Ramos
FACED/UFBA


 

Abaixo, a mensagem  mencionada do Leitor.

Magnifico Reitor,
nos debates das eleições para reitor Vossa Magnificência não deixou claro se apoiaria ou não ao Andes-SN, apesar das sistemáticas informações de que o Proifes e a APUB não tinham registro sindical e, portanto, não são representantes dos professores.
.
A justiça decidiu duas vezes contra esse grupo: uma, em ação interposta pelo prof Francisco Santana, tornando nulo o plebiscito viciado por diretoria passada  que teve a ousadia de alterar por conta própria o Estatuto da entidade.
.
Na semana passada, o Ministério do Trabalho arquivou definitivamente a  solicitação do grupo para tornar a APUB sindicato estadual.
.
Com essas duas decisões a APUB continua Seção Sindical do Andes-SN e, o grupo que diz dirigir a entidade em nome de representação sindical inexistente – o Proifes -.  não tem legitimidade.
.
Enquanto reitor  da UFBA e guardião das normas legais, impõe-se que Vossa magnificência se manifeste junto aos professores da UFBA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: